História Diário Adolescente - Capítulo 28


Postado
Categorias Jared Leto, Theo James
Personagens Jared Leto, Theo James
Tags Amigas, Colegial, Drama, Festas, Incesto, Revelaçoes, Triângulo Amoroso
Exibições 11
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Esse nome...


Fanfic / Fanfiction Diário Adolescente - Capítulo 28 - Esse nome...

P.O.V Zoe


- THEODORO JAMES SE VOCÊ NÃO LEVANTAR A PORRA DA BUNDA DESSE SOFÁ EU JURO QUE TE QUEBRO - jogo um dos meus tênis nele que pega o mesmo antes de atingi-lo


Por que ele tem que fazer isso sempre que eu tenho jogo?


- eu já disse que não saio daqui enquanto você não colocar uma roupa decente - joga o tênis de volta 


- mas esse é o meu uniforme porra - encaro o top e a saia no meu corpo - e eu tô de shorts por baixo - reviro os olhos 


Tá aí, todo mundo diz que ser líder de torcida é fácil haha, tenho que aturar isso sempre que vou para algum jogo 


- anda Theo, se não ela se atrasa - Ruby se pronuncia 


- por que você precisa que ele vá mesmo? - Chiara pergunta 


- quer saber Chia? Eu vou de moto - sorrio malignamente 


O Theo sorri cinicamente


- e onde você vai arrumar uma moto queridinha? - cruza os braços 


Se não fosse tão estúpido eu agarrava ele agora... Foco Zoe. Dou meu melhor sorriso maligno e saio porta a fora junto das meninas, elas tinham aparecido para ir comigo, já que não temos carros e o Theo ia levar a gente... Vou até a porta da frente e toco a campainha. O bom de você ser "popular" é que conhece todo mundo, pelo menos no meu caso 


- a que devo a honra de ver Zoe James na minha porta? - Charlies sorri 


- eu e minhas amigas - aponto para as meninas - queremos uma carona até o jogo, será que rola? - sorrio 


O Charlies é tipo um dos meus ex'es


_Quantos ex'es você tem?_ 


Bem, digamos que muito, ex peguete, ex namorado, ex amigo colorido e por aí vai....


- claro, sorte de vocês que eu e os meninos já tavamos saindo - ele escancara a porta e dois meninos morenos acenam 


Nessa vizinhança meio que moram muitas pessoas do meu colégio e algumas da faculdade do Theo, exemplo na casa ao lado da nossa moram a Ruby e a Chiara com mais algumas meninas, aqui na frente moram o Charlies e alguns meninos, ali do lado é a casa do Joshua e por aí vai....


Por falar em Joshua onde será que aquele mini crápula se meteu?


.....


Um... dois .... três, dou um salto e um mortal carpado, mas quando estou "caindo" as luzes se apagam e não enxergo nada, só sinto o impacto do chão com tudo no meu pé esquerdo. Caio com tudo no chão e tenho que me segurar para não chorar de tão forte que é a dor, respiro fundo uma, duas, três vezes... Calma Zoe, inspira, espira, respira, não pira. Mordo o lábio inferior com tanta força que sinto até o gosto de sangue, quando as luzes voltam vejo meu pé esquerdo virado em um ângulo esquisito e uma confusão em algum lugar do outro lado do estádio, de repente várias pessoas começam a se juntar ao meu redor e ao redor de Chiara, que também estava caída, mas ela tinha uma fratura exposta no braço que me deu até náuseas. De repente alguém afasta as pessoas com brutalidade e tenta me pegar no colo,as acaba esbarrando no meu pé, o que faz com que a dor triplique e as lágrimas comecem a rolar, a pessoa que eu não tinha reparado o rosto me leva até uma das ambulâncias de plantão fora do estádio e entra comigo na mesma, ao longo do caminho uma enfermeira me examina e fala alguma coisa com o cara que me carregou, enquanto isso eu vou tentando me acalmar 


.....


Depois de terminar de engessar meu pé o médico me entrega duas muletas e me "expulsa" da sala, já que chegaram mais alguns feridos do jogo e ainda tem o povo que vem normalmente....


Assim que saio da sala dou de cara com um garoto com cara de mais ou menos uns 22 anos me encarando 


- quer ajuda? - ele se oferece e só então me lembro que ele quem me ajudou no campo


- claro, mas qual seu nome? - ele pega minha mochila com a roupa de animadora, já que eu me troquei antes de o médico me engessar 


- Ryan, mas pode me chamar de Ry princesa - ele pisca e me guia até a porta de entrada


Ryan... Esse nome não me é estranho....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...