História Devilish Destination - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Nalu
Exibições 137
Palavras 784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sim, eu demorei pakas para postar , mas eu tenho uma explicação ótima.. Tava sem computador
"MAS PQ VC NÃO ESCREVEU NO CELULAR?"
Vcs já viram a merda q é escrever no celular?
Entao, n é interessante monas.
Agr eu vou começar a bagaça de novo, pq eu passei de ano e to de férias.
VEM PRIMEIRÃO UUUUH.
Tá foda-se. Ninguem se importa *^*
Enfim, fiquem com o capitulo, amo vcs

BJU

Capítulo 20 - Acho que perdi uma amiga.


Fanfic / Fanfiction Devilish Destination - Capítulo 20 - Acho que perdi uma amiga.

LUCY ON

Acordei com uma forte dor de cabeça, com certeza era de tanto chorar ontem, estava com as costas doendo por ter adormecido na em frente a porta também. Me levantei e fui pegar meu celular. Oito horas, iriamos sair as onze se não me engano, consigo ouvir muitos barulhos no lado de fora, todos já devem estar acordados e animados para a volta para a casa, ou sei lá, só sei que não arrumei nem minhas malas para voltarmos. 

Comecei a catar todas as coisas existentes no meu quarto, que aliás estava uma zona, não sou nem um pouco organizada, beijos. Depois de ter terminado tudo, sentei na minha cama e comecei a pensar sobe ontem, aquilo foi realmente certo? Ter aceitado a proposta de Sting foi uma coisa certa e inteligente a fazer ? Ou seria mais inteligente contar tudo para a Juvia? Eu realmente preciso contar para alguém.

Entrei no banheiro, e tentei arrumar aquela coisa que eu chamo de cara, eu estava horrível, e eu acho que nada pode disfarçar isso, apenas prendi meu cabelo, escovei os dentes e coloquei meu "maravilhoso" óculos e desci as escadas até o hall da casa, onde estavam todos lá inclusive, Sting. Por um momento pensei que era uma atriz famosa, ou algo assim, pois no mesmo momento que coloquei os pés lá, todos pararam com a baderna que estavam fazendo e olharam para mim.

-Lucy... Você está bem? -Não sei exatamente quem perguntou, porque estava olhando para o chão, mas entendo o espanto deles, eu parecia a nova figurante de The Walking Dead, no caso eu seria um zumbi.

-Levy, eu poderia falar com você um instante? -Perguntei tão baixo que até eu tive dificuldade para ouvir. 

Não tive resposta, mas ouvi alguém se levantando e tropeçando em tudo,vindo em minha direção. Levy pegou-me pelo braço e me levou para o seu quarto, o trancando. 

-Amiga, o que aconteceu? -Finalmente olhei para ela e tirei meus óculos, aquele momento eu queria desabar em seu colo e chorar tudo o que podia. Ela me olhou assustada, acho que nunca tinha ficado tão ruim assim perto dela.

-Preciso te contar uma coisa... Preciso de um conselho.

-Claro, pode dizer, estou aqui.

-Eu fiz uma coisa que nenhuma amiga faria -E comecei a contar detalhe por detalhe, Levy ouvia atentamente o que eu falava, com um olhar de conforto. Quando finalmente acabei, ela pulou em cima de mim e me abraçou o mais forte que ela conseguia e lágrimas começaram a brotar nos meus olhos, mas eu não ia chorar, chega disso.

-Juvia vai te perdoar...

-Você acha? 

-Claro, você não gosta de verdade dele, deve ter sido no calor da emoção, você ama o Natsu!

-Sim -Natsu?Natsu... Ela disse Natsu?- QUÊ? Eu não amo ele, para de viajar!

-Ama sim!

-Não amo! 

-TEIMOSA, AMA, ADMITE LOGO, QUE INFERNO! -Eita, estressou. 

-Eu posso gostar dele um pouquinho, bem pequeno.

-Ah, meu pau, LUCY! Mas mudando de assunto, acho que você deveria falar com a Juvia.

-Obrigada amiga -disse abraçando ela novamente.

-De nada, mas esse Sting é um filha da puta mesmo. Ai que ódio, eu vou arrebentar a cara dele até...

-Me prometa que não vai fazer nada, deixa eu eu resolvo isso sozinha... Por favor.

-Tudo bem, mas se quiser eu estarei aqui para a arrebentar a cara dele

-Obrigada.

JUVIA ON

Depois da Lucy ter chamado a Levy para conversar a sala ficou em um silêncio total.

-O que foi isso? -Natsu perguntou num tom preocupado.

-Acha que eu devo ir lá para ver se está tudo bem? -Pergunto.

-Vá! -Pronunciou Sting, o que eu achei estranho, ele está aprontando algo, com certeza. 

-Acho melhor que todos fiquemos aqui, se a Lucy quisesse falar conosco, ela teria falado aqui -Falou Erza. 

-Tem razão, agora é só esperar.

Passou quase uma hora quando finalmente as duas voltam, Lucy parecia estar bem melhor agora, mas um pouco receosa. 

-Juvia, será que podemos conversar ? 

Me levantei e ela me guiou até a piscina ficando de costas para mim.

-Serei bem direta com você -Ela se virou para mim- Espero que você não me odeie, eu não me orgulho nem um pouco do que eu fiz, para deixar claro...

-O que aconteceu Lucy? -Perguntei com assustada com a resposta.

-Eu beijei o Gray.

LUCY ON 

Pronto, falei. Eu estou suando frio com medo da responta dela.

Ela apenas olhou para baixo e mordeu a mandíbula. Ok, agora eu fodi com minha amizade com ela definitivamente.

-Lucy, serei sincera... -ela olhou para mim com uma cara... De nojo? Não sei descrever muito bem, mas parece que ela quer me matar. Não to brincando, parece mesmo. -Eu...


Notas Finais


KKKKKKKKK eu sou muito viada por acabar aqui.
Ai aiii
até o proximo capitulo
Amo vcs <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...