História Diario de um amor - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eliane Giardini
Tags Eliane Giardini Atores Apaixonados, Murilo Rosa
Exibições 37
Palavras 886
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Dia de compras


Fanfic / Fanfiction Diario de um amor - Capítulo 32 - Dia de compras

Narrado por Eliane 

Desci até a sala onde Laura estava deitada no sofá assistindo seu desenho.

A olhei sorrindo me aconchegando no sofá ao seu lado, Laura me olhava  e percebi que me encarava. A olhei sorrindo e ela estava seria. 

- o que foi princesa?

- a senhora é muito linda.

Olhei para ela com um sorriso encantador a verdade é  que eu estava encantada com Laura ela é muito inteligente linda.

- tia, eu quero ir embora sua casa é chata tô cansada aqui tá um tédio. 

Laura falava com uma cara de esnobe  eu me assustei com seu jeito de falar e sua sinceridade. Gargalhei com a mão no queixo e balançava a cabeça olhando para Laura que quando me ouviu gargalhar  revirou os lhos e assoprou forte mostrando seu desanimo.

- não fala assim Laura. Agente pode sair o que acha? Vamos almoçar num restaurante o que acha ? 

Ela me olhou pensativa. E sorriu mostrando os dentes com a carinha mais sinica que já vi e mais linda do mundo, beijei seu rosto.

- antes de almoçar - mos vamos primeiro comprar umas roupas pra você está bem?

 Disse me levantando e subi para pegar minha bolsa e avisar  dalva que não era preciso ela fazer almoço pois sabia que Murilo não almoçaria em casa também. 

Peguei minha bolsa e Laura se levantou pegando e minha mão ela estava apenas de pijama que havia lhe dado ontem, eu avisei dalva e sai para a sala indo em direção a porta, desci no elevadr com Laura, logo fui em direcao ao meu carro, coloquei ela no banco da frente  e fomos as compras.

- você disse QUE queria ir embora. Você quer ir pra onde Laura? 

- pra rua ! Pro galpao  passar o dia lá com meus amigos aí a noite a senhora me busca igual ontem.

- Laura. -falei enquanto dirigia.

- você quer morar comigo e com o Murilo?

- quuuero tia.

- então nunca mais me fale nesse galpao se que morar com agente vai ter que se acustumar  entendeu? Esquece esse povo por favor.

- tá tá  tá.... - Laura falou nervosa. 

Gargalhei. -Hehehe Laura você é da nadinha sabia? -Olha tem uma vida fora da rua viu? Você acha que tem a liberdade, e se diverti é ficar livre nas ruas aí você faz o que quiser mais não é bem assim não, aí fora é perigoso você não sabe o risco que corre morando lá naquele galpao.

-  o tio cuida da gente tá,? Ela falou um pouco nervosa.

-cuida? Faz me ri. Disse balançando minha cabeça.

Chegamos em uma butique infantil, estacionei meu carro e segui andando com Laura, era pertinho onde havia deixado meu carro. Mentalmente eu pedia a Deus pra nenhum paparazzi nos ter flagrado, não queria ibope naquele momento.

Entramos na butique e logo vi que as vendedoras haviam me reconhecido.

- Olá tudo bem?

Uma jovem veio em minha direção muito simpática, eu apenas sorri para ela.

- a senhora quer da uma olhadinha nas roupas? Chegou hoje novidades incríveis !. 

Ela foi me mostrando os vestido e sandálias que havia chegado.

Bom acho que levei a loja inteira  (risos).

Fiz Laura experimentar todas as roupas, ela no começo  vestia muito empolgada mais passado as horas estava muito cansadinha.

Gastei horrores com Laura, mais não me importei, ela ficou linda dimais.

Saímos da loja com Laura vestindo um vestido florido e uma sandália preta.

Coloquei as compras no banco de trás do carro, coloquei Laura na frente e entrei em seguida.

- tia eu tô com muita fome. -Laura.

Olhei em meu relógio e já era 11:30.

-Vamos agora almoçar  eu também estou com fome Laura.

Enquanto seguia para o restaurante, glória Peres me ligou.

- quanto tempo né sumida. 

- Ai Eliane  eu estou morta de saudades.

- tô vendo. Disse irônica.

- não fala assim, sabe que tenho explicação para isso. Ela falou sorrindo.

- posso ir para tua casa agora? Precisamos conversar  viu? A cleo me falou sobre você é o Murilo.

Sorri pelo nariz e disse com a voz sarcastica.

- essa novidade é pequena com a que tenho a te dizer, acho melhor você ver com seus próprio olhos. Sorri divertida.

- então estou indo para aí agora !.

- não amiga, não estou em casa, estou indo para o restaurante Lellis Trattoria  você vem almoçar com agente? 

- agente?? O Murilo  está aí?  Ela perguntou curiosa.

-não, (eu gargalhei) .

- quem é a outra pessoa. Ela perguntou confusa.

- venha ver com seus próprios olhos.


Narrado por Murilo 

Sai da casa da Eliane disposto a resolver esse problema de vez, estava numa felicidade fora do normal. Liguei para meu amigo e chará Murilo Benicío.

Ele me afirmou que a Doutora Sandra Vilela é a melhor advogada do Brasil e que me ajudaria muito nesse caso. e também me passou seu número para mim ligar pra ela. Foi o que fiz com muito custo consegui falar com ela, a mesma marcou uma consulta agora mesmo comigo estou indo lá em seu consultório. 

Estacionei meu carro em frente seu consultório, vi uma placa com seu nome bem grande e entrei no seu consultório. 

Fui em direcao a uma mesa que estava uma jovem muito simpática por sinal.

- Olá tudo bem? A Doutora Sandra marcou uma consulta comigo agora mesmo.

- sim sim Murilo rosa eu já vou avisar que você chegou.

A jovem falou como se me conhecesse a muito tempo e entrou na sala fechado a mesma.




Notas Finais


Obrigada por lê.... vocês são uns amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...