História Dezembro - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari
Tags Naruhina, Narusaku, Naruto, Romance, Sasuhina, Sasusaku
Visualizações 72
Palavras 689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 29 - Suspiros


Pensamentos de Hinata*

No dia seguinte sou acordada com o barulho da campainha, vesti meu roupão e desci junto com Sasuke para a sala. Desde a noite passada eu não tinha mais visto Tenten, ela tinha voltado pra casa sem ter aviso ninguém.

Abri a porta e me deparei com Itachi e Akira, bem íntimos pra não dizer ao contrário. Talvez eu tivesse começado a entender as coisas. Eles entraram e Itachi já foi me perguntando sobre Tenten com uma aparência preocupante.

Subimos as escadas e batemos na porta do seu quarto que se encontrava trancada. Começamos a ficar preocupados até que ouvimos o barulho da chave e então a porta se abrir. Ela nos olhou assustada e pediu alguns minutos. Quando apareceu novamente, Itachi a abraçou e com o braço direito ela se afastou dele.

- Me deem licença. Um minuto a sós com ele.

Por fim, deixamos eles sozinhos e voltamos para sala.

 

Pensamentos de Tenten*

Eu passei a noite toda acordada sem fechar os meus olhos. Se Akira o amava e queria ele, estava na hora de dar um ponto final nessa minha história com Itachi.

Quando ouvi sua voz na sala junto com ela, senti meu estômago doer e uma ânsia de vomito surgir. Fui até o banheiro do meu quarto e vomitei tudo que tinha ingerido na noite passada. Então quando eu sai do banheiro ouço eles baterem na minha porta e vou diretamente abrir.

Eu precisava conversar era com ele, porém, não queria ninguém por perto. Então, quando me deram liberdade, puxei ele para meu quarto e sentei na minha cama o encarando.

- Esse é o fim da nossa história.

- Por que você está fazendo isso?

- Acho que já deixei isso ir longe demais. Está na cara que a história de vocês dois está voltando.

- Tenten, pelo amor de Deus, você esta entendendo tudo errado

- Não Itachi, eu entendi que ela quer estar contigo, que o Shisui só saiu machucado nessa história e eu também estou.

- Shisui? Você está passando a mão na cabeça desse cara?

- Eu só acho que todos estão saindo machucados, mas ela e você são os que menos se machucam.

- Você esta sendo egoísta.

- Itachi, eu não quero saber. A nossa história acabou

- Tenten, por favor.

Então ele segurou meu braço e me olhou preocupado, eu já entendia aquela expressão, me soltei e desci as escadas correndo, peguei meu celular e minha bolsa e sai em direção a porta.

Eu sabia exatamente para onde estava indo, era a única pessoa que eu passei o caminho todo ontem compartilhando o mesmo pensamento.

Quando cheguei em sua casa não pensei duas vezes.

- Vamos sair daqui

- Que?

- Eu cansei desse lugar, anda, pega a sua moto e vamos sair dessa cidade.

- E não voltar?

- Voltamos a noite

- Certo

Não me lembro exatamente o que aconteceu depois disso. Lembro-me que assim que saímos de Konoha, paramos em um bar onde ficamos discutindo diversas coisas e afogamos as decepções. Eu não me imaginava ficar naquele estado, mas eu já estava em meu limite realmente. Peguei meu celular e vi o número de Neji na tela, desliguei, logo em seguida apareceu o do Itachi que também desliguei.

Subimos na moto novamente e resolvemos voltar. Mas estava escuro, as ruas estavam sem iluminações. Foi então que meu celular tocou novamente, era Neji.

- Onde você esta? Hinata não para de me ligar achando que estou com você

- Eu estou me divertindo, não é mesmo Shisui?

- Ten, volte logo

- Já estam...

E então a moto cai, meu celular é jogado pra longe. Meu corpo cai no chão de forma brutal me deixando totalmente machucada e sem conseguir me mexer. Tentei olhar pro lado e vi o corpo de Shisui, chamei pelo seu nome e ele não me atendia. Eu comecei a chorar e chamar pelo neji na esperança do meu celular ainda estivesse ligado e ele estivesse me ouvindo. Mas ai eu só senti meus olhos se fechando e me veio no pensamento se eu já estava morta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...