História Diário de um sequestrador e uma sequestrada - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 11
Palavras 861
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi!
Antes de começar, quero muito agradecer aos favoritos e as pessoas que comentaram.

_______Boa leitura_____________

Capítulo 2 - Sociopath


Fanfic / Fanfiction Diário de um sequestrador e uma sequestrada - Capítulo 2 - Sociopath


qualquer dia de 2016

Diario da Elizabeth


Querido Diario,

Ainda nao sei que dia é hoje. Só sei que Trevor só tem aparecido de manhã para me entregar um tabuleiro com a mesma sopa nojenta e vai-se logo embora. Nem consigo descrever o quão frustrada estou. Mas tenho a certeza que o Matt me vai encontrar e dar uma surra nesse psicopata. Mal posso esperar por correr na sua direçao e dormir naqueles braços outra vez. Sentir o seu cheiro. Ahhhhhh, Matt. 

A porta por onde Trevor entra sempre, voltou a abrir. Sinal que eu tinha de olhar para a sua cara nojenta novamente.

-Bom dia Lizzie!

-Já te disse que é Elizabeth para ti!

Este maluco dava cabo da minha cabeça quando tentava inventar-me novas alcunhas.

- Entao, preparada para começar a diversão?

-Que diversão? Em primeiro lugar pode começar por explicar porque é que eu estou aqui e o que e que pretende com isso.

Ele fez uma expressao divertida. Começou a tremer para evitar rir, mas foi impossivel. 

-Não fazes mesmo ideia, pois não sua tola? Bem, desde aquele dia a tres anos atras, a minha vida nao foi a mesma. Admito que quase cheguei á loucura a tentar criar o plano perfeito para tu sofreres. Uns meses depois deixei isso completamente de lado e segui a minha vida, mas, ver te no outro dia no shopping, com a felicidade que me roubaste no passado, despertou os sentimentos maquiavélicos que tenho andado a reprimir. Por tanto, a vez mais, a culpa disto é toda tua.

Se já o encarava com nojo, então agora pior era. Se um olhar pudesse matar, Trevor já estaria bem mais que morto.

Só aí é que eu reparei que ele trazia uma mochila atrás das costas. Qual não foi o meu espanto quando ele retirou uma tesoura de jardim dali de dentro. 

-O primeiro jogo que vamos jogar é uma espécie de verdade ou consequência. Mas as regras são obviamente, todas a meu favor. Eu vou fazer uma pergunta a qual tens de responder honestamente. Se eu desconfiar que não estas a dizer a verdade, tens menos um dedo para te preocupar. 

- Porquê que esse teu jogo sádico não me surpreende nada?- Eu não queria transparecer que estava assustada. Este miúdo é super doentiu. E eu sabia exatamente que perguntas é que ele ia fazer. Ele queria fazer-me sofrer não só fisica, como psicológicamente. Claro que se não sofresse de uma, sofria outra. Limitei-me a dar um grabde suspiro e olhar intensamente para os seus olhos numa tentativa forçada e ridicula de mostrar coragem.

- Bem, primeira pergunta.


[.......]


7 de Novembro de 2013

Diário da Elizabeth


   Passaram-se meses desde que eu e Trevor chocamos nos corredores da faculdade. Nós temos convivido bastante. Ele nem é tão mau como aparenta ser. Ele é bastante querido comigo. 

Quando não estou com ele, observo-o um bocado na escola. Ele não anda com mais ninguém, não fala com mais ninguém. Só comigo. Aparentemente sou a sua única amiga. Nós divertimos nos imenso quando estamos juntos. Vemos bastantes filmes,  mas é um bocado irritante ele não se assustar nos filmes de terror. Filmes de Terror são os seus favoritos mas assim não tem piada, ele nem da um saltinho. Já eu, fico completamente assustada, o que o faz rir até a exaustão. Ele tem um riso daqueles que dá vontade de rir.

Quando estou com o Matt, o Trevor volta a ficar distante e não quer estar connosco. Isso incomoda-me um bocado, tendo em conta que eu sou a única amiga dele, e o deixo completamente só para estar com outra pessoa. Ele parece não se importar, mas lá no fundo, eu sei que ele se importa um bocadinho de me ver com outra pessoa que não ele.

Chocar com o Trevor foi a melhor coisa que me aconteceu. Acho que um vazio que nunca foi preenchido finalmente se preencheu. Espero que ele também se sinta feliz por estar comigo. 


7 de Novembro de 2013

Diário do Trevor


 Querido Diário,

Estou bastante orgulhoso de mim mesmo. Estou a conviver com uma rapariga. Não que eu tenha sentimentos, que nojo. Mas acho que de nos verem a passar tempo juntos, as pessoas já não tem tanto medo de mim. Claro que ainda não falam comigo, mas sinceramente, não quero saber.

Já estive quase para contar o meu grande segredo a Liz, mas, tenho medo da sua reação. Inocente como ela é, nunca me vai entender. E depois com quem é que desabafo? ( Sem ofensa Diário).

Acho que prefiro continuar apenas a falar contigo sobre aquele assunto. A Elizabeth é demasiado "mulherzinha" para engolir aquele segredo. As pessoas têm limites. Ainda assim, sinto-me tão ridículo por estar a conviver. Baixei de nível. Pessoas como eu não falam com ninguém. Só o facto de estar a escrever um Diário é estranho porque tenta despertar os sentimentos que nao existem em mim. Sim. Isso mesmo. Eu não tenho sentimentos. Alias, até é melhor assim. Não me apaixono e me transformo em um completo otário, não sinto culpa por nada, não fico triste, nada. O meu coração está vazio. E sou feliz assim. 

Gostar de ti mesmo é mais importante que os outros gostarem de ti. E eu gosto de mim.


















Notas Finais


Oi outra vez!
Gostaram? Comentem o que estão a achar!
=3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...