História Devil Hunter - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Gajeel Redfox, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags End, Gale, Hitsu, Kyotsu, Lutas, Metsu, Naer, Nagura, Naju, Nakino, Nami, Natsu Overpower, Nawen, Nayla, Nerry, Nerva, Nirene, Norano, Romance, Ultsu
Exibições 695
Palavras 1.158
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mecha, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Super Power, Super Sentai, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, vim trazer o primeiro cap dessa budega, mals pelos erros ortográficos.

Capítulo 1 - Tristeza


Na cidade de Magnólia, existia uma Guilda bem diferenciada das outras. Uma Guilda onde se tem muita confusão e sempre muitas Brigas, seu nome?, Fairy Tail, a Guilda número 1 de Fiore. Em uma casa bem velhinha, se existia um dos Magos mais brigões daquela Guilda, esse era Natsu Dragneel, o Salamander da Fairy Tail e Irmão de Zeref. Ele estava deitado em sua cama olhando para a janela de seu quarto com uma cara triste, o porque disso?, bem, depois de ocorrer toda aquela luta contra a Tártaros e ainda Acnologia "matar" seu pai, ele liberou uma grande fonte de magia negra e descontrolado batalhou contra o Acnologia deixando seu estado corporal bem ferido, mas o desgraçado ainda conseguiu sobreviver e fugir, claro que todos estavam muito surpresos para dizer alguma coisa. Depois disso, ele ficou mais calmo e a grande fonte de magia foi descarregada, mas ouve outro assunto que deixou todos de boca aberta, Zeref apareceu com o Livro de E.N.D e então disse a Natsu que ele era seu irmão e o pior ainda, ele era seu Demônio mais forte. O Rosado ficou chocado e disse que era mentira enquanto todos escutavam, mas Zeref provou lançando um pequeno feixe de luz no livro abrindo um buraco no mesmo e então o Rosado sentiu um líquido em seu ombro, quando ele viu, o mesmo ficou surpreso pois estava sangrando.

Depois disso Zeref sumiu de repente e todos estavam surpresos demais para falar alguma coisa, até que o som de grito de Happy para ajudar o Dragon Slayer tirou todos dos seus pensamentos. 3 meses haviam se passado desde então e todos que eram amigos do Rosado se afastaram dele, menos o Mestre, Mirajane, Juvia, Laxus, Gajeel e Wendy que acreditavam que o Rosado mesmo sendo E.N.D, ainda era uma pessoa do bem que não iria matar ninguém. Desde então, quase ninguém falava com o Rosado fazendo ele sentir o sentimento de solidão, mas por algum acaso, Juvia sempre iria tentar reanimar o Rosado fazendo uma pequena Luz nesse sentimento de solidão desaparecer, não só ela, mas todos que falavam com ele fazendo o Rosado se sentir 50% Solidão e 50% Amigos.

Natsu olha para a Janela saindo de seus pensamentos e se lembrou que hoje era o Dia do aniversário de Lucy Heartphilia(Foda-se se estiver errado, gosto de chama-la assim), a garota que tomou o coração do Rosado, ele deu um meio sorriso e se levantou indo pegar alguma coisa a sua frente, mas parou a mão ao sentir nada e então ele se lembrou mais uma vez que quando estava lutando contra Acnologia, as chamas que ele usava pegaram um pouco no cachecol queimando ele todinho. O Rosado deixou finas lágrimas caírem de seu rosto, ele perdeu a última lembrança que tinha de seu pai. 

Natsu balançou um pouco a cabeça tentando deixar as lágrimas não saírem mais foi em vão, ele começou a chorar, sorte que Happy não estava ali. Natsu colocou o braço direito no seus olhos e começou a movimenta-lo ao tentar retirar as lágrimas da cara e parou de chorar. O Rosado foi até ao banheiro tomar um belo de um banho para ir a Guilda.

