História Diário de uma Suicida - Alice - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 18
Palavras 349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi gente tudo bom?

Meu nome e Mariana (mas me chama de Mari😉)

Essa e a minha primeira fic então espero que gostem, beijos ate as notas finais

Capítulo 1 - Ola Diário


Fanfic / Fanfiction Diário de uma Suicida - Alice - Capítulo 1 - Ola Diário

Ola diário, eu gostaria de contar para você como foi meu dia hoje: meu dia foi uma merda, como sempre nos primeiros dias de aula eu sento atrás na carteira mas suja e quebrada, Com a roupa mas imunda rasgada e feia, mas ninguém liga, hoje a Letícia me ignorou (como sempre) pq ela só quer ficar com as novas amiguinhas dela e o namoradinho escroto dela que trai ela com a "melhor amiga dela" (que no caso não sou eu) ate porquê todos fazem de conta que eu não existo, Mas hoje tinha um garoto novo chamado André e ele foi o único que sentou na minha frente e na mesma fileira que eu e foi o único q deu um bom dia pra mim e um oi, hoje, eu n irei me corta pois estou feliz por alguem ter falado comigo, irei conta os detalhes:

Eu cheguei na sala sentei como se eu fosse um fantasma virei minha cabeça para baixo e comecei a chorar, ali mesmo sem ninguém liga, quando de repente sinto alguém puxar meu rosto para cima perguntando se eu estava bem! Eu respondi que sim e falei pra ele não ficar perto de mim se não ele seria esquecido do mundo como eu, ele falou que não ligava se fosse esquecido, e queria saber o porque eu estava chorando... quando eu ia explicar para ele, umas meninas começaram a chama-lo de gatinho e a jogar charme nele como se eu nem existisse, ele começou a negar tudo o que elas pediam, uma dela sentou no colo dele e ele imediatamente a mandou sair, assim dando um fora em todas elas e mandando elas se cantarem, eu fiquei feliz por isso. Depois conversamos escondido dos professores (que no caso também não ligam pra mim)Depois cheguei em casa sem meus pais para me receberem pois eles morreram quando eu tinha 11 anos, e que as pessoas ainda acham que eu moro com uma tia sendo que eu acho injusto uma garota de 14 não poder cuida de si.

então e isso diário boa tarde ate amanhã beijos


Notas Finais


Muito obrigada por terem lido e bye beijos😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...