História Diario de uma pisicopata - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~Miss_Atomic

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 61
Palavras 379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Família do boy


Fanfic / Fanfiction Diario de uma pisicopata - Capítulo 5 - Família do boy

A noite sai com Tate, fomos ao parque... Antes achava ele só mais um garotinho desesperado por atenção porque não tem amigos... Mas depois de conversar melhor com ele percebi que é apesar de muito inseguro um cara legal.

Gosto de hummm... Come as you are é muito boa

Tate:Eu sei tocar essa música mas não ache que sou tipo o Jimmy Hendrix porque NÃO SOU

Não acho que você é o Jimmy Hendrix porque isso seria burrice!! mas quero te ouvir tocar!

Tate:Hahahaha quer ir na minha casa? Posso tocar e talvez te ver cantar????

Tipo agora?

Tate:É, algum problema?

Olha monamur não sou tão fácil de se levar pra cama ok! Tá muita calma nessa hora. Não posso estragar tudo agora meu plano tá dando certo.

Não, nenhum! Vamos então.

Fomos até a casa dele é os pais estavam lá... Melhor assim... Rolou aquela conversa estranha e deu pra perceber o Tate queimando os pais com o olhar.. Creepy

Tate:Finalmente sozinhos

Qual o seu problema com eles?

Tate:Ódio

Por que?

Tate:Meu pai teve um caso com essa vadia e decidiu "se livrar" da minha mãe pra ficar com ela e ser feliz para sempre estragando a minha vida.

Se livrar? Ele matou ela?

(Rindo internamente)

Tate:Não ele internou ela numa clínica alegando que ela tem esquizofrenia e poderia surtar a qualquer instante.

E ela tem?

Tate:Não, mas o que o dinheiro não faz?

Que cuzão!

Tate:É, mas você que me ver tocar né? Bom eu toco se você cantar!

Vamos lá

Tate:Não sei se conhece essa música mas eu gosto muito dela.

De cara percebi que era Lost in paradise... Não dá pra explicar o meu amor por essa música sério!

(Não mesmo!)

I've been believing In something so distant As if I was human And I've been denying This feeling of hopelessness In me, in me

Ele ficou impressionado não sei se foi porque eu conheço a música ou porque canto relativamente bem

And all I feel is this cruel wanting We've been falling for all this time And now I'm lost in paradise Alone and lost in paradise

Tate:Você não canta nada mal...

E você não toca nada mal 

Ele chegou perto de mim e me beijou, não, nós nossos beijamos, senti borboletas em meu estômago eu sei é clichê (para um exelentissimo senhor caralho) mas é a única descrição possível pra isso... Fiquei encarando ele até me dar conta de que foi meio constrangedor.


Notas Finais


Voltei carai!!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...