História Diário - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 1
Palavras 1.202
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que vcs me ouçam...

Capítulo 1 - Oi


Oi gente, prazer, eu n vou falar meu verdadeiro nome aqui por inúmeros motivos, mas me chamem de Ana.

Eu tenho 14 anos, quase 15, e vcs devem logo pensar em festas etc.. Sim, eu terei uma festa, n é da minha completa vontade mas eu até vou gostar.. -espero-

Meus pais ainda são casados, moro com a minha vó, irmã de 3 anos e a vizinha, madrinha da minha irmã e pessoa que acompanhou meu crescimento, que eu chamo de irmã mais velha, está passando uns dias aqui.

Eu tô no primeiro ano do ensino médio, faço o curso normal (pra quem não sabe oque é o curso normal, é uma escola que te profissionaliza para ser professor).

Estudo na mesma sala que a minha suposta melhor amiga, minha antiga melhor amiga, atual amiga, melhor amiga da minha melhor amiga, -é confuso, eu sei- estuda na minha antiga escola por estar um ano atrasada. E todos os dias ela vai lá na minha escola.. é incômodo, e essa história eu conto pra vcs depois.

Sou solteira, mas já namorei uma vez, e sinceramente, ele foi a segunda melhor coisa que aconteceu na minha vida. Me relacionei com quatro garotos esse ano, é meio complicado, mas dos quatro fiquei com Dois.. outra história.

Bom, continuando, eu tenho no total, três melhores amigos de total confiança, mas dos três eu falo mais com um, que é a que estuda cmg, os outros dois por pura coincidência são ex namorados dela.

Em falar em ex, não me chamem de talarica, ou a piranha que pega ex de amiga, porém, eu tenho um PÉSSIMO passado com ex peguete, namorado, ou crush de amiga. Eu a maioria das vezes que gostei ou quase fiquei com algum garoto, eles eram ex alguma coisa de amiga minha. O meu primeiro namorado era ex da minha melhor amiga, e gente, de coração eu n faço isso por mal.

Na primeira vez que isso aconteceu a minha amiga me empurrou pra ele. Eu era bv, tinha 11 anos e era totalmente inocente por ter saído recentemente de uma escola religiosa. O menino se ofereceu para tirar meu BV e em todo o desenrolo acabamos nos gostando, só que antes de eu aceitar meus sentimentos por ele e me declarar pra ele, eu conversei com a garota perguntando se ela aceitaria isso de boa, caso contrário eu n iria tentar nada com ele. Ela deu 100% de certeza que n se importaria, e ali que meu inferno começou, ele foi o primeiro garoto que eu me apaixonei de verdade, foi com ele que eu descobri oq era me apaixonar, -e pqp que garoto lindo- 

Perdi meu BV apenas no selinho -foi oq ele disse que era suficiente para perder o bv-.. Eu lembro exatamente como foi.

Eu tava sentada na mesa, com ele sentado do meu lado e três amigos dele na nossa frente, a minha esquerda tinha minha amiga desde meus 3 anos sentada e dois amigos nossos atrás dela conversando, minha mãe me ligou pra saber se o meu transporte tinha chegado pra eu ir pra casa, e eu tinha dito que não, ele se aproximou e falou "Deixa eu ver um negócio aqui" e roubou um selinho meu, eu me senti a pessoa mais feliz do mundo, nossa, mas eu era e dou ainda MUITO tímida, virei pro lado e ouvi alguns amigos dele comentando "Cara, pq cê fez isso com a grt ela tá toda vermelha" uma amiga dele que tbm era minha amiga, e o outro amigo dele "Ana acabou de beijar ciclana, fulana e beltrana" eu só ignorei.. dps eu fui pra casa MT feliz.. É engraçado eu sei, mas vms relevar, eu era uma menininha muito inocente..

Meses dps estávamos até bem, se eu troquei selinhos com ele dps? Risos.. eu demorei pelo menos uns quatro meses pra poder falar com ele direito pessoalmente, é outra história que conto com mais detalhes dos.

Então, meses dps estávamos até bem, eu lembro do dia, 26/09/14 -mal sabia eu que um ano dps ia ser pedida em namoro- (opa, dei spoiler) ele pediu pra irmos para o fundo da escola que era super escondido, pra gnt ficar, ele sabia que era meu primeiro beijo, e mano como eu tava Apaixonada por aquele garoto, eu fui, foi bem ruim, foi MUITO ruim, TDS os amigos dele sabiam que era meu primeiro beijo e eles ficaram MT em cima, tinha pelo menos uns sete amgs dele, eu tava só com duas amigas minha, engraçado que parecia que aquela ex dele n queria que ficassemos, ela saiu igual uma louca gritando no lugar que a gnt tava e mds, que vergonhaaaaaaa, tiraram ela de lá e ele pediu pra n ficarem em cima da gnt. Então estávamos sozinhos, ele pegou na minha mão, e sorriu pra mim -que sorriso maravilhoso- eu me aproximei dele, ele segurou minha cintura, me afastei e ele pegou na minha mão dnv, "cara, vc tá gelada, tá tremendo.. Fica calma, sou só eu" eu n sei o pq daquela insegurança TD perto dele, ele tinha esse poder em mim, qualquer toque dele me fazia ficar gelada e tremendo..

Como me sinto a vontade aqui, eu conto os detalhes, eu nunca contei isso pra Ngm, n desse jeito.. Nos aproximamos, e na HR que encostamos os nossos lábios TDS as sensações que eu tava tendo, se intensificaram. Eu sei que beijei horrivelmente horrível, não foi um beijo, a única coisa que fiz foi ficar com a boca fechada virando a cabeça -pode imaginar essa cena horrível, eu deixo.. Mas n me zoem- e foi ali, que acabou tudo, tentamos três vezes até um grt levantar a cabeça na sala do lado e gritar "Ih olha lá, o Gabriel (n é o nome dele) pegando a novinha" saímos dali, e foi a última vez que nos falamos cara a cara..

Cheguei em casa e nossa, mds, ele falou tantas coisas pra mim, disse q n queria mais nd pq é difícil continuar gostando de uma pessoa dps de um beijo ruim igual aquele, foi exatamente essas palavras que ele disse.. eu fiquei no fundo do poço até abril de 2015 foi quando eu superei ele "totalmente" foi quando eu conheci o meu primeiro AMOR..

Isso é uma história que eu tenho que ter bastante paciência e tempo, mas n tenho pq meu celular tá com quatro porcento KKKKK

Gente, minha vida tá um caos completo, desde estudos a família e amigos, eu aceito muito bem meu corpo, então deixo claro aqui que esse n é um dos problemas, o principal é meu jeito, as minhas atitudes etc..

Eu tenho 14 anos como disse, e MTS podem dizer que eu sou muito nova, mas eu tenho uma cabeça totalmente diferente das meninas da minha idade, eu passei por coisas nessa vida, que comparada a vidas das outras pessoas é bobeira, mas eu vi isso TD como um aprendizado, eu vi TD como uma coisa passageira. E aqui eu quero desabafar com vcs, e passar tbm a mensagem de que vcs podem SIM superar as coisas, vocês podem SIM ser mais fortes do que são. Eu não sou a pessoa mais forte e indestrutível, mas eu n sou a mais fraca..

Logo mais eu volto..



Notas Finais


Logo mais eu volto.. bj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...