História Diario de Um Shinigami - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach, Dakara Boku wa, Ecchi ga Dekinai, Death Note, Soul Eater
Tags Bleach, Death Note, Soul Eater
Visualizações 14
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Escolar, Luta, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ha, como eu curto essas series sobre shinigamis. Por isso eu escrevo essa historia, é minha imaginação sendo exposta. Espero que gostem. Apreveitem a leitura.

Capítulo 3 - O Passado e o primeiro treinamento


A 50 anos atras. Devido a um comflito entre os anjos, demonios e shinigamis. Toda a população de homens de cada raça foi convocada para o combate. Essa guerra durou 10 anos. Muitos morreram lutando. No nosso clã, apenas eu e mais tres homens sobreviveram.

-Nossa. É por isso que vocês estão fazendo casamentos arranjados entre os novatos. Mas o que causou essa guerra exatamente?

-Houve um desentendimento entre os anjos e demonios. O mestre de um se desentendeu com o outro.

-E por que vocês foram incluindos nessa guerra?

-A luta veio ate nós. Apenas tentamos nos defender de uma luta que não era nossa.

-Caramba...Espera. quer dizer que você tem mais de 50 anos?

-Nem me lembre disso por favor!

Eu decidi levantar de novo, e então disse.

-E o treinamento. Não foi pra isso que eu vim aqui?

Ele se levantou e estendendo a mão disse.

-Ja quer começar. Então vamos.

Eu apertei a mão dele, o problema é que ele a segurou com muita força, quando soltou ja estava muito dormente.

-Auuuu.

-Mas e ai. Cade a sua arma. Vamos me mostre por favor.

-Como?

- Você não sabe. É só fazer o mesmo que você fez quando a conseguiu. É mamão com açucar.

Fechei os olhos e pensei na minha arma, quando os abri, a vi em minha mão.

- É tão facil assim. Nossa.

Hayate começou a olha minha arma com mais atenção. E do nada uma igualzinha a minha apareceu na mão dele, ate que ele disse.

- Uma lança. Eu achei que seria uma espada.

- Por aue você achou isso?

- Por causa do seu nivel de energia. Niveis como aquele geralmente projetam armas iguais. Isso é estranho.

Hayate colocou a sua lança a frente de seu rosto e começou a dizer.

- Deixando isso de lado. Escute com atenção. O trabalho de um shinigami é trazer as almas das pessoas que ja faleceram para o nucleo dos tres reinos. Onde ela sera julgada e encaminhada para o reino dos anjos ou dos demonios...

-Essa parte eu ja sei como funciona. Ta nos livros sabia?

-Hun hun. Continuando. A forma como nós fazemos isso é procurando essas almas e as marcando com o cabo da propia arma...

-Bleach.

-Outra parte de nosso trabalho é exterminando criaturas dos dois mundos. Esses bixos vivem saindo dos dois lados por que não ha uma barreira.

- Quer dizer que vocês matam anjos tambem.

- Não existem só anjos no mundo deles. Tem um monte de criaturas la que são bem perigosas.

- Por que eles vão pro mundo dos humanos?

- Eles se alimentam de energia. E os seres humanos geram essa energia. Simples assim.

 Do nada ele começou a flutuar, ou quase isso, ate que ele disse.

-Bem. Terminada a puxação de sacó, vamos para minha parte favorita. O treinamento!

Eu coloquei minha lança atraz do meu corpo e disse.

- Nossa. Eu vou aprender a voar assim. Legal.

Ele deu um sorriso. E depois de quatro horas, que mais se pareciam dias, meu treinamento acabou do primeiro dia acabou. Ja estava tão cansado que quase não conseguia me mover. Em um certo momento e bastante ofegante eu disse.

- Nossa. Porque não me avisou que...Que era tão forçado assim?

Ele acabava de guardar a lança e disse.

-Você não perguntou. Bora, vamo comer, eu to faminto.-Ele me olhou diretamente- Kazuto, quer que eu te leve nos braços. Parece que você não vai se levantar mais.

Eu olhei pro chão dei um sorriso e disse estendendo a mão.

-Não precisa...Eu consigo.

Tentei me levantar com a ajuda dele, mais quando fiquei de pé, quase que eu despenco se não fosse pelo Hayate.

-Pensando bem. Eu aceito sua ajuda.

Me colocando em seu ombro. Hayate começou a andar em direção a uma porta. Nós estavamos em uma especieme de galpão bem grande.

-Eu nem tinha percebido. Esse lugar é enorme.

Hayate parou de andar e disse.

-Hun. Esse é só o lugar de treinamento. A minha casa ainda é maior. Se segura Kazuto. Eu vou dar uma corridinha ate la.

-Ta bem. Mais é tão longe assimmmmmmmm...

Ele começou a correr em uma velocidade absurda.

Depois de dois minutos correndo, finalmente chegamos na casa dele. Haviam quatro garotas varrendo a frente dela. Uma morena, duas loiras e uma de cabelos pretos. Hayate gritou enquanto continuava a andar.

-Norima, Mara, Emilia, Lidia. ME AJUDEM AQUI POR FAVOR.

Quando escutam isso, todas as quatro vem correndo em nossa direção dizendo.

-PAPAI. Ja voltou.

A morena disse.

-Quem é esse ai?

Ele me pos no chão e disse.

-Esse é Kazuto Kagami. O novo membro da nossa familia!

Ao mesmo tempo, todas as quatro disseram.

-O QUE. COM QUEM ELE VAI CASAR?

-É segredo. Depois eu falo quem é. Mas então, cade as mães de vocês. Elas ja chegaram.

-JA.

Uma delas, que era loira, me olhou diretamente e disse.

-Eu ja tenho um par sabia.

Minha reposta.

-E eu perguntei.

A outra loira disse se ajoelhando.

-Vocês dois estão com fome. Nós preparamos bastante coisa. Vamos la papai.

Ele começou a esfregar as mãos dizendo.

-Simbora.

  CONTINUA...


Notas Finais


Eu vou tentar postar todo sabado. Mas esse saiu adiantado, porque...Bem, por que eu quiz né. Haha. Valeu gente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...