História Diabolik Angel - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Anjos, Demonios, Jeon Jungkook, Jihope, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Taehyung, Min Yoongi, Namjin, Park Jimin, Vkook
Exibições 34
Palavras 1.299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Dark,Isso tá meio Dark '-'
Eu não sei por que mas eu gosto de um Abuse cara ._.
Tipo é uma imagem muito linda que eu amo ver em foto de BTS
Aí parei!
Eu não gostei muito do Cap,Eu achei meio curto,Mas eu tava com essa ideia a dias e eu ainda sonhei com isso '-'
Então espero que gostem ;u;

Capítulo 3 - "Eu te amo,Hoseok"


Fanfic / Fanfiction Diabolik Angel - Capítulo 3 - "Eu te amo,Hoseok"

Jimin P.O.V

Eu não escutei a voz macabra novamente e os paços haviam cessado,Eu estava tentando criar coragem pra sair de dentro do meu guarda-roupa apertado e fechar a maldita porta da entrada,Eu sou muito burro!Como não percebi que não tinha fechado a merda da porta,Aish!Se for um ladrão eu vou morrer com certeza.

Abri a porta do guarda-roupa com cautela e fui caminhando cuidadosamente pelo quarto até chegar na porta do mesmo,Eu olhei pros dois lados do corredor escuro e eu não queria ir na sala pra ir fechar a maldita porta,Acho que vou interditar aquela porta e vou começar a entrar por uma janela,Se bem que séria mais fácil de alguém entrar aqui.Mas que pensamento idiota.Balancei minha cabeça negativamente.

Tomei coragem e fui na direção da sala com cuidado,Fechei a porta da entrada e suspirei aliviado,Porém tive meu corpo agarrado e a boca tampada por uma mão,Ai meu deus do céu,Eu vou morrer.

— Shiu. — Hoseok disse enquanto segurava minha boca.

Mas que porra o Hoseok tá fazendo vey?

Hoseok pendeu a cabeça pro lado e mordeu meu pescoço,Eu tentei me debater mas não consegui,Ele me apertou contra si e eu senti minha pernas ficarem bambas,Eu estava prestes a cair sem forças no chão mas Hoseok me segurou e continuou sugando o sangue do meu pescoço,Woo! Isso doí,Doí mais que nos animes,Eu pensando em anime quando estou tendo o sangue sugado pelo Hoseok,Cala a mente e faz alguma coisa Jimin!

Senti todas as minha forças se esvaírem,Hoseok me pegou no colo com facilidade e eu desmaiei em seus braços.

Acordei em uma cama preta e o lugar era vermelho,parecia um quarto luxuoso,eu não conseguia me mexer direito,A marca da mordida que levei de Hoseok estava vermelha as presas eram visíveis,Meu corpo todo doía e meus olhos estavam querendo se fechar,Eu
estava com uma roupa diferente,Ela era toda preta.

— Está tão lindo assim,Jimin. — A voz de Hoseok ecoou pelo quarto,Ele estava encostado na porta.

— Que lugar é esse?O que você fez? — Perguntei confuso e assustado.

— Estamos no inferno e eu me alimentei de você. — Ele disse simples se aproximando.

— O quê?! — Perguntei assustado.

— Está com medo de mim? — Ele perguntou provocativo subindo em cima de mim e me encarando,Eu virei o rosto mas ele pegou meu queixo e fez com que eu olhasse pra ele. — Eu amo a sua boquinha. — Ele diz mordendo os lábios e fitando minha boca. — Adoro o seu corpo. — Ele diz me tocando.

— Pare... — Digo em um gemido sôfrego.

— Eu quero ter você,Jimin,Quero que seja meu. — Ele diz deslizando os lábios até a minha barrica e beijando ela.

— Não...Eu não quero,Hoseok...,Por favor,Pare... — Digo em um gemido.

— Me obedeça e tudo vai ficar bem. — Ele diz me abraçando de lado.

Hoseok começou a tocar e beijar meu corpo,Os toques e beijos me causavam arrepios,Porém eram calmos e acolhedores,Eu queria sentir cada vez mais os toques de Hoseok,Ele tirou minha roupas lentamente fazendo eu me sentir um pouco desconfortado em estar nu em sua frente,Ele me olhava sedento,Após um longo beijo entre nós dois,Ele se levantou e abriu o zíper da calça,Ele veio lentamente em minha direção e subiu em cima de mim.

— Você é meu. — Hoseok disse possessivo.

— Hoseok... — Eu tentei falar alguma coisa mas fui surpreendido por Hoseok entrando dentro de mim e me provocando um gemido.

— Tão apertado! — Hoseok reclamou dando uma investida forte em mim fazendo eu praticamente gritar de dor.

— HOSEOK-AH! — Gritei em um gemido provocando um sorriso vitorioso de Hoseok.

Hoseok deu várias investidas no meu corpo,Eu derramei algumas lágrimas de dor mas Hoseok nem se importou ele estava nauseado com luxúria,Eu estava sentindo muita dor e nem sequer conseguia gemer,Após Hoseok ter se desfeito e se satisfeito comigo ele se deitou ao meu lado e me abraçou,Eu afundei minha cabeça no peito dele e fiquei deitado ali,Acabei por chorar um pouco pela dor
que sentia e Hoseok me acolheu.

