História Diário diário meu... - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ailee, Cheetah, CL (Chaelin Lee), EXO, Fiestar, GD & TOP, GRAY, Jay Park, K.Will, Lee Hyori, PSY, San E, Sistar
Personagens Ailee, Bora, Cao Lu, Chanyeol, Cheetah, Dasom, G-Dragon, GRAY, Hyoryn, Jay Park, K.Will, Kai, Lee Chaelin "CL", Lee Hyori, PSY, San E, Sehun, Soyou, T.O.P, Yezi
Tags Ação, Drama, Revelaçoes
Exibições 18
Palavras 1.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - " Triste insegurança "


Fanfic / Fanfiction Diário diário meu... - Capítulo 14 - " Triste insegurança "

Estava tão feliz que parecia que nada me deixava de baixo astral, passei a semana numa felicidade só e contando as horas para ir a casa de Jay já que meus pais passariam o final de semana fora eu estava livre para frequentar sua casa. Sexta-feira cheguei mais tarde da escola por conta de alguns trabalhos que tinha que entregar, mas depois vou para casa e me arrumo toda havia tomado tomado um banho caprichado e em seguida me perfumo inteira não via a hora de o ver, já que so mantemos contato por mensagem então pego meu celular e saio de casa pegando um táxi e chegando em frente a casa vejo um rapaz saindo da casa e ao descer do carro percebo que se tratava de Gray, então ele me arrasta até o seu carro e acho estranho apenas o seguindo sem entender nada.

- O que aconteceu? - me solto e o olho sorrindo lhe passando tranquilidade.

- Eu e ele brigamos feio! - ele me abraça e retribuo fazendo carinho em suas costas e logo me afasto por respeito ao Jay.

- Eu quero ficar com você Bora, nossos beijos me deixaram com vontade de mais... Ele so te quer para atender as necessidades sexuais dele como fazia com minha irmã! - me assusto com o que diz não esperava ouvir aquilo, ele deve ser assim ou ele fala isso por que tivemos um leve afair.

- Nós vamos ficar juntos não po...- não pude terminar de falar ele havia tomado meus lábios e eu dei leves socos em seu peito para me soltar maa em seguida deixei, se ele estivesse certo o Jay ia se ver comigo caso contrário eu estava encrencada. Parto o beijo e ele sorri largamente e olhando alisa meu cabelo.

- Eu não posso!

- E por quê não? Que eu saiba eu ainda não pediu sua mão.

- Tem razão Gray. - mesmo que não tivesse acontecido eu o queria mesmo assim mas tinha medo de acabar como Ailee.

- Eu sei muito bem o que ele te pediu... As cabe a você seder ou se manter pura! - ele havia tocado num assunto delicado para mim mas sorri meio s graça para ele.

- Desculpe o incômado e por tomar seu preciso tempo! 

- Tudo bem não estou com pressa. - o comprimento no rosto de forma inocente e ele sai entrando no carro e parte em alta velocidade deixando meu coração apertado de preocupação de que algo possa acontecer. 

- Esses homens. - falo sozinha e entro na casa dele meio receosa e com medo de ter visto eu e o Gray juntos.

- Jay ? - falo baixinho e logo ele surge me abraçando por trás e me viro vendo seus olhos vermelhos por conta do choro.

- O que aconteceu com vocês dois aqui dentro? - seco suas lágrimas mas ele se afasta e bate a porta com força a fechando com tudo me deixando assustada.

- VOCÊ SABE O QUE É UM CARA NUNCA TER CHORADO POR MULHER ALGUMA NA VIDA? E AGORA SE SENTE INSEGURO? - ele começou a gritar comigo mostrando sua fúria e eu não sabia o quê fazer se o tocava ou ficava longe.

- Eu estou aqui Jay! - falei da forma mais calma possível, sabia que havia saído de uma briga com seu melhor amigo então eu deveria entender.

- Por quanto tempo ficará? Seja sincera comigo sobre algo? - ele estava bravo comigo também sentiabo peso de suas palavras. 

