História Diário De Uma Suicida - Segunda Temporada... - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 22
Palavras 496
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Cap curto...sorry!

Espero que gostem...!

Boa leitura...!

Capítulo 5 - Não Precisa Esconder De Mim...


Fanfic / Fanfiction Diário De Uma Suicida - Segunda Temporada... - Capítulo 5 - Não Precisa Esconder De Mim...

(Eu acordei no meio da noite com o mesmo pesadelo...eu comecei a me sentir sufocada dentro daquele quarto,então descido ir no quintal,quando cheguei lá eu deitei na grama e fiquei olhando o céu,ele estava cheio de estrelas e uma lua cheia que iluminava tudo,eu estava uns minutos já deitada ali,ate que alguém fala)

???-porque você está deitada no chão?

(Olhei pra ver quem era,e adivinhem...era o Thomas...)

Barbara-acordei no meio da noite e fiquei sem sono...então vim pra cá, deitei no chão e fiquei olhando o céu... (Disse sem tirar os olhos do céu)

Thomas-ok,então... (Quando eu vi ele tava deitado do meu lado)

Barbara-ue,porque veio aqui? (Perguntei olhando pra ele)

Thomas-vim te fazer companhia... (Disse ele sorrindo) (Autora-o sorriso que fode com o seu psicológico 😂)

(Ficamos conversando de assuntos aleatórios,até que ele pergunta)

Thomas-ei...que marcas são essas nos seus braços?

(Ai eu lembrei que eu estava de regata,e dava pra ver as cicatrizes nos meus braços)

Barbara-não é nada... (Digo tentando esconder os meus braços,mas não adiantou muito,eu não me cortava mais,mas eu realmente não gostava que as pessoas vissem as marcas...)

Thomas-não precisa esconder de mim... (Ele segurou a minha mão entrelaçando nossos dedos,dando um sorriso acolhedor...)

Barbara-vamos lá pra dentro que eu te conto... (Ele concordou com a cabeça,levantamos e entramos)

Thomas-beleza,fala... (Falou ficando de frente pra mim,eu respirei fundo e comecei a falar)

Barbara-desde pequena eu sofro bullyng,pelo meu peso,minha aparência e etc...a partir dos meus 10 anos meus pais começaram a viajar muito,e não me davam muita atenção,eu não os culpo por isso...afinal é o trabalho deles!,mas a partir dai o bullyng começou a ficar pior...mas eu nunca contava pra ninguém,eu aguentava calada...mas só durou por um mês...eu não aguentava,era uma angustia sufocante e eu tinha que alivia-lá de algum jeito...e o único jeito que eu vi foi esse...

Thomas-e como você conseguiu parar?

Barbara-com 12 anos eu tentei suicídio, e meus pais descobriram tudo,os cortês, os motivos deles...eu comecei a viajar junto com meus pais,e percebi que...existem tantas coisas no mundo para serem vividas,vistas,é uma longa vida pela frente,então porque acabar com ela?,eu ainda tenho muitas duvidas...não gostaria que ir sem responde-las...!

Thomas-nossa que profundo!

Barbara-mais porque você quis saber como eu parei?

Thomas-meus pais eram separados,e eu morava com a minha mãe, mas depois do divórcio ela ficou com depressão profunda e... (Ele fez uma pausa e deu um longo suspiro) mês passado ela cometeu suicídio, e eu vim morar com o meu pai,mas eu me sinto culpado de não ter ajudado ela mais...de não ter conseguido salvar ela... (Ele disse cabisbaixo)

Barbara-as vezes a nossa alma fica tão machucada que não aguentamos mais a angústia... Não é a sua culpa...não é culpa de ninguém...por mais frio que pareça isso que eu vou falar...ela escolheu o caminho dela...e devemos aceitar a sua escolha...por mais que doá!, eu não entendo a dor que você esta sentindo,pois nunca perdi alguem querido...

Thomas-não queira,é horrível!

Barbara-deve ser...!

(Depois disso ele foi pra casa dele e eu fui pro meu quarto,mas não consegui dormir,eu estava com um pressentimento ruim,de que logo ia dar alguma merda)




Notas Finais


Obs:quando os pais da Barbara começaram a viajar muito,ela ficava com a tia dela...!

E uma coisa que não tem nada haver com a fic é que....HJ É MEU ANIVERSÁRIO PORRA!,eu sei não interessa pra ninguém mas eu quis falar .😂😂

Até a próxima...!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...