História Diário de uma odiadora de coisas - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~Mujisak_Moon

Postado
Categorias Originais
Tags Animes, Colegial, Máfia, Originais, Zoeira Sem Limites
Visualizações 23
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá seres humanos

Moon - Oi pessoinhas ^-^

GENTE ! Adivinhem o que eu ganhei ! UM ULTRA MEGA GASTER BLASTER MASTER NOTEBOOK !

Moon - poha tudo isso '-'

SIM ! Bom vai demorar um cadin pra eu me acostumar a escrever sem o corretor automático e com o fato de eu não saber direito em que teclas ficam todos os sinais de pontuação mas já já eu me acostumo com sapoha : )

Moon - vocês tinham que ver essa anta tentando por acento nas letras segurando as teclas e fazendo um monte de "aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa" e tentando clicar nas coisas com o dedo na tela do notebook kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk !!!!!!!!!!!!!

Poha Moon para de contar meus podres pros outros ! eu hein ;-;

Moon - foi mal não resisti ;w;

BORA PRO CAP

Capítulo 8 - Meu passado odiado


P.O.V Diane

09:30 AM

FINALMENTE É HORA DO RECREIO NESSA JOSSA ! Eu não aguentava mais aquela bruxa falando da anatomia do corpo humano, mais precisamente na parte do "sistema reprodutor". MEU DEUS QUE COISAS HORRÍVEIS ! Ta bom eu leio hentai ? sim. MAS NÃO DEIXA DE SER NOJENTO ! Nas fics você só lê mas nos livros de ciências tem imagens e é um nojo ;-;. Eu tava de boas andando na minha pra comprar meu lanche, quando Carlos e Sami passaram correndo e me agarraram pela gola da camisa e me levaram para um corredor vazio. Eles pareciam apreensivos.

Diane - Poha qual é a do sequestro relâmpago ?

Sami e Carlos - OS VALENTÕES ESTÃO FAZENDO UMA REBELIÃO ! - falaram juntos.

Diane - What ? Esse pessoal precisa apanhar duas vezes pra entender que é que manda aqui ?

Sami - W.D você não ta entendendo ! Tem um cara novato no meio deles e parece que ele é duro na queda e muito orgulhoso quando se trata de brigas ! Ele derrotou todos os valentões em menos de 15 minutos !

Diane - O QUE ! QUEM ESSE SUJEITO PENSA QUE É ?! SÓ EU POSSO BATER NAQUELES CARAS E EU ODEIO QUANDO FAZEM ALGO QUE SÓ EU POSSO FAZER !

Sami - Se acalma ! *suspiro* ele ta rodando a escola INTEIRINHA atrás de você perguntando pra qualquer alma viva que esteja nos corredores se viu você hoje. 

Diane - E com ele é ? - resmungo com desgosto e raiva estampados na cara enquanto me encostava na parede.

Carlos - Ele tem cabelo marrom, pele parda e um olho verde e o outro vermelho. É bem fácil achar um cara desses. Ele meio que se "destaca".

Diane - Hump vai se destacar ainda mais depois que eu arrancar esse olhos coloridos.- disse batendo meus punhos um no outro -  E como ele tava vestido ? - *mas Diane ele deve ta com um uniforme da escola então por que perguntar?* simples meu caro leitor ! Ele pode estar SIM de uniforme mas com Sami disse "um novato" então ele deve estar apenas visitando a escola e pra isso não precisa-se de usar uniforme. Man eu to muito inteligente hoje B ).

Carlos - Ele tava com uma jaqueta de couro, uma camisa com o desenho de um dragão estilo Shei Long (Akhemi - não gosto de Dragon Ball nem a Moon então não sabemos escrever o nome dessa coisa), uma bermuda preta e um tênis All Star verde.

Diane - Ok...

Ei ! Eu já contei o motivo do meu apelido ser "demônio branco" ? Acho que não...

Flashback ON

~quebra do tempo~

15 anos atrás

Eu estava no meu quarto cuidando dos meus novos irmãos, mesmo não sabendo como fazer isso, eu estava tentando ajudar minha mãe com os gêmeos recém-nascidos que choravam sem parar. Minha mãe estava no hospital se recuperando da cirurgia de risco que tivera com meu pai e eu estava na casa da minha tia Mizumi. Eu estava tentando (TENTANDO) fazer Don calar a boca para não acordar Carlos que havia acabado de pegar no sono, quando Mizumi entra no quarto aos prantos com a mão sobre a boca para não fazer barulho.

