História Devil Boy | BTS - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Taeseok, Vhope, Yoongi, Yoonseok, Yoontaeseok, Yoonv
Visualizações 80
Palavras 387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - 1.0 - Memorable


~ 🎵 ~

You were red, and liked me 'cause i was blue

But you touched me, ane suddenly i was a lilac sky

Then you decides purple just wasn't for you

~ 🎵 ~

Com a toalha envolta da cintura, fui até meu quarto e rapidamente vesti uma roupa mais confortável. 

E com confortável, eu queria dizer: curta e bem a mostra.

Minha barriga roncou de fome, então, assim que fui sair do quarto, meu irmão estava prestes a abrir a porta, mas eu abri antes que ele.

- Com licença. - Disse, sem olha-lo nos olhos e tentando passar por ele, mas ele me impediu.

- Não vai sair daqui. - Disse, me empurrando para trás, mas dessa vez, eu não cai.

Dessa vez será diferente, eu irei bater de frente e não irei cair. Não mais.

- Meus amigos têm medo de você. - Eu não acreditei no que eu ouvi.

- Eles têm medo de mim? Imagino que eles não sentiram quando-- - Fui interrompido por um grito dele, estridente e rouco.

- Cala a porra da boca! - Se aproximou de mim, ficando frente a frente comigo. 

Olho no olho.

- Se acha muito esperto, não é? - Riu, com deboche. - Eu vou mostrar para você o que é ser esperto.

Em um passo em falso de minha parte, ele me prensou contra a cama e agarrou meus dois pulsos. Senti seus dedos arrancarem minha boxer e erguer minha camisa; em um tapa bastante dolorido, ele mandou que eu empinasse para ele, e nisso, eu pude sentir alto duro contra mim.

O desespero tomou conta de mim. Meu próprio irmão queria mesmo fazer isso comigo por causa dos amigos dele?

Eu pedia e chorava, dizia para ele parar, mas ele não me escutou.

- Você vai aprender a nunca mais assustar ninguém, seu lixo. - Encostou no meu ouvido, roçando nossas intimidades de maneira bruta, mas ainda sem fazer nada. - Quero que nesse momento, se lembre da mamãe. Se lembra que ela dava mais atenção para mim? Se lembra que ela nunca realmente amou você? - Riu sarcástico. - Você é realmente um lixo, meu querido irmão. - Minha garganta fechou.

As lágrimas chegaram, junto com a dor em meu peito.

Realmente, mamãe não me amava.

Ninguém realmente nunca me amou.

Eu sempre fui sozinho.

E-eu... Me sinto morto.

- Quer ouvir algo que realmente é memorável de verdade? Eu vou matar você.


Notas Finais


Quem será que falou isso?

Meio óbvio, né?

Rsrsrs

Não, não acontecerá nada com o Hoseok

Ainda q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...