História Diário De Um Unicórnio Das Trevas - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXID, EXO, Fingertips, GD & TOP, G-Dragon, Girls' Generation, Got7, Halsey, History, IKON, Inês Brasil, Jay Park, K.A.R.D, Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Army, Comedia, Desabafo, Diário, Exo, Kpop, Kpopper, Originais, Real, Yaoi, Yuri
Visualizações 31
Palavras 367
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Harem, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 40 - O dia em que a empregada decidiu vir


Fanfic / Fanfiction Diário De Um Unicórnio Das Trevas - Capítulo 40 - O dia em que a empregada decidiu vir

Hj é sete de agosto de 2017, segunda feira.


Passei a noite em claro de novo, eu e a minha amiga lá da pqp decidimos ligar uma para a outra e oassar a boite conversando, mas isso não deu certo porque ela dormiu de repente e me deixou ouvimdo só os roncos. Eu decidi que não dormiria de dia pra de noite conseguir dormir, mas eu fui me espreguiçar e acabei dormindo; isso foi por volta das sete e mei. 

Ps; acordei agora 16:35

Eu não durmo de noite faz um tempo e eu me sinto totalmente quebrada.

Ah...

Esqueci de contar que as seis horas mais ou menos, eu fui puxar uma blusa no guarda roupa e a base que estava na beirada caiu e quebrou; pq era de vidro.

Tudo que eu consegui pensar foi; "puta que me pariu, eu amava essa base." "Essa merda foi cara." "Preciso fazer algo pra arrecadar dinheiro para comprar uma nova." 

Depois a ficha caiu

"MANO, SUJOU O CHÃO E A EMPREGADA TA VINDO"

"PQP"

Imagina o desespero da criança, eu olhei de um lado pro outro, e em ação de uma pessoa madura o suficiente; joguei água da minha garrafinha no chão.

Depois eu fui nas minhas gavetas e peguei meus cadernis velhos e arranquei as páginas pra usar como pano.

Depois de muito tempo "funcionou", mas a minha base continua quebrada, por favor eu preciso de uma base, façam caridade.

Enfim, agora eu descobri que ela estava aqui oara uma entrevista.

Impressionante; eu não tomei café e nem almocei, e não tô com fome.

Enquanto eu limpava o chão eu pensa "porra velho, tem alguma maldição contra mim? Eu fiz alguma coisa de errado? Eu só faço cagada e as pessoas olham para mim me achando retardada. Pior q quem me conhece sabe que não tem um ser humano que faça mais merda q eu"

Outro dia eu estava comendo pizza, o ketchup não edtava saindo então eu o coloque de cabeça para baixo em frente a pizza.

De reoente, do nada o ketchup saiu, só que ele não desceu reto, ah não. Ele decidiu desviar de seu caminho e deixar a cadeira de pano deliciosa.

Eu juro que mirei na pizza.

Tenho azar.

Azar na vida.

Azar na sorte.

Azar no azar.

Não sigam meu exemplo, sério.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...