Diana - O que acuntecel tia MIzimu ? - eu era bem pequena e não sabia falar direito ainda. E não, as autoras não escreveram errado. Nessa época eu ainda me chamava "Diana".

Mizumi - ... - ela tirou a mão da boca revelando um pano que fedia a álcool.- Sakura...se foi...*tosse*...

Diana - Mama ? Pala ondi ?

Mizumi - Para o...mundo dos mortos - sua voz estava falha por culpa do veneno que havia engerido e bem depois ela se calou...e nunca mais pude ouvir sua voz...

Eu havia perdido as duas únicas pessoas que se importavam comigo e com meus irmãos em um único dia...as únicas da família Madoka que sabiam de nossas existências,pois foram expulsas e deserdadas de sua família, por não casar com quem não amavam...eu não entendi o por que de estarem dentro daquelas caixas enormes, e não entendia que uma vez enterradas nunca mais voltariam para mim...então fui obrigada a morar em uma casa onde os únicos que estavam lá eram : papai,eu(Diana),Daniel Carlo (nossos verdadeiros nomes).
Papai sempre dizia que a razão de mamãe estar morta, era por que escolheu a vida de meus irmãos a sua, e me culpava por não deixa-los morrer de fome como ele ordenava. Com o tempo aquele que eu carinhosamente chamava de "papai" se tornou um bêbado drogado, que todas as noites levava uma mulher para casa, normalmente adolescentes que ele tirava forçadamente de suas famílias lhes proporcionando as piores e mais violentas noites de suas vidas. Eu tinha medo do que ele pudesse nos fazer então tentei fugir, mas ele me pegou pegando suprimentos na cozinha e tentou me abusar, pois estava visivelmente bêbado, para minha sorte ou azar, consegui pegar uma faca de cima da mesa e cravala em sua testa o matando de forma imediata. Larguei seu corpo no chão e peguei o que precisava, comida 
(Akhemi - Ava pensei que se ia pegar um baseado _ Diane e Moon - SHIU ). Corri para o banheiro para tirar o sangue do meu corpo e trocar de roupa, depois fui ao meu quarto sem fazer barulho para não acordar os meninos (que já tinham uns 3 anos nessa época) e começei a arrumar nossas mochilas com tudo o que precisariamos e depois que tudo estava pronto abri a porta da casa e os acordei. Passamos dias e noites atrás de abrigo até achar um beco que tinha uma rachadura que dava dentro de uma especie de passagem que ficava dentro de uma parede oca. Ficamos por lá mesmo, e como aqueles dois eram muito novos não entendiam o motivo de morarmos na rua e não termos papais e mamães como as outras crianças que viamos no parque, mas eu nunca contei a eles, pois achei que se culpariam pelas mortes daquelas duas. Eu  lhes dei outros nomes e me renomeei também para não sermos reconhecidos pelas autoridades. Uns 2 ou 3 anos depois Carlos ( que é o de cabelo branco ta gente o moreno é o Don) entrou em nossa "casa" dizendo que havia uma menina no beco que estava suja de sangue e presa em uma especie de camisa de força que nos disse se chamar "Samira". Nós cuidamos dela como se fosse de nossa família e também lhe dei um nome falso, Sami, era esse seu novo nome.passamos messes morando nós 4 naquele lugar até sermos achados pela polícia e encaminhados para o conselho dutelar (Moon - Não sei escrever o nome dessa bagaça). Não tinhamos parentes vivos (não que eu saiba) e Sami tinha apenas o pai, mas se recusou a ir com ele caso fosse encontrado pois ele a abandonou antes mesmo de nascer então fomos mandados para um orfanato e, consequentemente, a uma escola.........

CONTINUA...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Oi pessoinhas é a Moon. Akhe foi tomar uma ducha e eu vou finalizar. AAAAAEEEEEEEE ! *-*
Bem segundo a Akhemi esse Flashback ainda vai ter continuação, por que nada do que falamos tem haver com o apelido da Diane certo ? CORRETO ! Bom ta bem triste (na minha opniechou) mas tudo bem ! Só um aviso : todas as amigas da Diane vão ter passados tristes que vão ter mortes, brigas entre outros motivos pra elas aprenderem a se defender e consequentemente irem parar no orfanato e conhecendo a Didi e seus...Los Manos2.0 ! Sério ! As personalidades do Don(Luka) e do Carlos(Ahadi) foram inspiradas nas personalidades desse dois alíens que a Akhemi chama de irmãos ! Bom com licensa para minha pessoa to vazando (puta cosplaysinho merda do caralho -_-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...