História Diario dos sobreviventes - Capítulo 41


Escrita por: ~ e ~gaabylennon

Postado
Categorias Originais
Exibições 5
Palavras 451
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Sobrenatural, Super Sentai, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 41 - Um é pouco? dois é bom?


Flávia pov

sai novamente em direção a floresta, eu amava aquele lugar me fazia esquecer de como as coisas eram agora e de Felipe... Fazia 2 meses desde sua morte. Uma das coisas que eu mais gosto no Apocalypse é que mesmo que eu saia completamente bagunçada, os zumbis não vão ligar ( risos) Eu pensava em como se eu estivesse vestida assim na sociedade antes do APZ todos me olhariam com uma cara bizarra e ririam de mim, não era pra menos quando se esto com calças camufladas surradas e humidas e uma blusa meio rasgada que algum dia já havia sido preta, mais atualmente estava mais para uma cor bem desbotada com manchas  marrom de terra. Eu desaparecia nos meus pensamentos quando escuto vozes estranhas cada vez mais perto, não eram de ninguem no grupo, eu reconheceria, subi então em uma arvore e fiquei o mais quieta possivel, olhei para baixo e vi um grupo de mais ou menos 6 pessoas passando por de baixo da arvore e se aproximando do posto, todos no grupo estavam fortemente armados, eu tinha q alertar meus amigos mas se eu descesse agora era morte certa, esperei alguns minutos até eles chegarem um pouco longe, pulei da arvore e assim que cheguei ao chão escutei uma troca de tiros vindo do posto me apressei então, alguns metros antes de lá subi novamente em uma arvore e mirei com meu rifle lá, vi meu grupo sendo refém do outro, oq era obvio pois o outro grupo era bem maior, mirei em um dos caras que estava com sua arma apontada para Gabriela, acertei um tiro certeiro em sua cabeça, todos os outros para procurar de onde o tiro veio e enquanto eles se viraram, gabi matou uns 3, guilherme deve ter matado uns 4 e o caio estava desarmado, Caio tentou pegar um deles em um mata leão porém o cara contra tacou, e o segurou, eu estava sem ter como mirar mas quando consegui mira, já era tarde de mais atirei certamente na cabeça do cara que o segurava, porém outro cara havia disparado, ele disparou contra caio e o atngiu entre o ombro e o pescoço ele levou as mãos até o lugar do tiro e começou a sangrar pela boca, ele olhou em minha direção, e caiu de joelhos e dos joelhos de de rosto na grama. terminei de acabar, um a um com os outros homens que ali estavam desci da arvore, corri o mais rápido que pude enquanto chorava em direção ao posto, Gabi estava de joelhos em frente ao corpo junto ao guilherme, eu cheguei e coloquei sru corpo já sem vida em meus braços enquanto eu chorava.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...