História Dia a dia do Jungkook - Capítulo 10


Escrita por: ~ e ~W-I-N-T-E-R

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Crack!fic, Jikook, Meajuda, Namjin, Toddynho, Vhope, Yooncama
Exibições 707
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


GENTCH MAIS DE 20 FAVS ( Alá a criança de novo )
Em fim obrigado a todo mundo que favorito sá bosta que eu adoro escrever
e a todos que comentam porque serio! Eu amo seus comentários são muito boms

Capítulo 10 - Um lemon meio sério de VHope


Fanfic / Fanfiction Dia a dia do Jungkook - Capítulo 10 - Um lemon meio sério de VHope

P.O.V Taehyung 

Essa manhã estranhei o silêncio do dormitório que normalmente é uma algazarra e então levantei para ver o que estava acontecendo. Chegando na sala que só tinha um Hoseok dormindo e pra variar eu fui acorda ele porque sim.

V - Hoseok? Cade todo mundo?

JH - Haa... Eles falaram algo sobre sair e voltar de noite mas não prestei atenção

V - Entendi

Eu me sentei ao lado dele que ligou a TV, e nesse momento eu percebi que ele estava sem camiseta e e fiquei apenas obcervando aquele corpo magro porém definido.

JH - Que foi Tae? Não para de me olhar... 

V - N-Não é nada... - Abaixei minha cabeça pois eu sabia que estava corado, meu rosto quase queimava - Hobi...

JH - Hm?

V - Por que você me beijou aquele dia que o Jungkook quebrou o vaso do Jin?

JH - Se é assim vai ter que se explicar por que me chama de mozão...

V - ... E-Eu não sei...

JH - Tae você gosta de mim?

V - Claro que gosto você é legal e gentil!

JH - Não desse jeito...

V - Ta tão na cara assim?

JH - Bom... Essa sua língua nervosa fica mais nervosa ainda quando me vê, e você não para de me olhar e ficar corado... É muito fofo...

V - Oque?

JH - N-Nada não...

Ficamos um tempo ali com aquele silêncio perturbador, eu não sabia onde enfiar a cara de tanta vergonha e arrependimento. Me levantei e fui para a cozinha para poder tenta voltar ao normal, peguei um copo de água e no mesmo instante Hoseok entra na cozinha e fica me encarando.

V - O que foi?

JH - Sei lá... - Ele foi se aproximando e logo me puxou pela cintura e começou a acariciar meu rosto.

V - Por que esta fazendo isso?

JH - Não é meio obvio que eu também gosto de você? - Ele aproximou sua boca de minha orelha e então falou sussurrando - Você é tão sexy... 

V - H-Hobi...

Antes de eu falar mais alguma coisa ele me beijou, porém na hora que ele foi pedir passagem com a língua eu neguei, Eu nunca havia dado mais que um simples selar em alguém por medo de fazer algo errado ou passar vergonha.

JH - Por que você não?... Você ta chorando!?

V - D-Desculpa... É que e-eu não sei...

JH - Não sabe o que? - Ele falou levantando meu rosto e limpando as poucas lágrimas que deixei cair.

V - De não beijar bem...

JH -... Como pode ser tão fofo e sexy ao mesmo tempo senhor Taehyung? Não se preocupe deixe que eu te guio.

Ele novamente selou nossos lábios pedindo passagem com a lingua e dessa vez eu permiti, de inicio eu não sabia o que fazer mas logo fui seguindo seus movimentos e era como se nossas línguas estivessem dançando. Eu estava feliz por Hoseok estar me dando essa sensação. Depois de um tempo faltou ar e nos separamos meio ofegantes tentando repor o ar que perdemos.

JH - Viu? Não é dificil, e nossa como você beija bem Tae

V - O-Obrigado... Meu Deus eu to... Tão feliz...

JH - E eu mais ainda!

Ficamos um bom tempo na cozinha trocando caricias até que eu vou para o meu quarto tomar banho, eu estava ainda meio perdido mas muito feliz por mais que não tenha rolado algum pedido ou coisa do tipo. Só de saber que ele sente o mesmo por mim eu já fico feliz... talvez até de mais. Eu estava tranquilamente sentindo aquela água gelada escorrer pelo meu corpo até que escuto a porta do banheiro abrir, era Hoseok e estava... Sem roupas...

V - O-O QUE FOI!? - Falhei tentando manter a calma, era muito grande ( Eita... )

JH - Shh... 

Ele foi se aproximando e entrou no box do banheiro e me abraçou por trás e eu pude sentir seu membro encostar em mim e isso me fez arrepiar. Depois de um tempo assim sem dizer nada ele começou a distribuir beijos e chupões pelo meu pescoço, eu tentei segurar meus gemidos mas não consegui, sentir aqueles lábios tocando aquela região sensível do meu corpo me fazia ficar louco. Me virei para ele e começamos a nos beijar de uma forma rápida e cheia de paixão, nesse momento eu já sabia o que ele queria visto que assim como eu ele estava excitado e isso só piorava pois a cada beijo nossos membros friccionavam um no outro e nos fazia dar pequenos gemidos em meio ao beijo que logo parou por falta de ar então eu fiquei apenas olhando para ele e nossa... ele é tão sexy que acabei não resistindo e mordendo meu lábio inferior.

JH - Você esta me provocando? É isso mesmo?

V - E se eu estiver?

JH - Haaa você não tem noção do quanto gosto disso

Depois de um tempo ainda se beijando ele se sentou no chão e me convidou para sentar em seu colo, e obvio eu não neguei e imediatamente sentei e comecei a rebolar em seu membro enquanto ele me fitava.

V - Posso? - Perguntei manhoso, eu queria provoca-lo mais e mais.

JH - Tem certeza de que não quer ser preparado?

V - Quanto mais dor melhor! 

Me ajeitei em seu membro e fui descendo lentamente e parecia que havia alguém me rasgando no meio mas a sensação era muito boa, eu adorava aquela dor quase que agonizante que me fazia gemer alto e arrastado.

V - Hobi... Me bata!

JH - Você quem manda meu amor...

Ele foi distribuindo tapas nas minhas coxas e dando fortes apertos na minha bunda e meu deus... Isso me enchia de tesão, aquele som dos nossos corpos se chocando cada vez mais rápido e mais violento com o som daqueles tapas maravilhosos que ele me dava.

V - H-Hobi! Seu m-membro é maravilhoso assim como seus tapas

JH - Haa Tae não diga coisas assim de forma manhosa eu não aguento...

V - Então... Me foda com toda a sua força 

Falei trocando a posição e ficando de quatro para que ele fizesse as estocadas em quanto ainda distribuía tapas nas minhas coxas que já estavam um pouco avermelhadas eu adorava aquela ardência em quanto ele surrava aquele lugar maravilhoso que me fazia gemer alto o suficiente pra todos ouvirem.

JH - Tae eu acho que eu vou... 

v - Não... - Fiz ele sair de dentro de mim e coloquei meu rosto de frente para seu membro e o masturbei um pouco até que ele se desfez em minha boca, e eu fiz questão de engolir tudo - Agora sim!

JH - Caramba eu acho que nunca fiz algo tão bom na vida...

Depois disso ficamos mais um tempo abraçados no banho e então decidimos sair e ficamos na cama apenas conversando e trocando palavras fofas.

JH - Pronto pra segunda rodada?

V - Já estou preparado!




















 


 


Notas Finais


Tae masoquista. Não me pergunte de onde tirei isso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...