História Dias para se lembrar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Amizade, Bangtan Boys, Bts, Férias, Jikook, Jimin, Jungkook
Visualizações 3
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Fluffy, Shonen-Ai

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA voltei porra! Depois de 48 anos eu consegui colocar esse novo projeto aqui! Só Deus e minha gata sabe a raiva que eu passei, eu to tentando postar essa caraia a 3 fuckings horas! T-T a minha internet estava uma pourraa. Essa fanfic já estava pronta a um bom tempo, mas eu sou preguiçosa e fiquei enrolando para arrumar ela e.e
Ela não é betada porque eu sou terrível na função de achar alguém que faça isso pra mim, PESSOAS QUE BETAM SE MANIFESTEM T-T Então eu dei meu jeitinho de arrumar, não sou muito boa então qualquer errinho podem me avisar, okay? okay.
Essa capa cheirosa foi feita pelo @hitmonchen DEMIAN EU TE AMOOOOOOOOOOO TÁ? E agradeçam a tia gohan, se não fosse a insistência dela em ver, essa fic taria escondida do mundo huahuahauhauah

Deem amor pra fic, gastei meu sangue, suor , lágrimas e auto controle pra terminar ela.
AMO VOCÊS BEIJOS NA BUNDA!

Capítulo 1 - Férias...


As férias escolares já tinham chegado para alguns, para outros faltavam apenas minutos para que o sinal da escola tocasse, todas as crianças ainda comentavam e se gabavam totalmente animadas entre si para onde viajariam com a família, faziam planos de se encontrarem para se divertir já pensando no final dos dias de descanso da corrida rotina escolar, menos Jeon Jeongguk, o menino já contava os dias querendo que as aulas voltassem logo pois não iria viajar para nenhum lugar em especial por causa do trabalho da mãe e nenhum de seus poucos amigos iriam ficar na cidade, seria só ele, a mãe e  seu gorducho e preguiçoso gato Sugar. O menino contava os segundos vendo os ponteiros do relógio se movendo lentamente, queria poder conversar com alguém para que o tempo passasse mais rápido, até poderia se juntar as demais crianças, mas o que teria para falar? Elas só sabiam falar dessas férias, e não ficaria confortável sendo o único a não ir para algum lugar legal e não ter histórias para contar quando voltasse. Tinha pensado na ideia de pedir para que a mãe o levasse para a casa dos avós, mas lembrou que eles iriam voltar para o país de origem para um programa de casal, e pensar em estar entre os dois fez com que Jeongguk fizesse uma careta só de pensar nos dois se beijando.

 

 Em meio aos seus pensamentos o alto sinal soara, estava oficialmente dado as férias. Todas as crianças exceto o menino gritaram jogando suas lancheiras para o alto -como se faziam em formaturas- soltando doces gargalhadas, a professora ria de toda a animação e desejava todas coisas boas a todos e rapidamente a sala ia se esvaziando. Jeongguk jogou a mochila sobre os ombros e saiu da sala calmamente andando pelos corredores cheio de gente barulhenta, se despediu das pessoas que vieram falar consigo brevemente os desejando boa viagem e prosseguiu até estar do lado de fora da escola, o dia ainda estava ensolarado e agradável, olhou para os lados procurando o carro da mãe e viu a linda mulher vestida no mais lindo vestido floral acenando para ele, a passos largos chegou até ela que lhe deu um beijo na bochecha dizendo que por ser um dia especial poderia ir na frente com ela.

 

- Animado com as férias querido? – Perguntou depois de sair com o carro.

- Sim... – O menino disse com a voz murcha enquanto arrumava o cinto de segurança, brincando com os dedos no tecido. – Mas não tanto.

 

 - Desculpa a mamãe meu amor, eu também queria muito ir para a casa do vovô, mas os meus chefes precisam que eu fique aqui. – A mulher explicou olhando pelo canto dos olhos a carinha triste do filho, a qual fazia o coração dela se partir em pedacinhos. – Mas a mamãe vai tentar fazer o possível para você se divertir, certo?

