História Diário Adolescente - Capítulo 22


Postado
Categorias Jared Leto, Theo James
Personagens Jared Leto, Theo James
Tags Amigas, Colegial, Drama, Festas, Incesto, Revelaçoes, Triângulo Amoroso
Exibições 42
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - Ahhhh Theo


Fanfic / Fanfiction Diário Adolescente - Capítulo 22 - Ahhhh Theo

P.O.V Zoe

Depois das brincadeiras e das zoações eu decidi ir embora para casa, ainda tava mexida com o que o Josh me disse

.....

Assim que chego em casa deito no sofá e fico pensando em um jeito de me livrar dele, afinal se eu apagasse o vídeo do celular dele ele não teria mais provas, ou teria?

Eu não sei, a única coisa que eu sei é que eu preciso tomar meus remédios, mas eu não tô muito a fim, eu nunca tô a fim...

- PHOEBE tá na hora do seu remédio - tomo o maior susto da minha vida quando o Theo aparece da cozinha com um copo e uns comprimidos

- como você entrou aqui? - coloco a mão no peito e suaviso minha respiração - e ZOE, é Zoe

- você tava tão perdida aí que nem me notou te chamando vinte vezes - revira os olhos e me entrega o copo

- tenho mesmo que beber?

- se não quiser ter uma crise amanhã é bom beber - ele insiste

- mas eu não tenho tomado e não aconteceu nada - cruzo os braços quenem criança

- Phoebe Marry Six James ou você toma por bem, ou eu te enfio guela a baixo - ele diz tão sério que me dá medo

Droga, por que ele tinha que falar meu nome completo? Ele sabe que eu odeio....

Eu nunca admiti isso antes, mas entre as poucas coisas que eu tenho medo o Theo é uma delas. Pego os comprimidos e engulo a seco mesmo. As vezes ele fica muito mandão

- e sobre ontem... Como a gente fica? - pergunto

- ué, a gente transou - a expressão dele suaviza

- só isso?

- se você quiser até mais - ele se joga ao meu lado no sofá depois de deixar o copo sobre a mesinha

Ele sabe do meu vício e sabe que eu vou querer mais mais, então nem precisa perguntar sobre isso. De repente a ideia de transar com o Theo de novo me deixa muito molhada e cheia de vontade

- que cara é essa? - ele coloca a mão na parte interna da minha coxa

- Theo... - sussurro me contorcendo - você sabe - me contorço ainda mais

- sei, e por isso prefiro que seja comigo do que com algum desses merdinhas aí - me aperta mais forte

- mas você sabe que eu não controlo - digo  sufocando um gemido

- ahhh mas depois de dar pra mim você nunca mais vai sentir tesão em outro cara - coloca a mão dentro do meu shorts

- me mostra - fecho os olhos quando ele coloca os dedos na minha "colega"

Ele nem responde e já me ataca com beijo cheio de desejo e me prensa contra o sofá. Enquanto ele introduz dois de seus dedos na minha colega ouço a porta sendo destrancada e paramos na hora o que estamos fazendo e depois corremos para o andar de cima para ninguém nos ver. Assim que entramos no quarto dele ele tranca a porta e me joga contra a parede

- você não sabe o quão tesuda fica com esse shortinho apertadinho e esse cropped marcando seus peitos - sussurra em meu ouvido me fazendo contorcer, mas ele tá me segurando, o que faz com que ele me segure firme - eu vou gozar neles e depois te botar de quatro e te fazer ir para o céu - minhas pernas amolecerem e se ele não estivesse me segurando eu já tava no chão

Ele me suspende e tira meu cropped e começa a sugar meus seios com força fazendo com que vários gemidos saíssem involuntariamente da minha boca. Enrolo minhas pernas na cintura dele e sinto seu membro duro. Eu não lembrava de ser tão grande, eu nem lembrava que ele tinha essa pegada. Roço minha "colega" no "amigo" dele que geme contra meu seio. Ele me desencosta da parede e me joga na cama com violência, onde eu saio do domínio dele e tomo o controle da situação

- você quer gozar nos meus peitos né ? - pergunto safada

- com certeza - ele me encara extasiado

- mas primeiro, quero que você goze na minha boquinha - digo com ar inocente e abro a bermuda dele, tirando a cueca e revelando aquele monstro e colocando tudo o que eu consigo na boca de uma vez e faço movimentos de sucção e com as mãos vou estimulando seus testículos, sinto seu membro crescendo cada vez mais na minha boca, de modo que nem caiba mais

- Z..oe....hummm ...  para - ele pede entre gemidos, mas eu não paro e continuo sugando com todas as minhas técnicas - para - ele puxa meu rosto para longe do seu "colega" - eu disse que ia gozar nos seus peitos

Passo a língua por meus lábios que continuam com o sabor "dele"

- você é bem mandão não é - engatinho até a boca dele ficar a centímetros da minha

- eu não gosto de mandar, eu mando - ele gira e me deixa por baixo - e você obedece - sussurra perto do meu ouvido

Ele vai descendo até meu shorts, onde tira o mesmo junto com minha calcinha e começa a sugar meu grelo

- ain Theo - puxo o cabelo dele que intensifica seus movimentos

Ele acelera os movimentos com sua língua e penetra dois dedos "nela", ele começa a tirar e por os dedos, de forma que eu acabo não aguentando e gozando em sua boca e ele lambendo tudo.

- Ahhhhh - gemi quando senti o meu apse

Assim que termina ele sobe em minha direção e eu tenho uma ideia, giro deixando ele por baixo e coloco seu membro entre meus seios, onde começo a chupa-lo e masturba-lo com os seios fazendo ele ir ao delírio. Ele enlaça meus cabelos e começa a ditar o ritmo e logo sinto que ele está vindo, começo a sugar com mais intensidade e "espremo" seu membro com mais massagens até que ele não aguenta e acaba liberando todo o seu leite em mim, mas como ele queria gozar nos meus seios engulo uma parte e deixo que o resto escorra até os mesmos

- aahhhh Zoe - ele joga a cabeça pra trás

- eu falei que você ia gozar primeiro na minha boca - chupo o restinho que tinha ficado em seu membro e ele sai de baixo de mim me deixando de bruços

- agora eu vou te levar aos céus - puxa meu quadril até eu ficar "de quatro" e enfia seu membro todo de uma vez, me fazendo soltar um grito.....


Notas Finais


Maior capítulo que já escrevi aqui, maaaaaaas okay né. Espero que tenham gostado 😛😌😂😂😂😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...