História Devil Boy - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Namjin, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Taeseok, Vhope, Yoongi, Yoonseok, Yoontaeseok, Yoonv
Visualizações 62
Palavras 595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tô tipo kkkksocorrokk

Capítulo 29 - 3S - 2.9 - Wonderful and exciting


Eram 22:25 e Jungkook vestia um sobretudo completamente preto, usava óculos igualmente pretos e, para completar, calçava coturnos - que também eram pretos. A noite estava tão escura, que Jungkook mal podia ser visto andando pelas ruas - é claro, com excessão do contraste de sua pele que brilhava sempre ele passava debaixo de um poste.

Ele tinha seguido Rosé assim que ela saiu, e por isso, se encontrava sentado numa cafeteria, bebericando um capuccino enquanto lia o cardápio como se fosse a coisa mais interessante. Uma cena tosca e clichê de filme, Jungkook se sentia como Jackie Chan, ou a Chloe das 'três espiãs demais'. 

*Mensagem de: Jimin <3

Ela está sozinha no final da esquina atrás de uma árvore, estou vigiando ela, assim como também estou de olho em você, e no cara que vai vim se encontrar com ela

Chegue perto dela, grave tudo o que eles falarem, estou de olho em vocês

Não falhe comigo[Enviado: 22:27]*

Jungkook se sentia desconfortável, afinal, ele não era detetive - muito menos Jimin -, e o pior, segundo algumas leis, isso o que os dois estão fazendo é crime. Caso isso dê errado, Jungkook está tão ferrado quanto Jimin.

Mas mesmo assim, ele foi.

Furtivamente, se agaixou atrás de uma lata de lixo bem perto dos dois - e claro, para não ser visto, teve que, praticamente, passar debaixo dos carros que estavam por perto. Ligou o gravador no celular e levantou-o o suficiente para captar a fala dos dois, mas não o bastante para que não vissem sua mão ali.

- O que disse a ele? - O tal de Chanyeol falava com um timbre de voz, e nisso, Jungkook já pode deduzir sobre o que se tratava.

- Nada demais, ele perguntou sobre o professor. - Ela disse.

- E você contou algo? - Pelo silêncio dela, deu para entender que ela negou com a cabeça. - Eles não podem saber, você fez isso pela gente.

- Eu sei, eu sei! - Exclamou. - Eu também irei terminar hoje mesmo com Sehun, e já sabe, não é? - Ela riu, e Jungkook pôde enxerga-los por uma fresta, dando para ver nitidamente que ela pulou nos braços do outro. - Nós vamos para bem longe daqui, sem mais aquela garota para atrapalhar, sem mais aquele professor chato, sem mais nada para nos atrapalhar.


Espera, "aquela garota"? - Jungkook pensou, tentando recapitular tudo em sua cabeça. - Por que ela odiaria a própria melhor amiga?

- Eu só tenho olhos para você, para mais ninguém. Nunca mais. - Chanyeol disse, e por final, eles foram embora.

Jungkook se encontrava meio atônito, alheio para tudo.

Quando teve certeza de que estava sozinho, se levantou. Olhou envolta e não avistou Jimin em lugar nenhum, e quando se virou de costas, seus olhos foram cobertos.

- J-Jimin?... - Perguntou, engolindo à seco.

- O próprio. - Ouviu sua risada, e logo, pôde enxergar o loiro que veio para sua frente. - Gravou tudo?

- Sim. Eles pretendem sair da cidade, mas eu não sei se ele ou se ela matou o professor, ou a garota, ou os dois. - Bufou. - Como fará eles confessarem?

- Tenho meus jeitos. - Sorriu maliciosamente, fazendo Jungkook tremer. - Venha, irei te recompensar agora mesmo.

- R-recompensar? - Engoliu seco mais uma vez, sendo puxado por Jimin até algum lugar. 

Jungkook não sabia se a recompensa era ou boa ou ruim, mas sabia que não era algo bom.

Ou seja, era ruim, ruim o suficiente para lhe fazer gastar a voz durante a noite toda.

E isso que torna tudo do ruim, ao bom, e do bom, ao maravilhoso e excitante.


Notas Finais


Gente, eu sou fã de SNSD e tudo, mas... Quer ver filme de terror? Olhem a capa do novo álbum delas

Sério, da mais medo que IT


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...