 

    A casa dos avós de Jeon era o seu lugar preferido no mundo todo, além de ficar de frente a um lugar lindo como a praia, tinha um grande parque de diversões por lá, que o garoto gostava de passear com a mãe e sempre sair cheirando a algodão doce ou carregando bichinhos de pelúcia maiores que os seus braços. Mas nada disso era tão importante para Jeongguk quanto ver aquele garoto baixinho de bochechas rechonchudas que morava ao lado, Park Jimin seu melhor amigo. Havia prometido que iria ver ele nas férias e estava muito triste por não poder cumprir todos os planos que eles passaram meses combinando pelo telefone.

 

- O seu trabalho é importante mamãe, tudo bem... – Jeongguk sorriu para a mulher mostrando seus fofos dentinhos de coelhinhos. – Eu vou conseguir fazer o Sugar brincar comigo, vou inventar a cura para preguiça. – Disse fazendo um sinal de força que fez a rir e concordar com a ideia do filho.

 

    Assim que chegaram em casa Jeongguk falou para a mãe que iria tomar banho antes do jantar que ambos escolheram ser pizza, já que era um tipo de ritual de família todas sextas-feiras pediam algo diferente. O menino foi para o quarto e largou a mochila pelo chão e se jogou na cama, encarando o travesseiro puxou lá de baixo um pequeno caderno surrado abrindo na página marcada encarando suas letras garranchadas sobre os planos que não executaria mais nessas férias, tudo bem pensado e sem utilidade agora, deixou o caderno cair no rosto e bufou, não conseguir o que queria o deixava frustrado. 

   Mais quentinho e em roupas confortáveis o menino deslizou pela casa com as meias até a mãe que o repreendeu por isso, mas riu da dancinha engraçada que o filho fez antes de se sentar do seu lado no grande sofá da sala e pegar um pedaço da pizza, iriam assistir um filme que o menino queria muito e não tinha coragem de assistir sozinho por ser de terror, e mesmo que ele tentasse disfarçar a mulher sabia que se tentasse o assustar ela conseguia, mas como era uma ótima mãe só ia rir dele mesmo. Jeon conseguiu disfarçar bem durante o filme, mas quando o gato Sugar apareceu do nada e roçou na perna do garoto miando ele gritou tão alto que até a mulher se assustou e depois quase não conseguiu respirar de tanto que ria enquanto o menino gritava todo vermelho para que ela parasse, que só funcionou quando os dois ouviram o telefone tocar, o menino congelou com medo de que fosse a Samara dizendo que ele só tinha mais sete dias de vida, choramingou para que a mais velha não atendesse, claro que ela o ignorou e rindo da ingenuidade do filho foi atender. Seguindo-a ficou com a metade do corpo escondido pela parede só mostrando o rosto e as mãos que nela se apoiavam curioso para saber o que a mãe falava tão animadamente.

 

- Mas é claro que pode! Ele vai adorar. – A mulher sorria enquanto enrolava o fio do telefone nos dedos, ela lançou um olhar alegre para o filho confuso, o chamando com a mão acariciou o bagunçado cabelo preto do garoto de braços cruzados com a cara emburrada por antes. – Amor, a tia Park está no telefone, ela e o marido vão viajar a trabalho... eles queriam saber se o Jiminnie pode passar as férias dele com a gente, ele pode? – Ao olhar para a carinha do filho mudando rapidamente de expressão e os vários sim que o garoto disse assim que abriu a boca a mulher riu. – Então, SooJin acho que você tem a segunda resposta que precisava... – Olhou o menino que dava alguns pulinhos e fazia gestos engraçados. – Sim meu Jiminnie ele está aqui todo feliz, você quer falar com ele anjinho? Jeon Jeongguk para de girar o Sugar e vem falar com o Jimin! – O menino largou o gato no chão vendo ele quase cair de tontura e correu até a mãe, pegando o telefone da mão dela colocando no ouvido.

-Oi! – Disse sorrindo mesmo que só a mãe e Sugar que estava se dando um banho pudessem ver.

-Oi! – A voz de anjo do menino ao outro lado da linha foi igualmente animada, ele estava sorrindo também. – Eu vou para sua casa!


Notas Finais


VEADAAAS eu não decidi qual dia da semana irei postar os capítulos, mas eu juro que não demoro como costumo fazer! Ela já está toda pronta, então só aguardem, amo vocês!!!! Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...