História Diabolik Lovers - Meu Lost Eden - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Exibições 94
Palavras 1.349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vcs devem estar se perguntando... PQ LEMBRANÇAS? Essas lembranças são pra explicar tudo que aconteceu antes do 1º e 2º cap. E essas lembranças vão acabar qndo eu fizer mais uns 2 caps. Boa leitura!!!!!

Capítulo 15 - Lembranças : Pequeno ritual.


                 Foxy POV ON

Acordei. Fiquei sentada na cama, me despreguiçei bocejando. Olhei pro Shin, ele ainda estava dormindo, saí da cama devagar pra não acorda-lo. Consegui!!! YEHHH

Desci as escadas até a sala de calcinha e sutiã mesmo, to dentro da minha casa! Posso fazer o que eu bem entender.

*CALMA! CALMA! Porque tá nevando la fora?!*

Corri pra fora da minha mansão, fui pro jardim. Estava nevando, o lago congelado e o chão branco.

          - OMG, NÃO ACREDITO NISSO!      - disse. É isso que da não ficar ligada na previsão do tempo na TV.

Eu me joguei no chão e fiquei rolando na neve. Depois me levanto  * Quer saber?! Vou colocar minha jaqueta e minha calça preta. *  Fui em direção ao meu quarto, chegando lá, Shin ainda estava dormindo. Ele parece um gatinho dormindo, tão fofo.

Abri meu guarda roupa, coloquei uma jaqueta cinza, o capuz na borda tinha umas peles... ( TIPO A JAQUETA DO LAITO ). Coloquei uma calça preta um pouco apertada, e vesti umas luvas pretas que são furadas : não chegam até a ponta do dedo. Também um cordão que tinha um dragão, que era a marca da minha família. Um par de botas brancas com correntes douradas em volta. Ah, e antes de eu colocar a jaqueta, coloquei uma camisa branca fina. Deixei a jaqueta fechada.

Fui até o Shin, o balançei :

           - Shin!!! Acorda, TÁ NEVANDO!      - quase gritei no ouvido dele.

           - Você quer me trollar né? Não vou cair nessa      - disse Shin, bocejando. Sim, já trollei ele várias vezes kkkk.

          -  Dessa vez não! Eu to falando sério, vem. Vira e olha pra janela pra você ver que é verdade.      - disse, colei minhas mão na minha cintura, mostrando razão.

        

Ele se virou pra janela que estava do meu lado. Ficou surpreso, foi tipo uma surpresa porque nevou do nada.

        - Kacete!!! Vamos lá fora.     - disse Shin com uma alegria no rosto.

        - Ou ou ou!     - segurei o seu braço.    - Tá esquecendo de nada não?      - perguntei. Olhei pra cueca que ele estava vestindo, ele só tava de cueca. Nesse frio ele tem que colocar roupa de frio.

       -  Aé, esqueci de colocar minhas roupas!      - disse Shin, corado.

    

Dei uma risada.

Ele colocou uma jaqueta preta minha e atrás da jaqueta tinha uma foto do NIGHTMARE do fnaf 4. Saímos correndo da mansão. E uma calça cinza.

Me joguei na neve de novo, e dessa vez foi de cara. Ele riu de mim quando eu tirei a cara da neve, fiquei mais branca do que eu já era.

      - Aé, tá rindo mesmo de mim? Ok!    - disse com um ar de vingança. Fiz uma bola de neve e joguei na cara dele.

     -  GUERRA DE BOLA DE NEVE!     - gritou Shin. Fez dus bolas de neve e jogou em mim, uma de cada vez. Acertou na minha calça.

Fiz uma magia que fiz 10 bolas de neve, flutuavam no ar. Joguei minha mão pra frente e as bolas foram em direção ao Shin, todas o atingiram o fazendo cair no chão.

     - Ei! Magia não vale.     - disse.

       
Shin andou até a minha direção, eu estava com uma bola de neve nas mãos mas não joguei nele.

Ele agarrou minha cintura, me deixando mais colada a ele. Ele fez aquele sorriso malicioso que eu ADORO, não resisti! Quando eu ia beijar ele... me desequilibrei, o puxei junto e caímos num montinho de neve.

Ele ficou por cima de mim. Nossos rostos estavam tão próximos, meus lábios estavam vermelhos. Ele cola seus lábios nos meus, agarrou a minha coxa. Entrelaçei minhas pernas nele. Nosso beijo ficava cada vez mais intenso.

     

                      Foxy POV OFF
     
              Yuna POV ON

     

        - Hoje eu te convoco       - disse.   