— Vamos a um lugar depois. — Hoseok falou passando a mão na minha cabeça.

— Hum? — olho ele confuso.

— Fique perto de mim ok? — Hoseok diz alisando meus cabelos.

Após alguns minutos deitado com Hoseok,Ele se levantou e começou a se arrumar,Ele arrumou uma roupa pra mim,Eu me levantei e coloquei a roupa,eu me sentia um pouco desconfortável,Hoseok pegou uma gargantilha e colocou no meu pescoço,Ele apertou bem a gargantilha em meu pescoço fazendo com que eu ficasse sem mexer minha cabeça direito.

— Está muito apertado. — Digo reclamando e tentando arrumar a gargantilha.

— Uma gargantilha se usa bem apertada. — Hoseok diz.

— Ao ponto de não conseguir respirar? — Pergunto irônico.

— Sim. — Hoseok fala simples. — Vamos. — Ele diz saindo do quarto e eu o sigo.

Eu desci as escadas juntamente dele e pude ver algumas pessoa no salão principal.

— Essa é a sua casa? — Cochicho no ouvido dele.

— Não,Aqui é tipo o lugar principal,Onde ocorrem Rituais,Lutas entre outras coisas. — Hoseok me explicou.

— Me trouxe aqui pra que? — Perguntei indignado descendo as escada.

— Você é minha isca. — Ele sussurrou em meu ouvido. — Apenas me obedeça,Ou você morre. — Ele diz me puxando pra perto de algumas pessoas,Ele as cumprimenta e eu faço o mesmo. — Beba um pouco. — Hoseok diz me entregando uma taça que tinha um cheiro forte de sangue.

— Isso é sangue? — Pergunto cheirando a taça,Pergunta besta a minha.

— Sim,Experimente. — Ele diz e eu tomo um gole da taça de sangue,Tinha um gosto doce,Porém era estranho tomar sangue.

— É estranho. — Digo largando a taça em cima da mesa.

— Me beije. — Hoseok sussurra em meu ouvido. — Agora. — Ele diz em um tom que apenas eu pude ouvir.

Eu fiquei na ponta do pés e o beijei,Ele agarrou forte o meu corpo,Após alguns segundos ele separou o beijo,Eu fiquei corado e abaixei a cabeça ele olhou atrás de mim e depois suspirou.

— O que foi isso? — Pergunto baixinho para que só ele ouvisse.

— Tem pessoas que não podem saber que eu estou aqui. — Ele diz simples.

— Por que você não me explica o que está acontecendo?! — Digo irritado chamando a atenção de algumas pessoas.

— Fale baixo,Peste. — Ele diz me repreendendo.

— Me explica o que está acontecendo,Eu estou muito confuso. — Digo o encarando.

— Vem comigo. — Ele suspira e segura minha mão.

Ele me guia até uma porta em um dos corredores,O lugar tinha varias cadeiras e continha um quadro com Anjos na parede era como uma guerra de Anjos.

— Há muito tempo atrás uma guerra aconteceu,Anjos contra demônios,Os demônios perderam e teriam que ficar no inferno e não poderiam machucar nenhum humano,Os séculos se passaram e a promessa foi quebrada um guerra entre anjos e demônios vai acontecer,Mas para que essa guerra não aconteça os anjos precisariam de um Humano puro para um ritual,Com esse humano eles selariam os demônios no inferno e nós nunca mais sairemos daqui,Jimin,Você é o Humano, os anjos querem te usar no ritual para selar os demônios no inferno,Eu não vou deixar isso acontecer,A guerra vai acontecer e os anjos vão cair,Os demônios vão ganhar,Jin vai pagar.— Hoseok falou antipático.

— Mas isso causaria discórdia,O meio termo acabaria,O mal iria dominar. — Digo preocupado. — O que vai fazer? — olhei para as mãos de Hoseok e ele tinha uma adaga nas mãos,Ele tentava se aproximar de mim,Mas eu caminhava pra trás assustado.

— Você precisa morrer. — Hoseok diz me prensando na parede.

— Hoseok... — Falo assustado.

— Não diga meu nome! — Ele grita me amedrontando,Eu fiquei quieto e olhei nós olhos negros e profundos dele. — Eu não consigo. — Ele diz frustrado

— Hoseok,Eu...,Eu te amo. — Digo o encarando.

— Tolo. — Hoseok disse simples.

— Eu te amo Hoseok,Eu não me importo se isso é errado,Eu te amo. — Digo chorando.

— Não chore... — Hoseok diz limpando minhas lágrimas. — Me desculpe. — Ele diz,Logo em seguida eu senti a adaga na minha barriga. — Isso é pro seu bem,Vai ficar tudo bem. — Ele diz tirando a adaga e me segurando,Meus olhos se fecharam e eu perdi a consciência.


Notas Finais


Espero que tenham gostado U.U
Amanhã tem My Sugar~~
Até quarta que vem s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...