História Diário de uma intercambista! (Imagine Min Yoongi/Suga) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Sugas/n, Vhope
Exibições 93
Palavras 1.137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie Gente, eu sei que eu demorei mas cheguei espero que gostem do cap


Boa Leitura❤❤

Capítulo 8 - A casa de praia


Fanfic / Fanfiction Diário de uma intercambista! (Imagine Min Yoongi/Suga) - Capítulo 8 - A casa de praia

Já é 5h da manhã e eu nem estou nervosa. Só tô tendo uma mini convulsão aqui de tanto que eu estou tremendo.

—S/N a gente tem que ir então desce ligo criatura. – Escutei o Yoongi gritar lá de baixo. Meu deus e agora? Se acalme S/N, se acalme, você só vai ficar um final de semana inteiro com o Yoongi. EU VOU PASSAR O FINAL DE SEMANA INTEIRA COM UM K-IDOLO QUE VIROU O MEU AMIGO E QUE ACABEI ME APAIXONANDO POR ELE. Porra. —Desce logo S/N ou eu vou te deixar aí e vou embora.

Não foi preciso ele me chamar uma terceira vez porque eu desci de escada afora com uma mochila em minhas costas quase caindo da escada novamente. Cheguei aos tropeços na sala e Yoongi logo direcionou seu olhar para mim.

—Você demorou demais, eu já ia embora sem você

—Você nunca teria coragem de me deixar aqui! – Falei um pouco metida enquanto alternava meu olhar entre seus olhos e boca – boca que eu queria morde em todo caso – Ele não negou e nem confirmou. Ele me ignorou. Que nojento.

—Já pegou tudo que precisa pra o final de semana? – Ele me encarava intensamente. —Colocou biquíni?

—Biquíni? Pra que biquíni? A gente vai pra uma praia? – Ele revirou os olhos e confirmou. —Pera que eu vou pegar o meu biquíni.

Derrubei a minha mochila no chão e subi os degraus de 2 em 2 logo entrando em meu quarto e pegando o único biquíni que eu havia trago do Brasil. É, vou ter que me virar com esse mesmo. Sai de meu quarto e desci novamente a escada encontrando Yoongi já saindo de casa.

—Yoongi seu viado, me espera ai. – Peguei minha mochila do chão e corri para a porta escutando uma curta gargalhada do Suga. Depois que aparecer morto vão dizer que era um bom homem.

Sai de casa vendo Yoongi entrar dentro de seu carro e me olhar com um sorriso, me aproximei do carro com uma falsa raiva e entrei sentando no banco dos passageiros.

—Você ficou com raiva? – Eu apenas o amostrei o dedo do meio e ele soltou uma leve gargalhada. —Parece que não.

Yoongi partiu com o carro pra deus sabe a onde enquanto eu ficava alternando de olhar para fora da janela onde o Sol ia aparecendo sobre as casas e olhar para o rosto calmo de Yoongi, que naquele estante parecia um anjo – Só parecia mesmo, porque esse aí é o filho do capeta usando fantasia pra enganar geral. Como diabos eu me apaixonei por isso? Tudo bem que ele é lindo, maravilhoso, sabe ser bastante fofo quando quer e é super legal comigo mas ele é tão sarcástico as vezes que dá vontade de matar. – Podemos dizer que eu tomei um susto quando percebi que ele também me encarava no carro.

—O que você tanto pensa? – Em como você é um gostoso que vai ser estuprado por mim.

—Nada demais. – Levantou a sobrancelha e continuou a me encarar com grande descrença mas deu de ombros quando o sinal abriu. —Pra onde estamos indo?

—Surpresa... – Ele realmente não vai contar.

—Me conta aí tio, pra onde você tá me levando. – Ele fez uma careta, a careta mais linda que já vi.

—Tio? Eu não sou tão velho assim. – Eu tive que rir com isso.

—Você é só o tiozinho dos raps. – Ele me amostrou a língua. Se eu pego essa língua faço loucuras com ela. Meu Deus eu tenho que parar com isso.

—Você sabe cantar rap?

—Eu consigo cantar alguns raps brasileiros, não consigo cantar em coreanos eu me confundo por completa. – Brotou um sorriso em sua boca.

—Cante algum rap do seu país. – Sabia que daria merda, nunca irei cantar nessa vida.

—Nunca nessa vida. Você nunca me virar cantar. – O sorrisinho dele aumento.

—Creio eu já ter escutado você cantar O need U no seu quarto. – Eu nem lembrava mas daquilo.

—Apaga isso da sua memória agora. – Ele apenas gargalhou mais alto. E foi a gargalhada mais fofa que eu já vi na vida.

—Chegamos. – O olhei e ele apontou para frente, seguir a direção de seu dedo dando de cara com a praia a nossa frente.

—A gente vai ficar na praia? – Ele estacionava o carro. Confirmou.

—Iremos para uma casa de praia que eu tenho bem ali. – Apontou enquanto já saia do carro. Eu também sai.

Eu o segui em silêncio pelo o caminho. Pude reparar no seu perfeito andado e como seus cabelos agora pretos balançavam quando o. Então forte passava, sua pele branca que se queimaria rapidamente se não usasse um protetor solar.

—No que está pensando? – Me assustei um pouco quando do nada ele se pronunciou e logo percebi que tínhamos chegado na casa de praia que era enorme e muito bonita na frente.

—Em nada, a não ser como é bom vim para a praia depois de tanto tempo.

O sorriso em seu rosto aumentou e eu me deixei ser puxada por suas mãos para dentro da enorme casa. Enquanto adentrava a casa, havia um pequeno jardim bem cuidado e uma grande piscina ao lado. Entramos na casa e eu me sentei na sala enquanto Yoongi levou nossas bolsas para os quartos.

Nossa, como eu estou nervosa, nunca pensei que ficaria dentro de uma casa de praia com o meu crush kk-ídol. Se alguém me contasse que eu conheceria o meu Bias e viraríamos amigos a alguns meses atrás diria que era só um sonho que nunca iria se realizar.

—Ooh! Então você que é a S/N. – Eu pulei do sofá quando escutei uma voz levemente familiar e que não era do Suga. Olhei para o lado para avistar seis garotos que eu conhecia rosto muito bem. —Tudo bem com você moça?

—Vo..vo.. vocês... – Ouvir os passos do Yoongi descendo a escada e automaticamente olhei para ele.

—S/N as suas... – A cara de pasmo do Yoongi devia ser a mesma da minha é eu dirigir novamente o olhar para os 6 garotos em minha frente com mochilas nas costas. —O que diabos vocês fazem aqui?

—Que maldade Yoongi, você nem nos chamou para vim também então tivemos que vim de penetra. – Eu só posso está sonhando —E moça, Você deve já me conhece eu sou o V e o resto é Rap Mon, Jin, J-Hope, JungKook e Jimin somos os companheiros de grupo do açúcar das trevas.

A minha boca estava completamente aberta e nesse momento eu só tentava formular tudo ali. V se aproximou de mim e pegou em minha mão.

—Não precisa ficar tão nervosa – Deu um sorriso que eu poderia ter engravidado só com aquilo. —Me chame de Tae e vamos ser ótimos amigos.

Nesse momento meu coração bater rapidamente e eu juro que já posso morrer, porque pelo menos morro feliz.


Notas Finais


Eu sei que o cap ficou extremamente pequeno mais prometo que até domingo postarei outro pra vcs.
Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...