- Como assim?! Por quê isso agora hein, eu estava quase morrendo por não ter você ao meu lado, me interessei por você mas era noivo e logo mais uma notícia de seu noivado que me deixou mal, mas aí dei um jeito de chamar sua atenção para mim, sem contar quando ela me contou que iam casar eu surtei tanto que saimos na porrada e isso você não reconhece e fica aí me julgando! - falo desabafando quase chorando mas engulo o choro. Ele concorda com a cabeça em algumas coisas e nega em outras.

- Me conte algo mas por favor não me engane! - que diabos era isso que estava falando eu só faltei gritar para o mundo inteiro que eu estava amando mas ele não reconhecia.

- Sim diga! - falei mais friamente eu estava tão apaixonada e cega por ele que aquelas palavras doiam.

- Gray me disse algumas coisas sobre você mas não acreditei e por outros assuntos também que não vem ao caso nós brigamos, eu fiquei despontado e quero ouvir você dizer se ficou ou não com ele, digo de maneira íntima! - ele segura seu braço com força e tento me soltar mas ele era mais forte, ele fala olhando nos meus olhos e eu retribuo o olhar que me lança. O quê eu podia fazer acabei de beijar ele, somando foram três vezes mas não era como com ele e isso ele não entenderia, eu estava o amando e o Gray foi por carência.

- Você está me machucando! - comecei a chorar mas tentando engolir, eu não podia mentir para ele mas por quê isso importava agora? Eu não to nem aí para o amigo dele.

- Precisa nem responder já entendi! - ele sai andando e me deixa sozinha e vou atrás dele no quarto e seguro seu braço para que me ouça.

- Eu fiquei com o Gray a primeira vez quando trouxe seu terno, na verdade eu queria te causar ciúmes...

- E no meu noivado também neh Bora e sei lá mais onde! Eu desconfiei dele achei que so estava com raiva por te querer, mas estava enganado.

- Qual a parte do EU TE AMO você não entendeu? Acha que se eu o quisesse ia correr atrás de você? Nunca! - grito para que entenda e me leve a sério.

- Eu não posso deixar ele te tomar de mim! - eu o abraço forte e o solto.

- E nunca irá! - selo seus lábios e sorrio aliviada por ele estar mais calmo. 

- Seja minha Bora! - ele se aproxima agarrando meu corpo ao seu a sinto ele me jogar na cama e logo se deita em mim, mas não estava com clima para isso mas ele tenta tirar minha roupa todo fogoso mas eu nego.

- Agora não por favor... - ele ignora e tira minha blusa ainda havia uma pequena marca da sua boca e ele começa novamente a me chupar e passar a mão apertando todo meu corpo mas eu não estava afim, então ele tira a camisa e lembro do que Gray havia falado e me afasto aos poucos dele.

- Você parece distante. Cadê aquela Bora fogosa de antes ? 

- Não estou pronta para fazer aquilo. - me levantei e vesti minha blusa e ele ri do que eu digo mas não acho a menor graça.

- Você tem que se deixar levar e aí acontecerá vai por favor! - ele aperta minha entrada como provocação mas tiro sua mão, queria que fosse especial por mais picante que seja agente juntos.

- Não estou no clima desculpe amor.

- Me chama de amor e me trata assim? Melhor ir embora para não começarmos outra discussão! - ele não queria me entender, o vi indo para a sala e o segui então ele abriu a porta para que eu fosse embora e o olho tristonha.

- Eu não sou apenas mulher para pegar fogo eu também mereço ser amada e cuidada mas isso você não pode compreender! Oh senhor do sexo. - ele fecha a cara e me segura pela mão.

- Você vai sair assim?

- Estou magoada demais para ficar, depois conversamos com calma. - respiro fundo soltando levemente seus dedos e seco rapidamente a lágrima de decepção que escorre em meus olhos mas seco rapidamente e me viro de costas para ele saindo e ando lentamente até minha casa apesar de demorar não me importei eu havia ficado feliz para nada, coloquei a melhor e me arrumei toda para ele fazer isso talvez eu tivesse que escolher entre ele e o Gray mas meu coração já sabia quem ele queria por mais que eu sofra.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...