História Diabolik lovers: não sei se te odeio ou se te amo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yui Komori
Tags Diabolik Lovers
Exibições 56
Palavras 856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem do primeiro ep e vamos nessa pessoas diabolikas

Capítulo 1 - Oi???


Fanfic / Fanfiction Diabolik lovers: não sei se te odeio ou se te amo - Capítulo 1 - Oi???

Isabele on

Acordei com muita preguisa de levantar mas mesmo assim me levantei, fui para o banheiro tomei um banho me vesti e fui para a cozinha.

Isabele: bom dia pai - falei me sentando numa cadeira vasia na mesa.

Pai: bom dia filha, filha eu tenho uma coisa para te falar - ele falou colocando o jornal que ele estava lendo em cima da mesa - acho que você não vai gostar muito da notisia.

Isabele: pode falar, eu não vou ficar chateada com você, ou algo do tipo - falei tentando ser compreensiva, afinal ele é o meu pai, cuidou de mim desde que nasci.

Pai: filha você vai se mudar - eu o olhei um pouco duvidosa.

Isabele: como assim pai? eu vou me mudar, mas e você? - falei um pouco triste, não quero me separar de meu pai.

Pai: haaaaaaaaaa (suspiro), filha, como eu posso lhe explicar, quando você nem tinha nascido, naverdade, você nem estava no em sua mãe, nem sabiamos que iriamos ter uma filha, sua mãe e eu acabamos.........te prometendo para um homem como noiva de sacrifisio.

Isabele: noiva de sacrifisio? o que é isso pai?

Pai: bom........você meio que vai ser uma noiva mas que pode morrer.

Isabele: e você prometeu a mim, sua filha, a eles?!!! mas......

Pai: não você, mas nossa primeira filha, e como o nosso primeiro filho foi menino tiveram que colocar outra noiva de sacrifisio em seu lugar, e agora que temos uma filha eles querem pegar você, mas eu não posso diser não, por que de qualquer jeito você vai ser levada, se eu falar sim você vai ir mas se eu falar não eu vou morrer e você vai ir de qualquer maneira.

Isabele: bom, como te amo e não quero ver você morto eu vou, não presisa se preucupar, vou por eu mesma não presisa ficar triste por mim, não quero ver você triste - falei sorrindo gentilmente para meu pai, o que fes ele dar um longo suspiro de calma, estou um pouco triste por ter que ir mas realmente não quero ver meu pai morto, e de qualquer maneira eu vou para la querendo ou não.

Pai: fico felis que va sem ficar chateada comigo, mas fico triste de ter que deichar você ir - ele falou levantando e me abraçando.

Falei um pouco mais com ele é descobri que eu iria amanhã por volta das 7:00 da manhã, fui para meu quarto peguei minha mochila e fui para a minha escola, meu ultimo dia na escola, um pouco chateada de ter que deichar todos os meus amigos, quando cheguei na escola fui para a minha sala. 

Isabele: bom dia meninas, então, tenho algo triste para falar a vocês.

Gabriela: fala, agora você deichau agente curiosa.

Fernanda: isto é verdade, fala logo Isa.

Isabele: eu vou embora amanhã, provavelmente nunca mais vamos nos ver.

Julia: SERIO?!!! nossa, agora você deichou nosso dia triste.

Isabele: hum.........de qualquer forma vamos sair hoje, para deichar nosso dia um pouco mais felis.

Todas: Boraaaaaaaa!!!!

~~~quebra de tempo~~~

Estava em uma limosine indo para tal mansão, enquanto isso vou falar um pouco sobre mim, meu nome é Isabele tenho 17 anos sou bem extrovertida e adoro faser palhasadas, adoro coisas de terror nem pergunte, quando a limosine parou desci da mesma e fui para dentro da grande e assustadora mansão, quando adentrei na mesma me deu um calafrio realmente enorme.

Isabele: oi??? - falei um pouco reseosa, estou com um pouco de medo.

Fui um pouco mais para dentro da mansão e vi uma grande porta, abri a mesma e vi 6 meninos e 1 menina, tive um pouco de medo quando olhei para um deles em espesião e tive um calafrio enorme, e bem na hora entrou uma rajada de vento que fes meu vestido levantar um pouco e eu o tampei colocando minha mão para abachar um pouco (imagem da capa) acabei corando um pouco mas logo voltei a minha cor normal.

Isabele: o-oi?? - engoli em seco, estou com um pouco de medo deles, não posso mentir.

???: que é você - um deles de cabelo preto e olhos rosa perguntou.

Isabele: eu sou Isabele Silva praser em conhece-los - falei me reverensiando em forma de respeito pelos mesmos.

???2: você é bem educada em bitch-chan - um de cabelos vermelhos com um chapeu falou se dirigindo a mim.

Isabele: poderia perguntar qual é o nome de vocês?

???: meu nome é Reiji - falou o mesmo que perguntou que éra eu - esse que te chamou de bitch-chan é o Laito.

Laito: ola bitch-chan, muito praser.

Reiji: ao lado dele é o Kanato - ele falou se dirigindo a um menino de cabelo roxo.

Kanato: ola Isa-chan, muito praser, esse é o Teddy.

Reiji: o na pontrona é o Ayato - ele falou se dirigindo ao outro ruivo. 

Ayato: ola panqueca - ele falou piscando para mim.

Reiji: o que esta dormindo é o Shu - o "que esta dormindo" estava com um fone no ouvido, me pergunto o que ele esta ouvindo - e o de cabelo branco é o Subaru.

Isabele: praser em conhece-los, ham.......qual é o nome da menina paralisada? - falei indo em diração a tal menina.

Ayato: panqueca original se apresente.

???: hum........mil desculpas, ola meu nome é Yui muito praser.








Continuedddddd 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o ep que vem com mais um de onde vem 🌹🌹🌹🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...