História Dia a dia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Kai, Personagens Originais, Sehun
Tags Cursinho, Kaihun, Sekai
Exibições 20
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drabble, Escolar, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


[A IMAGEM DA CAPA NÃO ME PERTENCE - A AUTORA TEM PREGUIÇA DE FAZER CAPA]


A fanfic é uma coleção de drabbles escritas por mim e baseadas em algumas coisas da minha vida, pq só rindo pra não chorar msmo.
A fic não se passa na Coréia, mas o Sehun chama o Jongin de hyung - ele é um ano mais velho que o Sehun - pq eles são coreanos e talz
O intuito dessa fic é mostrar um lado das coisas que nem sempre são o que parecem e que muitas pessoas sofrem com isso.
A classificação é +18 pq é yaoi e qm sabe o que vai vir mais pra frente :<

Capítulo 1 - Primeiro


- Acorda Sehun... acorda – senti que alguém me chacoalhava e me chamava, e aos poucos fui abrindo os olhos. Minha visão estava meio embaçada ainda e meu corpo estava dormente pela longa viagem

– O que foi Jongin? Já chegamos? 

- Sim, Bela Adormecida. Vamos, temos que arrumar umas coisas e ir em algumas lojas ainda – disse enquanto descia do carro. 

Esfreguei meus olhos enquanto descia do carro, o que foi uma péssima ideia porque quase tropecei no buraco que tinha na calçada, dei aquela famosa disfarçada dando uma corridinha enquanto Jongin me perguntava o que tinha acontecido. 

Peguei minha mala e algumas sacolas cheias de comidas "saudáveis", já que nenhum de nós dois sabia como cozinhar algo que prestasse, e quem diria que alguns miojos pudessem pesar tanto?  

Demorei um pouco pra subir as fucking escadas da entrada do prédio e ir até o portão que Jongin estava segurando pra que eu pudesse passar e andei em direção aos elevadores no hall do prédio. Não pude ver todo o prédio quando alugamos um apartamento algumas semanas atrás, mas eu sabia que tinha uma piscina e certamente eu iria direto pra lá quando acabasse de arrumar minhas coisas. 

O apartamento ficava no quinto andar, era bem espaçoso cada um com seu quarto e um banheiro que teríamos que dividir. Os outros cômodos eram grandes também e já estavam todos mobiliados, obrigado mãe e mãe do Jongin. 

Confesso que tive uma sensação de ansiedade e medo ao saber que iria morar apenas eu e Jongin ali por um ano e que enfrentaria uma escola totalmente nova.  

- Sehun, você já arrumou as suas coisas? Ainda temos que ir comprar algumas coisas... - Jongin ficou parado a porta do quarto enquanto me esperava pra podermos sair. 

 - Ah, sim hyung... onde você quer ir? - perguntei já sabendo que a piscina era um sonho distante agora e o Kim me olhou descrente. 

 - Você quer ir sem nenhum caderno no seu primeiro dia de aula? E eu também quero comprar umas cortinas pra por na sala, a tarde aqui bate muito sol... 

Era verdade que ali batia muito sol e fazia um calor dos infernos, mas eu tinha esquecido totalmente dos meus materiais! Claro que eu tinha deixado pra comprar tudo hoje. 

Saímos depois que tirei as comidas das sacolas e acabei descobrindo que minha mãe havia colocado alguns legumes e frutas. Bem que pensei que miojo não pesava tanto assim... 

 

~x~

 

Jongin me levou em uma papelaria enorme, havia um corredor inteiro apenas com canetas, lápis e coisas do tipo, e como eu sou daqueles que gosta de escrever uma palavra de cada cor, enchi minha cesta de canetas coloridas. Também passei um bom tempo escolhendo as capas dos meus cadernos, mas no final eu peguei um com o brasão da casa Stark porque com aquele calor que tava fazendo eu queria mesmo que o inverno estivesse chegando.

- Você vai levar só isso? - perguntei ao ver que ele tinha apenas um bloco de folhas brancas e duas canetas 

- Sehun, sério, você não vai precisar de tanta coisa assim – apenas ignorei o que ele disse e passei no caixa. 

O preço realmente me fez pensar se levaria ou não todas aquelas coisas, mas apenas fechei os olhos e passei o cartão. Sem volta agora, eu não conseguiria deixar aquelas canetinhas coloridas. 

Depois passamos numa loja pra comprar uma cortina e acabamos discutindo quando eu quis levar uma de estampa quadriculada e flores, e ele queria levar uma de cor cinza claro. Devo dizer que ele apenas ganhou a discussão porque a cortina era blackout e não porque a que eu queria parecia toalha de mesa de fazenda. 

Quando chegamos no apartamento resolvemos pedir uma pizza pra comemorar nosso primeiro dia lá. Admito que o aplicativo pra pedir comida é muito útil. 

- Acho que você vai gostar de lá Hun-ah, os professores são muito bons também – disse sentando no sofá preto e ligando a televisão. 

- Ah hyung, pra você é facil falar é seu segundo ano... - sentei ao seu lado e fiz bico. 

- É só não ficar nervoso e não ter vergonha – respondeu bagunçando meus cabelos. 

Quando me deitei naquela noite não pude deixar de pensar em como seria a minha nova vida, e apesar do que o moreno falou não posso deixar de sentir um friozinho na barriga


Notas Finais


Eu não consigo escrever bem em primeira pessoa mas idk eu queria fazer algo diferente


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...