História Diabolik Lovers (Descedentes) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais
Tags Barulho, Incesto, Sadomasoquismo, Yaoi, Zueira
Exibições 17
Palavras 1.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Magia, Mecha, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii seus lindos suas Fujoshis de plantão mais um capítulo espero que gostem

Capítulo 2 - Minha adaga gilette.


Coloquei a Kitty-san na casinha e fechei. Foi uma choradeira, quando me despedi dos meu tios até o tio Ruki chorou fiquei até surpreso                        ooOo Cheguei na porta da mansão e me surpreendi como ela era grande.    *Chuva* Kitty-san correu pra porta. - Eu sou de pano sou de algodão - Teddy grita de um modo engraçado.      Pego ele é faço um balacobaco pra segura as malas. A porta era grande e tinha duas argolas na divisória da porta.   *Peguei ela é comecei a bater*  - Oi de casa! - grito. *Porta se abrindo sozinha* Fiquei assustado. Parecia até cena de filme de terror. A casa era enorme e tinha um lustre gigante e uma escada lá em cima, no meio tinha um sofá e no lado esquerdo e direito outras escadas.      Encomondados com o silêncio eu o Teddy e Kitty-san começamos a cantar. " I gonna swing Of the Chandelier Of the Chadelieeeeeeeeeee"   Fiquei trêmulo ao ver um homem em pé.   - De -de desculpa - gaguejo.     Comecei a encara-lo sem para tentava mais não consiguia para meu corpo tava paralisado e não conseguia me mecher. Seus olhos brilhavam no escuro e comecei a fica tonto cair sobre meu joelhos e então apaguei vendo minha mente escurecendo aos poucos.                       ooOo    Acordei meio sem forças tentei levantar mais cair de novo sobre a cama. Estava com uma dor de cabeça insuportável. Espera aonde eu tô.     Olhei para ele e não acreditei.  Ele jogou uma caixinha que caiu na minha cabeça. Doeu então masegei com as minhas mãos olhei pra caixinha. Suco de Framboesa Vol.50.   - Drenei muito seu sangue? desculpe não contive meus desejos, bebe! vai te fazer bem. - Algustus!!! O que tá fazendo aqui e o cadê  o Teddy e Kitty-san? - Pergunto Ele ascena com a cabeça no chão aonde tava a Kitty-san dormindo. E ascena pro Teddy ao meu lado.  - Eu moro aqui  - Eu tenho que ir embora - Tento levanta.  - Por favor esquece o passado me arrependo muito do que fiz e eu ainda te amo♡  Ele segura minhas mãos por cima e morde minha boca devagarinho.  - Não sabe o quanto senti sua falta Ele sussurra friamente mordendo minha orelha.    -  Eu te amo! Ele desboteia os botãos da minha camisa aos poucos. Deixo escapa um gemido ao senti sua mão no meu membro.    Como podia senti aquele sentimento doido por ele depois do que ele fez, não podia ficar com ele não depois do que ele fez, eu tenho nojo dele.       * Cuspo em sua cara*  - Eu tenho nojo de você eu nunca vou perdoa o que fez nunca! - grito.  Dou uma joelhada no meio de suas pernas deixando ele cair urrando de dor.  - Lucky escuta! Eu não queria fazer isso  - Mais fez - Retruco Me assusto ao ver um cara loiro com barba, na minha frente me assusto mais ainda ao ver que ele parece com meu pai.  - Olha um Neko-kun - diz ele  - E uma conversa partícula Tiler Eu encarava aquele olhos azuis será que ele é filho do meu pai?  - Neko-kun se apaixonou por mim? - Ele sussurra no meu ouvido.  - Kyaaaaaaaaaaaaaaa! Me assusto ao ver ele em cima de mim. Rapidamente dou uma outra joelhada no meio de suas pernas. Ele caiu no chão morrendo de dor.  - Nem sonhando - falei virando o rosto com timidez.  - Então faça um pedido sonha comigo Ele me manda um beijinho no ar e faz coraçãozinho com a mão.  - Não olha ele é meu - diz Algustus inrritado  - Perai? Vocês Caio da cama quando vejo um monte de homens um mais gato que o outro.  - Você é tão lindo nunca tivemos um noivo... Ele me lamber  - Gostaria de sugar até você geme  e dizer que é meu ia te chupa adoro leitinho humano. Que cara safado...  - Sua pele e tão branquinha Outro cara fala com o dedo no meu queixo.  - Queria ver como ficaria a marca de minhas mão na sua bunda.  Consigo senti o meu rosto corando.  - Ahhhh! Continua Sudou-kun ele tá tão vermelhinho.  Ele me enfia suas presas em mim. Sinto ele sugando meu sangue bem devagar era torturante nunca vi nenhum vampiro na vida sugar daquele geito. Era torturante e tão prazeroso, fiquei tonto.  - Chega Sudou Um outro cara fala colocando os a mão em seu ombro. - Você gosta de música? Elas são tão lindas, cada nota, velocidade. Quer escuta - lá comigo em meu quarto? Outro cara pergunta. Fico cada cada vez mais constrangido um cara mais lindo que o outro acho que vou vomita Arco - íris. - Quanta rigidez! Se afastem! Vão deixa - lo com falta de ar. Peço desculpa pelos modos de meu irmãos primo Lucky meu pai me falou sobre você... Ah permita - me que nos apresente? - Sim! - digo tímido. - Sou o Ritcher o filho mais velho e aquele e o Clay o segundo filho. Ritcher era loiro com os olhos bem azuis e ele usava óculos já o Clay tinha os cabelos preto e os olhos vermelhos que se confundia com o rosa, ele também vivia com os fone no ouvido. - Gosta de Rock? - Pergunta Ritcher. - Esse é o terceiro o Rayato -Quero te conhecer melhor Rayato era o garoto que pediu pro Sudou para de me sugar ele tinha o cabelo curto era ruivo e tinha os olhos vermelhos. - Quarto! Sudou - Você é meu coelhinho - ele sorrir de lado. Sudou era lindo tinha os cabelos social era branco e ele tinha os olhos castanhos e ele me encarava de um geito perverso mais que eu amava. - Esse é o último, Light! Light tinha o cabelo social era preto e tinha um chapéu cinza ele tinha os olhos verdes um olha bem perverso ao extremo. -Prazer? Só na cama meu putinho. - Eu sou Algustus  o seu dono - ele debocha. - É eu Tiler! - Somos os tios de todos vocês - os dois falam. Todos eles me encaram. - Não tem medo de nós - perguntá Sudou. - Porque eu deveria? - finjo sinico. - Porque somos vampiros - Light levanta o cenho - Grande coisa meu pai e meu tios são os fundadores Mukami e meu tio Azusa o Príncipe do Eden já vi caçadores, bruxos e lobos não  tenho medo de vocês porque afinal aqui e um Harém ao avesso! Bando de pervertidos sem costume! Emo totalmente perigoso, Nerd demoníaco e estrupado pervertido. - Ele é um Otaku Light parece surpreendido - Nunca vi um - diz o Clay. - Que medo - Disse Tiler. - Tem medo de mim? Finjo choro. - Neko-kun e brincadeira - Eu ainda tô com sede Algustus fica em cima de mim. Então todos eles também vem. Ritcher me lambia , Tiler me beijava,Sudou dava mordidas na minha coxa. - Chegaaa! - grito - Como ousar gritar Insolente? - Fala Ritcher de um modo autoritário quase gritando. *Todo mundo se afasta* - Olha bem aqui na minha cara essa é a última vez que vou falar isso! Eu não sou vampiro por completo mais corro mais rápido que vocês e tenho mais força que vocês se fazerem isso novamente eu..... *Sudou Imterrompe* - Corto o couro de vocês com a minha adaga gilete. Olho com raiva pra todo mundo e dou um sorriso ao ver eles se afastando. - Ritcher precisar ser disciplinado - Eu?? Ele me olha assustado - Sim! Com o seu próprio chicote - Bato no chão fazendo um grande barulho. - Como pegou isso? - Ele me pergunta indigando. - Como eu disse mesmo? Ahhhh! Eu sou mais rápido que todos vocês Todo mundo me olha tenso. - Você não parece com ela Clay disse baixinho. - Ela quem? - grito - NINGUÉM!!! Todos eles gritam. Dou um sorriso ao ver eles tensos. Hey Neko-kun!!! Me beija? See you...


Notas Finais


Oiii gente fiz uma nova fic fanfic irma dessa pra quem quiser ler favoritem aceito opiniões e críticas contrutivas... Desculpe quaisquer erros. Kisses com nutella ♡
Link da fanfic: https://spiritfanfics.com/historia/diabolik-lovers-motherlode-7196981


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...