História Deveríamos mesmo estar juntos? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Romance, Tragedia Drama
Visualizações 6
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aproveitem minha fic!


Quero agradecer a minha amiga Mel Sâmela por corrigir meus textos!

Capítulo 1 - Casamento de grego.


Fanfic / Fanfiction Deveríamos mesmo estar juntos? - Capítulo 1 - Casamento de grego.

-Mãe, eu estou fazendo a coisa certa?

-Vivian, a única pessoa do mundo inteiro que pode te dizer isso é você. Você ama o Jimin?

-Sim, mãe, eu amo, mas será que eu amo mesmo? Como eu vou saber se não é apenas paixão? Como eu vou saber se era para eu estar com outra pessoa? Será que era para o Jimin estar com outra garota? Deveríamos mesmo estar juntos?

-É como uma panela.

-Oi?

-Você tem uma panela pequena, e uma grande. A tampa de uma panela pequena, não consegue tampar uma panela grande. E uma tampa de uma panela grande vai cair ao ser colocada em cima de uma panela pequena. É assim. Jimin é a panela grande, e as outras garotas, a pequena. Vocês se completam, o Jimin precisa de você, e você dele. Quando seu bisavô querido morreu, ele não te abraçou? Ele te consolou. Quando você precisou de alguém para cuidar de você quando estava doente, ele cuidou de você. Simples assim.

Vivian sorriu, era assim que sua mãe lhe ensinava. Por metáforas.

-Obrigada mãe. Eu precisava disso.

-Está na hora de entrar. - Disse o pai de Vivian. -Está pronta?

 -Sim... sim, eu estou pronta.

-Estão me dê a sua mão, filha.

-Pai, mãe, antes de entrar, quero agradecer por trem me criado por 19 anos. Agradeço o amor de vocês por mim. Eu amo vocês.

-Nós também te amamos muito. Foi um prazer educar você até agora.

-A noiva tem que entrar em 20 segundos. -Avisou um empregado da igreja.

-Bem, chegou a hora... -Exclamou Vivian, com um sorriso grande e lágrimas no olho.

Ela pensava em todos os momentos com a família, momentos bons, excelentes e felizes. Agora era o triste momento de ser deixada pelo pai e levada pelo marido. Quando as portas se abriram, ela se debulhou em lágrimas. Mais ainda quando seu pai deu sua mão para o Jimin... O seu marido. Seu, apenas seu. Morar sozinha com ele e formar uma família. Vendo seu futuro marido, ela deu um sorriso em meio as lágrimas, e pensou: “Por que que estava com medo? Meu lindo marido, de terno, alto, e o mais importante, ele me ama! Ele me ama! E eu amo ele. Estou disposta a passar o resto da minha vida com ele. Só com ele. Apenas ele.

-Eu Park Jimin, prometo estar com Vivian na pobreza, na riqueza, da doença, na saúde, na dor, nos problemas, e virarei apenas um com ela.

O problema era que Jimin estava com rinite atacada, e entre cada palavra, ele espirrava. Vivian procurou não prestar atenção nisso embora seu véu estivesse cheio de catarro.

-Eu Vivian Rodrigues Pereira, prometo estar com Jimin na pobreza, na riqueza, da doença, na saúde, na dor, nos problemas, e virarei apenas um com ele.

-Se tem alguém que deseja falar algo agora, fale ou cale-se para sempre!

-Eu tenho algo a falar! -Falou um senhor de idade, amigo da família de Jimin que tinha abusado a conta do champanhe. – O nosso Jimin, sempre foi um rapaz dedicado, bonito e inteligente. Para vocês verem como o mundo gira; casou com uma pobretona brasileira, burra! Isso faz sentido? Eu acho que eles devem se separar enquanto é tempo, e Jimin deveria casar com Park Shin Hye.

-Eu concordo! Jimin é de alta classe social, ele deveria se casar com alguém que merecesse isso, não é? -Falou a querida sogra de Vivian.

Vivian começou a ficar muito vermelha e começou a chorar. Jimin ficou tão irritado que disse:

-REVERENDO! Fale apenas que estamos casados e que pode beijar a noiva!

-Ah, sim, -Disse o reverendo entre risos; desgraçado. - Park Jimin e Vivian Rodrigues estão casados. Pode beijar a noiva.

Não havia nem mais clima para este momento tão especial. Muito um beijo seco, e amargo, não que Jimin tivesse feito algo de errado, mas o momento estava tão ruim que Vivian e Jimin nem conseguiram aproveitar.

No carro em caminho a Lua de Mel, a maquiagem de Vivian já estava toda borrada, e todos os seus planos de casamento perfeito, arruinados. Jimin pegou sua mão.

-Me perdoe.

-Não foi sua culpa...

-Mas a mãe e aquele convidado são meus.

-Oppa, vamos apenas aproveitar a lua de mel, está bem? Eu sei que não posso falar que vou apena esquecer esse ocorrido, mas, oppa, a culpa não foi sua.

-Você é perfeita.

-Tô mais para uma santa -Vivian sorriu. – Minha maquiagem está muito borrada?

-Apenas dois riscos pretos na sua bochecha. Mas continua linda.

-Yah, Oppa, você quer apenas me agradar.

-Não é isso, você é realmente muito bonita. – dizendo isso, Jimin pegou seu pulso e a puxou mais para perto, e a beijou.

-Finalmente casados.- Disse ele, com um olhar terno nos olhos.

-Sim, casados. -Vivian sorriu, ao mesmo tempo que Jimin sorriu. E se beijaram.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...