História Diário de uma intercambista! (Imagine Min Yoongi/Suga) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Sugas/n, Vhope
Exibições 156
Palavras 1.776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaa meu povo, a quanto tempo ne? Espero que vcs estejam bem.
Espero que gostem do cap e me perdoem pela demora para atualizar, ignorem os erros e boa leitura ❤❤

Capítulo 5 - Primeiro dia de aula


Fanfic / Fanfiction Diário de uma intercambista! (Imagine Min Yoongi/Suga) - Capítulo 5 - Primeiro dia de aula

Acordei cinco minutos antes do despertador toca, hoje será o meu primeiro dia de aula na faculdade. Levantei da cama e me dirigir ao banheiro indo toma o meu lindo banho.

  Quando eu sair do banheiro vesti uma calsa jeans de cintura alta e uma blusa branca com mangas rendadas. Depois de pronta sentia meu estômago revirar de nervosismo, desci a escada e fui direto para a cozinha la vendo Yang que a comprimentei com um baixo bom dia. Ela sorriu e me devolveu o meu baixo bom dia com um animado, e junto várias perguntas.

  — Ansiosa? Deve está ne? Você está muito bonita. Vai querer algo? Espero que faça um monte de amiguinhas. Só não arranje um namorado se não o Yoongi vai ficar com ciúmes, e... -Senti minhas bochechas corarem  com a parte de Yoongi sentir ciúmes de mim. Na verdade seria um sonho se isso acontecesse. Yoongi, acho que eu estou começando a ver ele com outros olhos. Estou começando a sentir algo a mais por ele e isso não pode acontecer.

  —Yang poderia me fazer torradas? -Ela me olhou animada.

  —Claro querida.

  Ela se virou e caminhou até a geladeira e pegou alguma coisa que não me encomedei em saber. Eu estou simplesmente preocupada com o que possa acontecer se eu vinher mesmo a me apaixonar pelo Yoongi, seria só por ele ser o meu ídolo ou por a personalidade sarcástica, divertida e fofa dele que me conquistou? Eu ainda não sei.

  —Querida você está bem? - Acenti

  —Só estou um pouco ansiosa, e o Yoongi?

  —Ele não poderá vim por um mês, ele estará muito ocupado com o lançamento do novo CD deles. -Acenti um pouco decepcionada, eu queria velo.

  Depois que eu comi subi para o meu quarto para escovar meus dentes e passar uma leve maquiagem pegando minha bolsa e descendo rapidamente.

  Me encontrei com Yang que me esperava na sala. Assim que me viu me deu um aceno de cabeça e seguiu até a porta. A segui saindo logo depois dela.

  A escola ficava a 15 minutos então não demorou muito para que chegássemos, ela me mostrou a onde eu deveria pegar ônibus pra ir e vim quando ela não pudesse me levar ou pegar.

  Quando chegamos eu podia sentir todo o meu corpo tremer de tão nervosa eu estava, virei para yang que me lançou um sorriso de encorajamento. Olhei para fora vendo milhares de estudantes que passava de um lado para o outro no enorme campus da faculdade.

  —S/N querida, não se preocupe. Vem cá. -Tirei meu cinto e me aproximei recebendo um abraço e um beijo na cabeça. Pra falar a verdade eu já a considerava como um segunda mãe para mim, ela era como uma melhor amiga que eu não podia pedir melhor.

  —Acho que já esta na hora de eu entrar. -Ela me soltou e eu saí do carro a agradecendo e ela me mandou um beijo e me desejou uma boa aula e eu fiz o mesmo.

  Quando o carro de Yang já havia partido, segui para dentro do campus a procura da diretoria. Enquanto eu procurava um louco passou correndo e esbarrou em mim o que causou uma queda nada legal. Juro que eu o xinguei de tudo que é nome em português.

  —Meu deus, você está bem? -Vi uma mão ser estirada para mim e eu apeguei sem almenos ver o rosto da pessoa. Quando finalmente eu o olhei era um homem muito bonito. Ele possuía olhos azuis e seus traços pareciam um pouco ocidental.

  —Obrigado -Agradeci ainda o olhando. Ele era bem mais alto que eu.

  —Você não é daqui ne?

  —Não, sou brasileira. -Ele almentou o sorriso. —Meu nome é S/N.

  —Chul, prazer em te conhecer S/N -Estendeu a mão para que eu apertasse. 

  —Você saberia me dizer a onde fica a diretoria? -Ele afirmou.

  —Sim, eu estava indo agora mesmo para lá. -Entao o segui.

  Enquanto íamos para a diretoria conversamos sobre coisas aleatórias, tipo quantos anos tínhamos e falamos sobre o pai dele ser francês e sua mãe coreana.

  Quando finalmente chegamos na diretoria o direto me olhou com cara feia assim que disse quem eu era e da onde eu era, acho que o preconceito com os brasileiros na Coréia era verdade. De qualquer forma não liguei para a sua cara apenas peguei meus horários e segui para fora da sala com Chul, que descobri também fazer medicina veterinária.

  Seguimos para a sala sobre várias coisas, ele é bastante simpático. Quando chegamos na sala tive vontade de entregar a cara do professor no piso por ter me mandado se apresentar, mas como eu sou um amor de pessoa fiz o que ele mandou e segui para a cadeira indicada e ao me lado se sentou Chul.

  As aulas se passaram entediantes e eu dei graças a deus quando tocou para o almoço. Segui com Chul que era uma boa pessoa, fico feliz que eu tenha conseguido pelo menos um amigo no primeiro dia de aula.

