História Acontecimentos da Vida! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Turma da Mônica Jovem
Personagens Agnes, Aninha, Carmem, Cascão, Cascuda, Cebola, Denise, Do Contra, Franjinha (Franja), Irene, Isadora "Isa", Jeremias, Luca, Magali, Maria Mello, Marina, Mônica, Nimbus, Penha, Sofia, Titi, Toni, Xabéu, Xaveco
Tags Bullying, Cebola, Escola, Monica
Exibições 175
Palavras 579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Só para deixar "claro", essa história é inspirada na minha vida, então tudo o que acontecer vai ser uma parte da minha vida

Capítulo 1 - Mudanças


-me chamo Mônica, tenho cabelos curtos com a cor castanho, olhos castanhos claros, sou magra, fiz 15 anos e tenho um defeito nos dentes da frente, atualmente eu estou morando em São Paulo e tenho muitos amigos por aqui.

-minha rotina é:se levantar da cama, fazer minhas limpezas, tomar café, ir para escola e depois farra com os amigos, mas um dia foi diferente.

-tinha acordado e tomado banho, fui conversar com meus pais como sempre faço mas a conversa foi em um ponto que não me alegrou tanto.

Mônica:oi mãe, oi pai
Mãe:bom dia filha, dormiu bem?
Pai:por essa expressão, bem até demais né filhota?
Mônica:sim, tive belos sonhos
Pai:temos uma notícia para você
Mônica:o quê?
Mãe:seu pai foi transferido para uma cidade vizinha, nós vamos nos mudar
Pai:não é uma ótima notícia?
Mônica:não...PAI VOCÊ SABE QUE EU AMO MORAR AQUI, TODOS MEUS AMIGOS MORAM AQUI E A FAMÍLIA TAMBÉM E OUTRA EU NÃO QUERO IR!
Mãe:nos vamos e pronto e acabou! Você querendo ou não
Pai:arrume as malas e se despessa iremos em uma semana

-não me alegrou aquela notícia, não quero ir embora...mas para meu pai eu faço até maiores sacrifícios...bem mesmo arrasada, como era para arrumar as malas eu comecei com as coisas mais simples como roupas.

-fui para o colégio curtir com meus amigos a última semana que tinha com eles, foi um choque para todos até pros professores, então fizeram uma festa de despedida, confesso que chorei naquele momento pois sabia que nunca mais iria ver eles pelo menos nos próximos anos.

-passando as 3 aulas o sinal toca para que eu fosse para casa, me despedi e dei um discurso para todos e uma salva de palmas são direcionados para mim, quando cheguei em casa vejo meus pais conveesando com uma pessoa que nunca tinha visto.

-era o senhor que levaria nossas mobílias até nossa nova casa, estava tudo claro, nós iríamos partir hoje as meia noite em ponto, ajudei meu pai e minha mãe a colocar os móveis no caminhão e fui tomar um banho, deitei para dormir um pouco, estava triste, não parecia mas no fundo no fundo eu estava.

-fui despertada pela minha mãe que já estava pronta, eu estava com muita preguiça e a viagem seria longa, eu peguei minhas malas e partimos, dormi a viagem inteira e fui acordada quando ouvi o barulho do caminhão estacionar na nova casa.

-desci e olhei em volta, era uma casa grande, tinha um lindo quintal e muito espaço e ótimos cômodos, era uma boa casa.

-a vizinhança era bem agradável, tinha muitos vizinhos legais e tals...eu fui ajudar meu pai mas me deparo com um garoto que não avia visto antes, ele tinha os cabelos negros e lembrava uma cebola, tinha a minha idade e seus olhos erão um tom de castanho escuro, e era forte, ele também tinha me olhado e me deu um risinho, eu o retribui e vejo que somos vizinhos, nada mal!

-depois de ajeitar os móveis, fui organizar meu quarto que era bem espaçoso e tinha até um banheiro, coloquei minhas roupas no quarta roupa, maquiagem no banheiro e sapatos na sapateiro, e depois fui lanchar e fazer um tour pela casa.

-minha mãe e meu pai estavam conversando no telefone com várias pessoas que eram "diretoras de escola"para me matricularem.

-depois de muito papo, estava decidido eu iria estudar no colégio do limoeiro, mas me vem a pergunta "será que vão gostar de mim?"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...