História DIABOLIK LOVERS- SOU ASSIM É NÃO MUDO - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias .hack//Liminality
Personagens Personagens Originais
Tags Diabolik Lovers
Visualizações 23
Palavras 380
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem desse capítulo é obrigado a você que vai ler sem mais delongas é vamos

Capítulo 4 - Povo bipolar da Porra


Cartelem 

       On :

1  cemana depois...

Gente  já  se  passou  uma  cemana  é   eu  ando  percebendo  como   os  sacamakis  são  bipolares , as  vezes  eles  passam  além  do  limite  é   eu   já  mando  toma  no  cu  , porque eu  não   sou  oobrigado  a  nada  , a  nada .Os  mais  bipolares  são  Ayato , kanato  é  Subaru  ,esses  sim  vão  além  do  limite  ultrapassado  , mas  comigo  a  coisa  é  diferente  eu  corto   o  mal  pela  raiz  faço  aquelas  coisas  leves ( traduzindo o leve  : espancando, ameaçando  , gritando, torturando ) bom    eu  converso  muito  com  eles  né kkkkkkkkkkkkkkkk

Autora : você  é  loka 

Eu :  vai  toma  no  cu  ,ninguém  te chamou  aaqui  

Autora : tá continuar  a  minha  vida   , grosseira  

Eu :  ninguém  te  perguntou , só  faz  tua  parte  é   fica  na  tua 

 Continuando  ...

Kanato :  tá  fazendo  o  que

Eu :  nada  é   você  que  o  que  aaqui

Kanato : nada  só  tava  passando mesmo ( vai  embora)

Eu :  cara  mais  estranho  do  caralho 

Voltando   a   onde  estava ...

Telefone :  trim!!!!!!!!

Eu  :  Porra  meu , não , não , parece  que  o  Satanás  tá  no  espírito  dessas  pessoas  hoje  , quando  eu  vou  fazer  ou  falar  alguma  coisa  algo  me  interrompe ( atendo  o  telefone) alo

Alice : sua  vaca  nojenta  tu  disse  que  ia  me  ligar  naquele  dia  é  não  vi mem  tua  sombra mais  

Eu : Eita é   mesmo cara  eu  esqueci  disso  completamente 

Alice : o  que  que  tu  não  esquece

Eu :  aquele  escrito   lindo  que  eu  conheci  nos  Nova York

Alice :  tu  não  falta  nada  pra  se  uma  vaca   né 

Eu : Eu  sou  assim  é  não  mudo

Alice : Mais  Ei  quem  foi  esse  escritor  

Eu :  foi  uma  aventura  inesquecível 

Alice : safadinha  né  ;-)

Eu :  querida  o  que  é  bom a gente  pega 

Alice : É  e  , é  tu  gostou  de   pegar né  ;-)

Eu :  ja  pensando  em  merda  né  Alice

Alice : com  certeza Kkkkkkkkkk

Eu : Kkkkkkkkkk  só  você  mesmo

Alice : thau  vaca

Eu :  thau  nojenta

Aí  eu  amo  essa  doida  sem  noção  , bom  continuando  ...

Ayato :  É  cartelem me  ajuda

Eu  desisto  é  impossível  , quarta  vez  que  sou  interrompida  meu  vai  cagar ,   já  tô  bolada  não  vo  fazer  mais  nada  agora , já  me  estressei  o  que  tinha  pra  me  estressar  hoje 



Notas Finais


Espero que tenham gostem desse capítulo é obrigado a você que leu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...