  Quando chegamos ao restaurante que ficava dentro do campus sentamos em uma mesa enquanto pedimos nossa comida. Agora eu só escutava ele falar.

   Assim que o almoço acabou seguimos para a aula de biologia, mas nos separamos e eu fui ao banheiro enquanto ele seguiu para a sala de aula. Ao chegar no banheiro fui direto para o espelho e percebi que havia duas meninas da minha sala que me olharam e começaram a rir. Tive vontade de manda las tomar no cu, mas fiquei quieta, fiz o que eu tinha que fazer e sai do banheiro com elas ainda rindo de mim.

   As últimas três aulas se passaram com as duas meninas ainda rindo da minha cara. Elas concertesa queriam praticar bullying comigo algo que nunca irei deixar acontecer.

  Quando o toque que anunciava o fim das aulas foi ouvido elas se levantaram das cadeiras me encarando com cara de nojo eu simplesmente levantei minhas duas mãos e as amostrei o dedo do meio de cada um falando um vão se fuder mudo. Eu e Chul que também havia percebido o que eu havia feito, riu comigo da cara das meninas que ficaram meio assustas e saíram as pressas. Aqui é Brasil porra, pensava que eu ia ficar com medo de cara feia.

  —O que foi isso? -Me perguntou ainda tentando segurar o riso. Pelo meu ato inesperado de dar o dedo para as duas meninas.

  —Des do intervalo elas estavam rindo da minha cara. E quando passaram para sair fizeram uma cara de nojo. Então simplesmente mandei elas se fuderem! -Ele me olhou abismado e começou a rir novamente enquanto me seguia.

  —Eu não esperava que você fosse assim, isso foi bem inesperado. -Falou mais calmo. —E bom saber que você não é daquelas meninas frescas. -Sorri.

  —Nunca fui fresca de qualquer jeito até amanhã, a minha host já está me esperando, bye bye. -Falei enquanto segui para o carro de Yang que já me esperava com um sorriso malicioso no rosto.

  Como já esperado assim que eu entrei no carro ela me encheu de perguntas sobre o meu primeiro dia na faculdade e sobre o rapaz que me acompanhava. Eu a respondi com calma durante todo o caminho.

  Quando eu cheguei em casa eu simplesmente desabei sobre o sofá e comecei a assistir um filme qualquer que passava na TV.

  Depois de um tempo o filme terminou e yang veio com uma bacia enorme de pipoca e refrigerante, ela alegava que passaria uma maratona do filme Harry Potter que ficamos assistindo assim que começou.

   Já devia passar das 21h e eu e Yang já estávamos em um modo vegetativo na sala enquanto assistimos o penúltimo filme da saga Harry Potter, escutamos a campainha tocar e eu me levantei para ir atender a porta me surpreendi quando vi que era Yoongi ali.

  —Eu pensava que passaria um bom tempo sem vim aqui! -Falei o dando passagem para entrar. Ele sorriu.

  —Eu só vim dar uma passagem rápida. -Ele seguiu para a sala.

  —Você vai querer algo para comer? -Ele negou e foi até a sua mãe.

  —Yoongi!! Você não avisou que viria. -Ela se levantou e a abraçou.

  Eu os deixei um momento sozinhos e subi para o meu quarto levando minha bolsa que eu havia deixado na sala até aquele momento.

  —S/N desce aqui, tenho algo para te dá. -Gritei um já vou de volta e sair do quarto vendo Yoongi me esperando no final da escada com uma mão para trás e um sorriso no rosto.

  —Cuidado, você vai acabar caindo se descer correndo assim. —Falou enquanto eu descia a escada de dois em dois.

—Eu não irei cair, relaxa. -Assim que feixei minha boca senti meu pé se engancha um no outro fazendo meu coração acelerar por imaginar a futura queda bem feia que eu levaria.

  Feixei meus olhos a espera que eu alcançasse o chão, mas tudo que eu senti foi uma superfície fofinha, braços me a rodeando e lábios macios junto aos meus que soltaram um leve gemido de dor quando suas costas se encontraram ao chão.

  Nesse exato momento eu estava caída em cima de min Yoongi e seus lábios estavam juntos aos meus. Senti todo o meu rosto esquentar assim que percebi em que situação nos encontrávamos, levantei rapidamente mas cai novamente para o lado e ele se levantou rindo da minha segunda queda e reclamando de dor.

  —Yoongi você está bem? -Ele me olhou sem graça e confirmou. Eu abaixei a cabeça, a minha vergonha era grande demais no momento.

  —Toma, eu te trouxe de presente. É o nosso novo álbum autografando por todos os membros. -O Olhei maravilhada com o objeto que ele me entregava com um rosto um pouco vermelho.

  —Obrigado Yoongi! -Peguei o cd e o agradeci. Ele me lançou um sorriso.

  —Iremos fazer uma transmissão as 23h assista se quiser. -Acenti e o segui até a porta. —Eu já estou indo até a próxima S/N. -Ele ne deu um abraço apertado que acabou por me assustar um pouco, mas o correspondi com um sorriso no rosto e meu coração batendo rapidamente.

  —Tchau Yoongi.

  —Até a próxima monamu! -E assim ele entrou no carro e partiu. E ali eu soube que não haveria mas escapatória para o que eu sentia por min Yoongi.


Notas Finais


Esse foi o cap, até o próximo meu povo é me digam oq estão achando. Bye bye ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...