História Diabolik Lovers: A Vida Complicada dos "Anjos" - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Exibições 47
Palavras 1.368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ohayo minna, espero que gostem do cap.

Capítulo 27 - Jantar Indesejado


Fanfic / Fanfiction Diabolik Lovers: A Vida Complicada dos "Anjos" - Capítulo 27 - Jantar Indesejado

???: pra minha Onee-Sama foi?...
?: e eu que tenho que saber garoto??
???: mas claro você era o melhor amigo dela
?: ah cala a boca
??: eu sei pra onde ela foi
???: *com os olhos brilhando* pra onde?
??: você vai ver...
     -numa rua do Japão-
Eu(Ay): a gente não fala as coisas pra pessoa, só pra proteger ela e como ela agradece? Brigando comigo, ah que ótimo!!- joga duas pedras no lago-A gente pega e assassina os familiares pra proteger a maldita pessoa, e é assim que ela agradece- joga outra pedra no lago- que droga!!! Qual é o meu problema?- me sento na beira do lago e fico observando a lua
???: linda, não é?
Eu(Ay): -.- você de novo? Ah Kami, o que eu fiz pro senhor???- me levanto e saio dali
???: gomen, se você não queria falar, eu não deveria insistir- paro e dou um sorriso de canto
Eu(Ay): está arrependido Naruse-san?
Kakeru: estou
Eu(Ay): quer que eu volte?
Kakeru: óbvio
Eu(Ay): *suspiro* tá bom, eu vou!!(Anny-Chan: yyyaaayyyy, que ótimo, FINAL FELIZ EEEEEEEBBBBAAAA/Leitores: mas você não tem ciume?/ Anny-Chan: tsc. Eu? Com ciume? Não! Mas é que assim os dois são melhores amigos sabe? E eu sei como é brigar com o melhor amigo, então eu tô feliz pelos dois)
Kakeru: então vamos?
Eu(Ay): vamos ficar aqui mais um pouquinho, só observar a lua...- volto pra pertinho do Kakeru, sabe o que é ficar longe da pessoa que tu gosta por TRÊS HORAS? É horrível
Kakeru: nunca mais fuja de mim!
Eu(Ay): eu não vou fugir- me sento no chão, ele senta ao meu lado e eu escoro minha cabeça no ombro dele
Kakeru: Ayame-Chan eu, errr, eu..- me desescoro e fico olhando nos olhos dele
???: OLHA LÁ O CASAL PERFEITO!!- mereço, era a Manu junto com os meninos, o Suwa e os Mukami.....filha da mãe!! Cade o buraco pra se esconde, quando precisa de um
Kakeru: você conhece aquelas pessoas?- fala brincando
Eu(Ay): não faço a miníma de quem são
Manu: fiquem aí, que nós vamos descer!!- agora imagina a cara de cu que eu fiz quando ela disse isso
Yuma+Suwa: depois dizem que não namoram
Eu(Ay): calem essas malditas bocas ou eu arranco a língua de vocês, ah não ;-; eu vou precisar de um banquinho pra isso, porque as girafas são mais altas do que parecem
Yuma: baixinha
Eu(Ay): a baixinha aqui é capaz de fazer um estrago nessa tua cara
Kakeru: calma, ele só tá brincando, né?
Yuma: uhum- agora imaginem a cara de cu do Ayato, por me ver com o Kakeru
Eu(Ay): Naruse-san eu vou ali falar com o Ayato-cara-de-cu e já volto
Kakeru: tá eu vou falar com o suwa
Eu(Ay): tá- saio dali e me aproximo do Ayato silenciosamente, nem o mesmo me percebeu- Pode ir desfazendo essa cara de cu
Ayato: ai que susto!
Eu(Ay): nem sou tão feia assim
Ayato: é sim
Eu(Ay): toma bem no meio do teu cu, cabelo de menstruação....mas agora é sério desfaz essa cara de cu!!
Ayato: não tô com cara de cu por causa do seu queridinho ali, mas é por causa de uma notícia que o meu pai mandou te dar
Eu(Ay): vish, lá vem merda, mas flw, manda!
Ayato: seu pai quer te ver
Eu(Ay): e o que tem de ruim nisso?
Ayato: e meu pai acha que aí tem coisa
Eu(Ay): será?
Ayato: não sei
Eu(Ay): quando que ele vai me buscar?
Ayato: hoje as 20:00
Eu(Ay): *olha a hora* puta que pariu são 19:10, KAKERU, VAMO PRA CASA!!
Kakeru: por que?- fala se aproximando
Eu(Ay): meu pai quer me ver e ele vai me buscar as 20:00
Kakeru: então vamos
Eu(Ay): pera, eu vo faze uma coisa primeiro
Kakeru: mas o q...- eu vi a Manu e o Suwa sentados conversando, como eu e o Naruse-san no primeiro dia de aula, lembram? Pois é, eu me aproximei deles de fininho, e fiz os dois se beijarem e reação de todos quando viram, foi mais ou menos assim:😱😱😲😲😲
Eu(Ay): HAHAHAHAHA QUE LINDOS
