História Deviant Tales - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Conflito Familiar, Gay, Homoerótico, Romance, Slice Of Life, Vida Cotidiana
Exibições 18
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa tarde!

Heis aí o capítulo de hoje.

Boa leitura. :)

Capítulo 34 - O acalanto do coração partido


Fanfic / Fanfiction Deviant Tales - Capítulo 34 - O acalanto do coração partido

O acalanto do coração partido

Caía a noite.

Estava sentado no chão do quarto de Jin, teve um leve sobressalto ao sentir Jin se colocar em frente a ele, trazia consigo meio copo d'água e um comprimido analgésico.

__Quem pensou que fosse, cara?__ Riu Jin, indolente.

__Ninguém... Estava pensando...__ Hiroshi retrucou pegando o comprimido na palma da mão de Jin.

__Pensando?...__ Jin fez uma careta.__ Seiji-kun... Você pensou tanto que eu é que fiquei cansado!... Será que agora vai me contar o que 'tá rolando?

Engoliu o comprimido tomando água por cima, sua cabeça ainda doía em virtude da queda no depósito do Conservatório. Mas... Não doía tanto quanto pensar que Misato e Raiden poderiam estar juntos naquele momento.

__Você está brigado com Raiden... Não é? Não existe outro motivo que te deixe tão pra baixo, Seiji-kun...__ Comentou Jin, olhando Hiroshi com o rosto apoiado em sua mão.__ Só não saquei por que está fugindo... Você gosta tanto dele.

__Eu não estou fugindo...__Hiroshi negou tocando sua cabeça dolorida.__ Eu apenas... Não quero falar com ele... Não quero ouvir que fui um substituto...

__Hein?... Substituto de quem, cara?

Jin e Hiroshi estavam um de frente para o outro, conforme escurecia lá fora, no quarto se instalava uma suave penumbra... No aparelho de som tocava em discreto volume um CD da banda Rayflower.

__O cara que namorava o Raiden apareceu... Eles tiveram uma relação de quase seis anos, Jin... Eu... me sinto um intruso...

Era bom que o quarto estivesse iluminado apenas pelo LED do equalizador, porque Hiroshi não suportava mais segurar as lágrimas, olhava para os próprios tênis calçados nos pés e suas lágrimas pingavam por seu queixo.

__Cara... 'Tá dizendo que o Raiden terminou com você?...__ Jin perguntou num tom incrédulo.

__ Ainda não estive com Raiden hoje... __ Hiroshi disse baixinho, limpando as lágrimas que insistiam em descer por seu rosto.__ O namorado dele que me seguiu até o ônibus que eu peguei... E disse... Que ele voltou para ficar com o Raiden.

__Seiji-kun... 'Tá maluco? O namorado do Raiden é você!...__ Jin respirou fundo antes de continuar, tocando as próprias madeixas ruivas.__ Eu não acho que o Raiden estivesse te usando como substituto... Eu sei que não, Seiji-kun.

Jin parecia ter tanta certeza... Mas como?

__Jin... O que você pode saber sobre o Raiden... Que eu não sei?...__ Hiroshi perguntou tristonho.

__Fala sério, Seiji... Tu é muito desligado!... Sabe a primeira vez que eu fui na sua casa? Tu nem se tocou que eu já sabia o endereço!...__ Jin exclamou estapeando de leve a testa de Hiroshi.

__Am?... Você já conhecia o Raiden?...

Hiroshi tinha ficado meio irritado por Jin ter estapeado sua testa, mas isso perdeu a importância em meio a confusão que sentia.

__Mas, Jin... Raiden nunca me contou...

__Baka...__ Retrucou Jin com um meio sorriso.__ Raiden não me conheceu até nos tornarmos amigos na escola... Mas, logo depois que meu pai morreu, eu peguei um emprego de entregador de jornais para me ajudar a não pirar.

Não sabia se era pela história de Jin, mas suas lágrimas cessaram enquanto encarava seu amigo naquela suave escuridão.

__Eu entregava os jornais e revistas e começava durante a madrugada... Ia até o amanhecer, saca?

Uma das ruas do meu itinerário era onde mora Raiden... Eu o via todo dia, saindo de casa sozinho... Ele era um cara triste.

__Nunca falou com ele?...

__Falar o que, Seiji?... Eu também era um cara triste.__ Jin desviou o olhar, ainda tinha um meio sorriso no rosto, mas era vazio de alegria.__ Aí, um dia vocês dois apareceram na escola... Eu reconheci o Raiden de cara, mas logo vi que tinha algo diferente... Ele não estava mais triste, tinha encontrado você.

Hiroshi não sabia bem porque, mas sentia seu coração subitamente aquecido, olhava fixo na direção de Jin, a dor na sua cabeça também aliviava...

__Aí, cara... Eu pensei, né? __ Jin riu tornando a fitar Hiroshi.__ 'É... Se esse sujeito acabou com a tristeza do outro... Quem sabe me livra da minha também...'

Jin se inclinou ligeiramente na direção de Hiroshi... Eles se olhavam sob a luz oscilante do led do equalizador, enquanto o cd quase terminava de tocar.

__Sabe de uma coisa, Seiji-kun?... Deu certo...__ Jin sussurrou aproximando seu rosto, seus lábios quase encostaram na orelha de Hiroshi.__ Eu amo... Ser seu amigo.

Sentia seu rosto esquentar, Seiji Hiroshi devia estar corado como um tomate. Não conseguia entender porque se sentia tão atraído por Jin... Seria a música? A penumbra gentil? O modo como as palavras dele deixaram cálido seu coração?... Estava se perguntando tudo isso meio distraído quando os lábios dele deslizaram sobre os seus.

O corpo de Jin se encaixou entre suas pernas e Hiroshi baixou o rosto envergonhado.

__Seiji...__ Jin disse baixinho.__ Eu sei que você ama o Raiden...

E ouvindo estas palavras de Jin, sentiu aquela vontade de chorar retomar seu espírito, abraçaram uma ao outro na escuridão, enquanto a última música do CD se findava...

 


Notas Finais


Muito obrigada por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...