História Dias de chuva - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Shion
Exibições 142
Palavras 1.954
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Viagem


Fanfic / Fanfiction Dias de chuva - Capítulo 12 - Viagem

 

..............Flashi Bach.............

_ O que você sente por mim naruto? - Perguntou uma bela mulher de cabelos róseos incomuns dona de lindos olhos esmeralda.

_ Como? - Pergunto Naruto meio confuso pela pergunta da rosada a sua frente.

_ Ora seu baka não se faça de burro, quero saber o que você sente por mim, e seja cinsero onegai.- Disse sakura meio irritada e ao mesmo tempo preocupada com a resposta do loiro.

_ Bom, eu te amo sakura-chan, te amo com todas as minhas...

_ Por favor naruto não termine a frase, sinto muito mais eu não te amo e....talvez talvez nunca chegue a ama-lo.... não como homem.- Disse sakura suspirando triste.

_ Mais eu pensei que....bom....você aceitou namorar comigo e...- Dizia naruto deixando algumas lágrimas caírem de seus lindos orbes azuis.

_ Sim,e sei...mais eu sempre deixei bem claro os meus sentimentos por você nunca menti. - Disse sakura com um olhar de tristeza para o amigo.- Sinto muito Naruto.....

.............Fim do Fashi Bach....................

_ Naruto? - Chamou hinata despertando o loiro de seus pensamentos.

_ Huum....o quê? - Perguntou confuso.

_ Não vai me responder? 

O loiro observou hinata por um instante, não sabia o que dizer a morena, pois ele mesmo sequer sabia o que sentia, estava confuso, mais não ia deixar hinata sem uma resposta e movido pela pressão acabou falando o que veio em mente.

_ Eu não sei o que sinto por você, talvez um carinho, ou talvez atração, mais não creio que seja amor e também não creio que um dia vá chegar a tanto. - Disse frio e distante sem sequer se dar conta mais bem no fundo ele sabia que tinha alguma verdade,  a parte do carinho talvez.

_ T-tudo bem. - Disse hinata de cabeça baixa tentando esconder algumas malditas lágrimas que teimavam em cair.

_ Não quero te iludir, talvez eu não sinta nada por você só.... - Naruto não conseguiu terminar de falar, derrepente caiu a ficha e em fim se deu conta do que tinha dito.- Bom....tenho que trabalhar...tchau hinata.

Hinata não o respondeu, nem conseguiria, tudo o que o loiro tinha dito a ela dueu, e dueu muito, foi como se ele tivesse dado um chute em seu estômago permitindo a ela ficar sem ar,arrancando de si o chão, talvez se levasse uma flexada doesse menos.

"Não hinata, você não pode chorar e não vai." - dizia a azulada para si mesmo, mais ela mesmo não conseguia parar.

Hinata não queria ter que chorar de novo por ele, mais estava ficando difícil, suas lágrimas caiam involuntariamente sem que ela percebesse. Hinata pós-se a acariciar o ventre automaticamente numa tentativa de conforto, com resultados , era como se a "sementinha" que ela carregava em seu ventre  lhe desse forças e lhe consola-se.

" Pelo menos eu tenho você meu pequeno raio de sol" - gargalhou baixinho ao lenbrar-se de hanabi, se ela estevesse ali com certeza saberia o que  dizer para lhe alegrar.

A morena decidiu não deixa-se abater, levantou-se da cama e rumou em direção ao banheiro, minutos depôs saiu do mesmo vestindo um lindo vestido longo de seda, na cor lilás, pós uma tiara de flores e sentou-se de novo na cama.

"O quê que eu vou fazer meu kami? Não tenho ninguém que me ajude e não posso arriscar ir enbora nesse estado." - Pensou Hinata angustiada, talvez naruto não aceitasse a gravides e a mandasse abortar. 

Hinata estava tão pensativa que mal notou quando alguém entrou no quarto com uma bandeja em mãos.

_ O que aconteceu hina-chan?  Se sente mal... 

_ Oh bom dia tenten, estou me sentindo bem só estou um pouco triste..."Será que seria uma boa contar a tenten da gravidez"- pensava Hinata.