Fiz um pentagrama satânico ( sabe aquela estrela invertida que tem formado de bode?! Aquela msm ), estou tentando convocar meu "senhor". Estou aqui por um objetivo, tenho que absorver os poderes dos Sakamakis, infelizmente pelo sexo *Ahr...* que ódio. Não tem outro jeito pra mim. Já absorvi o do Laito e do Reiji, falta o resto.

Consigo convoca-lo, no pentagrama que fiz no chão, ele aparece em forma de sombra. Nas pontas da estrela estão 5 velas, que se apagam quando consigo envoca-lo.

          - Ah... minha querida Yuna...     - disse a sombra.   Ele estava falando como se fosse por um rádio com uma voz meio distorcida. Bizarra!

        

Me ajuelho perante ele, que ainda está dentro do pentagrama.

         - Meu senhor... fiz o que pediu, está feliz?      - sorrio.

        - NÃO! VOCÊ AINDA NÃO TERMINOU O SERVIÇO, PORQUE ESTÁ ME CONVOCANDO SE NÃO TERMINOU?      - gritou a sombra com uma voz bizarra.

        - Meu senhor, só vim te avisar do progresso que fiz! Já transei com dois, faltam quatro.     - disse, eu estava com um pouco de medo.

        -  Ótimo! Quanto mais rápido melhor, humana.      - disse a sombra.

        - E antes de eu ir embora, quero te avisar de uma coisa! Achei os jarros, onde estão as suas 6 irmãs bruxas. Estão a 3 mil km de profundidade numa região perto do cimitério dessa merda de mansão. Só vai conseguir pega-las se eu te der mais poderes.     - disse ele.

        - Mas você só vai me dar se eu transar com todos eles, não é?!   Ok então.     - disse ainda ajuelhada, olhando pra o chão, demonstrando medo e respeito com sua presença.

        -  Exato! E quando terminar isso, com os poderes deles, consiguirá tirar suas irmãs do subsolo. Formando um 7, consiguirão invocar o grandioso Lúcifer. Garanto...     - ele puxou meu queixo pra sua direção, para eu o olhar.       - ... que ele vai te dar uma bela posição aqui na terra. Virará o novo inferno.

        - Que assim seja,  meu senhor!      -  disse, o olhando.

Ele some dali. Limpo o chão que estava com o pentagrama, jogo as velas no lixo.

      
      - Bom... vamos agir.      - dei uma risada pisicopata.

Fui até o quarto do Subaru, ele estava com a Erika, outra vadiasinha. Fiz uma simbologia com as mãos e o fiz levantar da cama sem esforço algum até o meu quarto. * Bem, vamos começar pelo mais irritadinho.*

O fiz deitar na minha cama, dei um tapa na cara dele, que o acordou.

        - Mas que PORR....     -  gritou Subaru, mas não deixo ele terminar de falar.

Quando ele iria terminar de falar, estalo os dedo na frente dele. O hipinotizei.
Dei uma risadinha.

        - Agora você está sobre o meu comando. Vai fazer o que eu mandar!    - disse olhando com raiva pros olhos dele, mas com um sorriso doido.

O hipinotizei, ficou com cara de idiota.

       - Tire suas roupas agora!

Enquanto ele tirava as roupas, eu tirava as minhas. Estavámos nuos já.

       - Você vai transar comigo! Vai gemer de excitação e só vai parar quando eu mandar.     - instalei os dedos.

Abri minhas pernas pra ele, fez o que eu mandei. Meteu o p... em minha entimidade. Ele segurava a minha coxa com força, eu tinha ele na palma da minha mão.

As estocadas começavam a ficar mais fortes, eu gemia seu nome:

          - *Arh...* Subaru.... isso vai *Ahh...*, me come com força vai.       - gemi.

Ele não gemia e nada, só transava por transar. Quem vai ter excitação por fazer uma coisa que não quer né?! Que bom!

Do nada a porta se abre, era Erika. Ela ficou com uma expressão de tristeza depois disso.

         - Gosta do que vê Erika?     - zombei. Depois dou uma risada maléfica.

Ela sai correndo do quarto chorando. Coitada! Só que não.
Quando Subaru vê ela correndo do quarto triste, ele não sei como... sai da hipinose. Deve ser o poder do amor que sente por ela.

         - ERIKA, E-ESPERA, EU NÃO QUERIA...     - correu atrás dela.

É, as coisas aqui vão ficar mais... interessantes!


Notas Finais


Pronto gente. Espero que tenham gostado!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...