História Diário de uma psicopata - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Diário, Diário De Uma Psicopata, Dúvidas, Morte, Poema, Poesias, Psicopata, Relatos, Sorrisos, Vida
Visualizações 40
Palavras 624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu não sei bem a tradução de "carta" mas deu pra sacar neh?

Capítulo 8 - Note of Suicide


Fanfic / Fanfiction Diário de uma psicopata - Capítulo 8 - Note of Suicide

O badalar do relógio está se tornando mais pesado
O tempo está parando
A atmosfera está se tornando rarefeita
O peso das lágrimas está aumentando

O triste caminhar está parando
Meus joelhos não tocam o chao
Meus pés não trilham mais aqui

Eu admito, não aguento
Você venceu. Mundo

Eu não soube lidar
Por mim, não faz sentido

As teclas do piano não tocam mais aquela melodia
Seu sorriso está sumindo …

O fim está nas minhas costas
Nesse momento
Por favor
Eu preciso ir

Não tenho mais sonhos
Não tenho mais esperanças
Eles se foram com o vento

Tudo meu se foi
Sinta como não tenho mais nada

Me deixe cair para sempre
Fechar os olhos para isso
Deixar meus sentimentos voarem

Me deixe fingir que está tudo bem
Enquanto conduzo esse corpo cansado para a ruína
Onde está meu fim

Eu quero sentir o vento nas minhas costas
Sentir tudo indo embora
Eu não quero mais lutar
Não quero mais

Eu admito, não aguento
Você venceu. Mundo

Essa expressão frustrada
Não sai da minha face
O medo vai dominar, não é?

Eu só quero ir embora

Chorar não é uma opção
Voltar?  Não há como

As pegadas foram apagadas
Não irei olhar para trás

Quando estiver suspensa no ar por uma corda
Quando estiver caida no chão
Quando estiver tendo overdose

Me acorde

Eu não quero esse mundo
Meu humor varia
A música está se tornando mais baixa

Me chame de suicida
Pois é o que sou

Eu admito, não aguento
Você venceu. Mundo

Eu vou continuar pisando nesse mundo?
Por que?
Eu só vejo cada erro
As consequências pesam

Eu quero manchar aquelas rosas de vermelho
Eu quero decorar o subsolo com meu corpo
Eu quero cair

Me deixe

Eu admito, não aguento
Você venceu. Mundo

Eu sinto muito
Mas eu não aguento
Vocês estão fazendo tudo isso
Eu estou com medo

Voltar atrás não é uma opção
Deixe que ele domine
Deixe que meus sentimentos voem
Sumam, assim como eu

Não derrube suas lágrimas por mim
Eu não quero ser salva
Eu quero sumir

Vê essas lágrimas caindo? 
Fútil

Esqueça as palavras que eu lhe disse
Esqueça as lembranças que te dei
Esqueça os segredos que lhe contei
Esqueça do quão mal eu lhe fiz sentir
Me perdoe
Por favor

Eu admito, não aguento
Você venceu. Mundo

Eu quero sentir o nada
O vácuo se formando quando eu verter
Quando não existir nada além de um corpo
Descobrir se estou livre

É apenas o começo do fim

Eu admito, não aguento
Você venceu. Mundo

Estou andando devagar até lá
Que diferença vai fazer se eu correr?

Eu não quero mais nada
Eu não tenho mais nada

Eu não vi o lindo desse mundo
Cada por do sol foi oculto de meus olhos
Cada lágrima substitui um sorriso

Eu estou indo
Me deixe por favor

Não quero lágrimas por mim

Não quero nada por mim

Eu não preciso de consolo
Muito menos de seus palavras
Que ainda saltam do telefone
Quando te contei do que iria fazer

Eu não quero você aqui
Comigo

Me esqueça
Assim como eu me esqueci
O mundo não é nada
Não preciso ser salva

Me deixe cair

Deixe meus sentimentos voarem
Como as folhas que caem das árvores
Num dia de ventania

Deixe aquela chuva serena
Me envolver

Deixe que eu feche os olhos
Para esse mundo

Deixe que eu esqueça cada toque
Cada palavra
Cada sentimento

Estou correndo ate lá

A corda me espera

Eu vou guardar esses últimos minutos
Para um registro meu
A única coisa que vai sobrar de mim

Sabe aquele azul que você tanto amava?
Me procure lá

O relógio parou

O tempo parou

Eu admito, não aguento
Você venceu. Mundo


Notas Finais


" é apenas o começo do fim "


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...