_ Triste porque...ah não....o que aquele loiro aguado te fez dessa vez? - Perguntou tenten com ódio na voz.

_ Tudo e nada.- Suspiro alto.

_ Como assim tudo e nada?- perguntou confusa.

_ Quero te contar uma coisa tenten, mais.... - Hinata olhou de um lado para o outro e caminhou até a porta trancando-a a chave e sentando-se novamente ao lado da amiga. - Mais tem que prometer guardar segredo, ok?

_ Claro hina-chan, pode confiar em mim. - Disse baixinho segurando a mão da amiga lhe passando segurança.

_ Sei que posso. - Sorrio serena.

_ Então o que você quer me contar? 

_ Eu estou grávida ten-chan. - Disse hinata sem rodeios, encarando a castanha.

_ E de quem? - Perguntou incrédula.

_ Ora de quem..do Naruto de quem mais seria? - Respondeu cruzando os braços e fazendo bico.

_ Ah me desculpe. - coçou a nuca e riu amarelo para a amiga. - E o naruto sabe disso?

_ Não. - Disse de cabeça baixa.- eu não tive coragem de contar e nem sei se devo.

_ Mais você tem que contar, eu sei que o uzumaki é um baka mais eu tenho certeza que ele gosta de você. - Disse decidida.

Hinata apenas abraçou a amiga e se pôs a chorar novamente.

_ Não ten-chan ele não sente nada por mim, talvez só uma simples atração.- Dizia Hinata soluçando alto.

_ Mais como sabe se...

_ Ele mesmo me disse, ele disse que não sente nada por mim. - dizia hinata enquanto chorava abraçada a castanha.

_ Não fique assim hina-chan. - consolava tenten.

Tenten obrigou Hinata a tomar café da manhã.mais logo depôs a azulada vomitou tudo e tenten lhe preparou um chá.

_ O que você pretende fazer hina-chan ? - Perguntou enquanto lhe servia um pouco mais de chá.

Hinata suspirou alto e continuou acariciando ao pequeno animalzinho a quem ela tanto se afeiçuou.

_ Acho que vou enbora ten-chan. - Disse meio triste.

Tenten arregalou os olhos e encarou a amiga boquiaberta.

_ Você não pode hina-chan, você não tem pra onde ir, pense na criança.

_ É por ela que estou pensando nisso. - disse emquanto acariciava o ventre.

_ Vamos fazer um trato? - Perguntou tenten.

_ Que trato?- franziu o cenho.

_ Você conta ao naruto e....

_ Nem pensar quem sabe....

_ Você conta ao naruto e depôs vê a reação dele, se ele não aceitar eu mesmo te ajudo a fugir daqui. - Disse serena.

_ Tudo bem ten-chan, mais não precisa me ajudar a fugir, vai se meter em problemas. - Disse preocupada com a amiga.

_ Deixa disso hina-chan, somos amigas, e pensando bem eu prefiro fugir com você do que ficar aqui com esse monstro loiro. - Disse fazendo careta.

_ Obrigada ten-chan. - Disse sorrindo.

[.....]

" Sinto muito morena, mais não posso mais me apaixonar como um idiota e me magoar de novo, prefiro que você seja minha escrava, submissa a mim do que minha mulher que talvez um dia venha a me trair ou a me deixar" - pensava naruto enquanto bebia uma garrava de vodca.

O loiro estava no escritório enchendo a cara, queria mais do  que nunca esquecer de tudo, queria esquecer a cara de decepção da morena, e principalmente queria esquecer da imagem das lágrimas da mesma que caiam de seu lindo rosto angelical.

_ COMO EU QUERIA TE ODIAR. - gritou Naruto jogando a garrafa na parede, fazendo com que a garrafa se quebrasse em grandes pedaços.

_ Não me diga que se apaixonou de novo? - Perguntou jiraiya sarcásticos adentrando o escritório.

_ Se veio me encher o saco é melhor que saía daqui. - Disse arrogante.

_ Tudo bem, mais se eu fosse você ouviria o seu coração. - Disse sério fazendo o loiro rir sem graça.

_ Não me diga  que o velho tarado, o homem que mais pegou mulheres, e que antes era cheio de escravas está falando de amor? 

