História Diário Adolescente - Capítulo 28


Postado
Categorias Jared Leto, Theo James
Personagens Jared Leto, Theo James
Tags Amigas, Colegial, Drama, Festas, Incesto, Revelaçoes, Triângulo Amoroso
Exibições 7
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Esse nome...


Fanfic / Fanfiction Diário Adolescente - Capítulo 28 - Esse nome...

P.O.V Zoe


- THEODORO JAMES SE VOCÊ NÃO LEVANTAR A PORRA DA BUNDA DESSE SOFÁ EU JURO QUE TE QUEBRO - jogo um dos meus tênis nele que pega o mesmo antes de atingi-lo


Por que ele tem que fazer isso sempre que eu tenho jogo?


- eu já disse que não saio daqui enquanto você não colocar uma roupa decente - joga o tênis de volta 


- mas esse é o meu uniforme porra - encaro o top e a saia no meu corpo - e eu tô de shorts por baixo - reviro os olhos 


Tá aí, todo mundo diz que ser líder de torcida é fácil haha, tenho que aturar isso sempre que vou para algum jogo 


- anda Theo, se não ela se atrasa - Ruby se pronuncia 


- por que você precisa que ele vá mesmo? - Chiara pergunta 


- quer saber Chia? Eu vou de moto - sorrio malignamente 


O Theo sorri cinicamente


- e onde você vai arrumar uma moto queridinha? - cruza os braços 


Se não fosse tão estúpido eu agarrava ele agora... Foco Zoe. Dou meu melhor sorriso maligno e saio porta a fora junto das meninas, elas tinham aparecido para ir comigo, já que não temos carros e o Theo ia levar a gente... Vou até a porta da frente e toco a campainha. O bom de você ser "popular" é que conhece todo mundo, pelo menos no meu caso 


- a que devo a honra de ver Zoe James na minha porta? - Charlies sorri 


- eu e minhas amigas - aponto para as meninas - queremos uma carona até o jogo, será que rola? - sorrio 


O Charlies é tipo um dos meus ex'es


_Quantos ex'es você tem?_ 


Bem, digamos que muito, ex peguete, ex namorado, ex amigo colorido e por aí vai....


- claro, sorte de vocês que eu e os meninos já tavamos saindo - ele escancara a porta e dois meninos morenos acenam 


Nessa vizinhança meio que moram muitas pessoas do meu colégio e algumas da faculdade do Theo, exemplo na casa ao lado da nossa moram a Ruby e a Chiara com mais algumas meninas, aqui na frente moram o Charlies e alguns meninos, ali do lado é a casa do Joshua e por aí vai....


Por falar em Joshua onde será que aquele mini crápula se meteu?


.....


Um... dois .... três, dou um salto e um mortal carpado, mas quando estou "caindo" as luzes se apagam e não enxergo nada, só sinto o impacto do chão com tudo no meu pé esquerdo. Caio com tudo no chão e tenho que me segurar para não chorar de tão forte que é a dor, respiro fundo uma, duas, três vezes... Calma Zoe, inspira, espira, respira, não pira. Mordo o lábio inferior com tanta força que sinto até o gosto de sangue, quando as luzes voltam vejo meu pé esquerdo virado em um ângulo esquisito e uma confusão em algum lugar do outro lado do estádio, de repente várias pessoas começam a se juntar ao meu redor e ao redor de Chiara, que também estava caída, mas ela tinha uma fratura exposta no braço que me deu até náuseas. De repente alguém afasta as pessoas com brutalidade e tenta me pegar no colo,as acaba esbarrando no meu pé, o que faz com que a dor triplique e as lágrimas comecem a rolar, a pessoa que eu não tinha reparado o rosto me leva até uma das ambulâncias de plantão fora do estádio e entra comigo na mesma, ao longo do caminho uma enfermeira me examina e fala alguma coisa com o cara que me carregou, enquanto isso eu vou tentando me acalmar 


.....


Depois de terminar de engessar meu pé o médico me entrega duas muletas e me "expulsa" da sala, já que chegaram mais alguns feridos do jogo e ainda tem o povo que vem normalmente....


Assim que saio da sala dou de cara com um garoto com cara de mais ou menos uns 22 anos me encarando 


- quer ajuda? - ele se oferece e só então me lembro que ele quem me ajudou no campo


- claro, mas qual seu nome? - ele pega minha mochila com a roupa de animadora, já que eu me troquei antes de o médico me engessar 


- Ryan, mas pode me chamar de Ry princesa - ele pisca e me guia até a porta de entrada


Ryan... Esse nome não me é estranho....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...