10 MINUTOS DEPOIS

O Rosado sai do banheiro com a roupa que ele sempre usa, mas o único problema era que não se existia mais cachecol para enrolar em seu pescoço(Roupa usada nos grandes jogos mágicos). Ele pegou uma caixa vermelha com um laço verde debaixo de sua cama e então abriu a porta do quarto indo em direção a porta de sua casa para ir a Guilda.

TIME BREAK

O Rosado estava agora em frente a grande porta da Guilda, ele pensou e pensou, pensou tanto que nem soube que horas era aquela ali. O Rosado balançou a cabeça negativamente e então abriu a porta com cuidado, ele viu todos da Guilda lançarem sua atenção para o Rosado que não ligou. Em forma de esconder o presente ele colocou atrás de suas costas, todos que olhavam o Rosado voltaram a fazer o que faziam de costume. Natsu olhou ao redor vendo que seus últimos amigos não apareceram e depois olhou para uma cena que o chocou muito. Gray e Lucy estavam em uma mesa junto de Erza, Lissana e alguns amigos da loira, mas a cena que o chocou muito, era a cena em que Lucy estava no colo de Gray se pegando com tudo de beijo de língua, parecia que iam se comer ali mesmo.

O Tempo para o Rosado parou ali mesmo, ele ficou de olhos arregalados quando viu essa cena. Natsu sentiu seu coração quebrar em bilhões de pedaços e virar pó, o Rosado sentiu a tristeza o abater com muita força, foi tanta força que ele achou que levou um soco no queixo pelo Michael Taison(kkk). Ele queimou o presente sem ninguém perceber e devorou, alguns sentiram o cheiro de queimado, mas não se preocuparam. Natsu foi até o balcão e viu Mirajane lavando alguns copos com um pano de prato, ela estava de costas para ele.

-Mira.-Fala Natsu assustando Mirajane fazendo ela quase quebrar o copo.-Me faz um Frango bem passado.-Fala sorrindo, mas era um sorriso falso.

-Pode tirar esse sorriso falso da cara Natsu, o que está acontecendo?.-Pergunta Mirajane para o Rosado que se surpreendeu com a fala dela.

-Só virar o olhar para a direita e então saberá de tudo.-Fala o Rosado triste botando o queixo no balcão  enquanto suspirava.

Mirajane levantou uma sobrancelha e olhou para direita, quando ela viu Gray e Lucy quase se comendo ali ficou surpresa e depois olhou para o Rosado.

-Natsu.-Fala Mirajane surpresa olhando para o Rosado que a olhou com os olhos tristes.-Você gosta do Gray?.-Pergunta ela incrédula.

-NÃO!.-Fala o Rosado com raiva, como ela pode pensar isso dele, mas seu grito fez alguns da Guilda olhar para ele, envergonhado ele se sentou pois tinha se levantado.-Eu  gostava da Lucy.-Fala o Rosado triste.

O assunto tava sério e Mirajane sabia disso pois o Rosado não tinha nem dito o nome da Lucy errado. Ela saiu de seus pensamentos e deu um sorriso para o Rosado. Mirajane pegou o queixo do Rosado e então o levantou ficando de olho a olho com ele,  deixando ele surpreso e corado ao mesmo tempo.

-Nat-kun, não fique para baixo a Onee-sama vai transar com você(Ficou feliz né? TIRA ESSA MÃO DO SHORT AI QUE NÃO É HENTAI NÃO TAVA SÓ ZUANDO kkk) Vai te preparar um Lanche(E o especial da casa é você).-Fala Mirajane sorrindo fazendo o Rosado corar ainda mais e balançar a cabeça positivamente concordando.

-Okay.-Fala Natsu todo corado.

Mirajane só apenas soltou um sorrisinho e então foi até a cozinha atrás de prepara a comida do Rosado, enquanto isso, o Rosado estava corado e surpreso ao mesmo tempo, porque Mirajane iria fazer aquilo com ele?. Ele estava em seus pensamentos que não percebeu umas 4 pessoas se aproximando do Rosado.


Notas Finais


Parei na melhor parte né? heuheuheuheuheuheu sou do mal, mas é uma pequena introdução


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...