História Dia de Parque - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Exo, Hunhan, Kaisoo, Xiuchen
Exibições 36
Palavras 865
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mini-Sakura's, essa é minha primeira fanfic, por isso se ficar muito mal eu vou entender. KJHGFGHJ
Eu decidi fazer essa pequena OS por que eu estava lembrando da primeira vez que fui em parque, não que tenha acontecido isso comigo, mas achei que dava pra fazer uma historinha, enfim, espero que goste, irei ficar muito feliz, é isso. Boa leitura. 🌸

Capítulo 1 - Capítulo Único


`` Dia de Parque ´´

 

- Appa JongIn! Vamos logo! - O menor dizia com uma certa raiva na voz, puxando a camisa do pai. 

- Calme, Sehun. Espere Kyungsoo terminar de se arrumar. - O pai ria do desespero do filho, que apenas bufou. Os dois viraram o olhar para a escada, que de lá descia um Kyungsoo.

- Vamos, agora! - O pequeno gritou animado até a porta, abrindo-a e indo lá para fora. 

 

Os três iriam ao parque de diversões, como ( quase ) toda Sexta-feira. Sehun estava muito animado com o dia, seu brinquedo favorito era o Carrinho de Bate-Bate, sempre dava um jeito de sair machucado de lá, mas não se cansava. 

Depois de alguns minutos eles chegaram ao tal Parque, e quando Sehun viu tudo iluminado seu olhos brilharam como as estrelas do céu daquela noite. 

 

- Appa Soo, podemos ir no Carrinho de Bate-Bate? - O menor disse com um bico pequeno nos lábios. 

- Okay, vamos. - Kyungsoo deu um pequeno sorriso para o seu pequeno Sehun, por ter achado fofa a cara que seu filho fez. 

 

Quando chegaram perto do brinquedo Sehun se derramou em lágrimas, pois havia uma placa em que dizia que o brinquedo estava em manutenção. 

 

- O quê aconteceu? - Sehun tinha ouvido uma voz fina e fofinha, parou de chorar na hora assim para responder.

- O brinquedo.. está.. quebrado. - Falou não muito rápido pois os soluços não deixaram. O pequeno garoto que estava ao seu lado limpou algumas lágrimas que teimavam em descer no rosto de Sehun. 

- Oh.. Não chore, tem muito mais brinquedos por aqui. - O garoto lançou um pequeno sorriso para Sehun, que sorriu também em seguida. - Como você se chama? 

- Sehun, e você? - O menor corou, sem saber o porque. 

- Prazer, Sehun. Me chamo Luhan. - Luhan estendeu a mão para Sehun, que logo foi levemente apertada junto com um pequeno sorriso. 

- Você é bonito, Luhan. - Sehun disse meio envergonhado, mas logo deu um sorriso de orelha a orelha por ter ouvido um '' V-Você também. '' do baixinho. 

- Quanto anos você tem, Hunnie? Eu tenho 7. - Luhan perguntou com um pequeno sorriso no rosto. 

- Eu tenho 6! - O menor sorriu junto ao garotinho.

Os dois ficaram conversando lá conversando, até os pais de Luhan chegarem e cumprimentarem JongIn e Kyungsoo, que são os pais de Sehun. Minseok e JongDae estudavam com JongIn e Kyungsoo, desde o primeiro ano na escola, eram inseparáveis. Depois de um tempinho combinaram de deixar Sehun com Luhan, Minseok e JongDae para irem na roda gigante, e deixar os pais de Sehun um tempo sozinhos. Também combinaram de deixar Luhan dormir na casa de Sehun ( que ficou de joelhos para deixar o mais velho dormir em sua casa ). 

 

{...}

Agora eles já estavam na Roda Gigante, observando tudo lá em baixo, enquanto JongDae e Minseok estavam nos abraços e selinhos observando as crianças animadas. 

 

- Luhan, olhe! Uma estrela cadente! - Sehun quase gritou e Luhan no mesmo segundo fechou os olhos com força, fazendo seu pedido. - O que você pediu, Lu? 

- Pedi para que ficarmos juntos para sempre, Hunnie! - Luhan disse com um grande sorriso no rosto e correu para abraçar Sehun, que no mesmo segundo correspondeu o abraço. 

 

{...} 

 

Quando Kyungsoo, JongIn e as crianças chegaram em casa jantaram e resolveram assistir um filme de terror ( Decisão macabra de JongIn, pois sabia que o filho morria de medo. ), quando chegou na parte em que aparecia uma bruxa na tela, Sehun e Luhan se abraçaram na mesma hora, e Kyungsoo pôde ouvir o choro dos dois medrosos, E nisso JongIn caiu na risada; Recebendo um leve tapa de Kyungsoo no braço. 

- Crianças, vamos dormir. - Kyungsoo falou em um tom meio alto, e as crianças correram rapidamente até o banheiro para escovar seus dentes, e assim que depois foi feito, Kyungsoo e JongIn beijraram a testa das duas crianças, apagaram a luz do quarto e foram dormir.

 

- Hunnie, eu estou com medo. - Luhan falou debaixo das cobertas, tremendo um pouco. - Posso ir aí dormir com você? 

- Eu também estou. Vem Lu. - Sehun disse abrindo um espeço na cama, que logo foi ocupado por Luhan. 

- Hunnie, você vai ficar comigo pra sempre, não vai? - Luhan disse colocando seus braços na cintura de Sehun e colocando a cabeça em seu peito. 

- Eu vou sim, por quê? - Sehun falou logo apertando de leve o pequeno que estava em seus braços. 

- É que eu não tenho nenhum amigo, e os meninos da escola sempre batem em mim por que eu fico sozinho, mas agora eu tenho você. - Luhan apertou Sehun da mesma forma. 

- Eu não vou deixar eles baterem no meu Luhan. - Sehun disse bem baixinho, se Luhan não estivesse perto nunca ouviria.

- Você promete me proteger pra sempre, Hunnie?  - Luhan falou em um tom choroso. 

- Sim, eu prometo Lulu. - Sehun depositou um beijo na testa do pequeno. 

E assim eles dormiram, um protegendo o outro. 

Fim. 

 

 


Notas Finais


Foi isso, Mini-Sakura's, agradeço por lerem até aqui, fico muito feliz, como eu disse é minha primeira fanfic OS, Não tenho muita experiência mas dei o meu melhor, espero que tenham gostado, beijinhos com Sakura's. 🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...