_ Quando chegar na minha idade vai saber o quanto faz falta um amor seu moleque. - disse cruzado os braços. - E a propósito, a filha do Conde adiou a viagem,e disse que não sabe mais quando virá.

_ Até que emfin uma boa notícia. - Disse abrindo um sorriso de canto.

_ Ah quase que eu me esquecia, está ocorrendo ums problemas lá nos Estados Unidos, estou muito atarefado aqui e não posso ir, então é melhor você ir no meu lugar? - Disse bufando baixo.

Naruto pensou em não aceitar mais achou melhor ir, precisava de um tempo longe da morena, precisava saber o seu real sentimento por ela.

_ Claro que vou, preciso mesmo da um tempo de tudo. - Disse distante.

_ Ou melhor dá um tempo de uma certa morena não é mesmo?. - Disse gargalhando alto.

_ Ora cale a boca seu velho tarado. - Disse com ignorância.

[.....]

.......2 semanas depôs...........

Como sempre hinata estava acordada tarde da noite esperando por um certo loiro que sempre a evitava, voltava quando ela já dormia, e saia quando ela também dormia. Mais hinata estava decidida não iria dormir até falar com ele, e não ia mais cair em suas desculpas esfarrapadas.

_ Ainda acordada? - Perguntou naruto que acabará de adentrar o quarto.

_ Estava esperando você. - Disse esfregando os olhos.

_ Huuum. - Sussurrou retirando a camisa.

_ Preciso falar com você naruto-kun? - pediu aflita.

_ Estou cansado hinata, amanhã vou viajar e tenho que descansar pois a viagem vai ser longa...

_ Pra onde vai viajar? - Perguntou estremamente preocupada.

_ Ah bom...pros Estados Unidos...

_ Quando vai voltar ? - Interronpeu Hinata.

Naruto não queria dizer a hinata que iria passar quase 2 meses nos estados Unidos, sabia que a pequena já estava sofrendo com a sua ausência e  não queria dar a ela mais uma preocupação.

_ Vou voltar logo. - disse entrando no banheiro.

_ O-ok. - Disse meio tristonha.

_ O que você queria me contar? - Perguntou colocando a cabeça para fora do banheiro.

Hinata pensou um pouco e decidiu esperar até que naruto chegasse.

_ Bom er...Não era nada.

_ Então estava me esperando para dizer nada? - Arqueou a sonbrancelha.

_ E-estava c-com s-sauda-dades. - Disse meio corada e de cabeça baixa.

Naruto a fitou intensamente, estava morrendo de saudades de te-la, mais não queria que ela sofresse mais. Mais ele precisava dela pelo penos queria se despedir descentemente.

_ Se está com saudades, então porque não toma coragem e vem dizer na minha cara? - Sorrio safado para a morena que o olhou boquiaberto.

Hinata caminhou a passos lentos em direção do loiro que estava no banheiro, parou em sua frente e corou um pouco ao notar que o loiro estava apenas de cueca.

_ Estava com saudades, quer dizer estou. - Disse vangloriando-se por não gaguejar.

_ Então que tal matar-mos hoje. - Falou sedutor no ouvido da morena.

Naruto e hinata fizeram amor no banheiro, e depôs adormeceram abraçados. 

[.....]

Hinata abriu os olhos lentamente e como esperado sentiu bul em cima de si a "massageando".

_ Bom dia meu pequeno bul? - Disse com a voz sonolenta e Alegre.

Ouviu o barulho da porta e logo depôs, viu tenten entrar no quarto com um olhar meio tristonho.

_ Bom dia hina-chan? - disse sentando-se na cama ao lado da morena com a bandeja em mãos.

_ Bom dia ten-chan.- hinata pôs a mão na boca e bocejou, olhou de um lado para o outro e procurou por Naruto. - Onde está o naruto-kun?

_ Bom hina-chan....ele já se foi. - Disse sem encara-la.

_ E-ele j-já foi? - disse com os enormes orbes marejados.

_ Não fique assim hina-chan, vai ver que ele logo logo virá. - sorriu solidária para a azulada que apenas chorava baixinha agarrada ao pequeno gatinho.

_ Espero que sim ten-chan, pois nós dois precisamos dele.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...