Manu: Ayame Mochitsuki..
Eu(Ay): e-ei calminha aí, eu só dei o troco por aquele dia!- quando eu vi a cara do Laito pra mim, socorro!! Pelo amor de Deus, me deu até medo! Eu saí de perto deles e fui até onde estavam o Ayato e o Kakeru- vamo embora, antes que aquelas criaturas comam o meu fígado
Kakeru: vamos- ele pega a minha mão e me ajuda a subir pelo barranco que tem
Manu: OLHA ELAAA!! VAI EMBORA SOZINHA COM O KAKERU HMMMMMM :3
Suwa: DESSA EU NÃO SABIA KAKERU
Eu(Ay): quando a gente precisa de um buraco pra se esconde, não tem um em lugar algum
Kakeru: concordo- fomos pra casa o mais rápido possível, senão aquela cambada de loko era capaz de saí gritando pra mim e pro Kakeru
Eu(Ay): já são 19:30!
Kakeru: dá tempo de você tomar banho, se arrumar, fazer a maquiagem e arrumar o cabelo?
Eu(Ay): uma coisa que ninguém sabe sobre mim: eu sou uma ninja!!
Kakeru: kkkkkk tá bom "ninja" vai tomar seu banho
Eu(Ay): mandão 😝
Kakeru: já foi?
Eu(Ay): eu preciso de uma toalha- o Kakeru vai até o quarto dele,pega uma toalha pra mim, e me entrega, vou pro banheiro, tiro minhas roupas e as deixo jogadas no chão, tomo meu banho tranquilamente, termino meu banho, me seco e me enrolo na toalha, saio do banheiro e vou pro quarto
Kakeru: demorou uma enternidade no banho, hein?
Eu(Ay): não enche, foram só 10 minutinhos- fecho a porta e vou procurar minhas roupas- NARUSE VEM AQUI AGORA!!!- abro a porta
Kakeru: que foi?
Eu(Ay): cadê as minhas roupas?- vou pra sala e o Kakeru ficou me olhando só faltava babar- perdeu alguma coisa?
Kakeru: *cora* n-não
Eu(Ay): tá me olhando assim por que então?
Kakeru: você já se olhou no espelho desse jeito?- foi aí que eu me toquei, que a toalha tinha ficado um pouco curta pro meu corpo
Eu(Ay): *parecendo um pimentão* c-cadê minhas roupas?
Kakeru: eu guardei junto com as minhas- e....morri!
Eu(Ay): a-arigato- vou pro quarto, fecho a porta e vou pegar minhas roupas, peguei um vestido preto tomara que caia que tinha uma parte com babados brancos, meias listradas cinza com preto, minha fita preta, e meu salto-alto com um top na ponta, vesti as roupas e arrumei meu cabelo, duas chiquinhas pequenas com as mechas azul escuro que eu fiz durante o banho (as mechas das pontas sairam) e deixei o resto do cabelo solto, não fiz maquiagem, só passei um gloss incolor, saí do quarto e fui pra sala- ta-dah, estou pronta!
Kakeru: wow...que menina linda!
Eu(Ay): bah, esqueci dos meu óculos na mansão
Kakeru: pra que você queria seu óculos?
Eu(Ay): emprestar pra você- ouço alguém bater na porta e vou atender- oi oto-san
Oto-san(Dan): oi, filha você bem que podia deixar esse seu estilo né?
Eu(Ay): não...bom, eu já vou, bye bye Kakeru-kun, até mais- digo saindo e fechando a porta, saí na frente do meu pai e fui pra limousine, entrei,coloquei meu fones, escolhi a música High Way To Hell do AC/DC e coloquei o volume inteiro, meu pai entrou e nós fomos ao restaurante La Arietta, desci da limousine e retirei meus fones
Oto-san(Dan): filha eu peço que seje educada
Eu(Ay): vou tentar- é mais um daqueles jantares de negócio, entrei no restaurante com meu pai e fomos até a melhor mesa do local, nos sentamos e aguardamos os Yamashita's, quando eu tava quase dormindo eles chegam
Oto-san(Dan): filha, eu quero lhe apresentar o meu sócio Daisuke Yamashita e o seu filho Daichi Yamashita
Eu(Ay): é um prazer conhecê-los- aceno e sorrio gentilmente, logo eles se sentam à mesa o sr. Yamashita sentou ao lado do meu pai e o filho dele sentou ao meu lado, quando esse jantar indesejado vai acabar hein? Depois de muito esperar o garçon veio até nós
Garçon: boa noite, gostariam de pedir alguma coisa?
Oto-san(Dan): filha, você quer alguma coisa?
Eu(Ay): só que você fale o que é tão importante assim, pra estragar meu domingo- o garçon se retira
Oto-san(Dan): sua mãe e eu antes dela falescer, tomamos uma decisão...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, bye bye. Até o prox. Cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...