História Die for you (jikook) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 335
Palavras 1.174
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha quem chegou com mais um capítulo sem revisão... Eu, tia Carol kkks
Espero que não tenham muitos erros, se houver por favor me informe que irei concertar.
O capítulo está sendo narrado por minha pessoa rsrsrs.
Epero que fiquem feliz ao ler este capítulo.
Espero que gostem
Amo vocês bolinhos
*sorry pelos erros*

Capítulo 10 - A vida beijou a morte


Fanfic / Fanfiction Die for you (jikook) - Capítulo 10 - A vida beijou a morte


Ele correu. Suas pernas gritavam por socorro e seus pulmões pediam por ar, ele não sabia mais pra onde ir, só restava um lugar, o seu lugar especial. Terraço, o local  onde o céu é bem visível e chamativo e a brisa é fria e suave, menos quando uma forte tempestade está por vir. 

Jimin, tem certeza que sua tempestade interna está prestes a desabar. Se ele dar mais um passo  ela irá chegar, com um vento forte e gotas grossas. Fazendo as pessoas a sua volta sofrerem com as consequências. 

— Jimin — taehyung lhe gritou com dificuldade pela falta de ar.

— Hum — murmurou com a voz embargada pelo choro. 

— Eu iria até perguntar se você está bem, mas deixa pra lá — se pois ao lado mais velho e o abraço de lado — Hey, minie não ligue pro idiota do Jungkook. 

— É difícil quando você é completamente apaixonado por essa pessoa, mas ela não liga pra seu amor e simplesmente amassa ele, como se fosse um pedaço de papel que irá direto para o lixo.

— Wow, isso foi profundo, mas eu tenho certeza que o amor do Jeon por você é recíproco — deu uma leve risada e Jimin começou a chorar mais — hum, desculpa 

— V..você não tem culpa, ele que não merece meu sofrimento e muito menos meu amor — limpou suas lágrimas que ainda caiam e se levantou — vamos, eu estou bem.

— É assim que eu gosto de te ver. Mas por favor, me prometa que quando chegar em casa não irá se cortar e nem tomar algum remédio forte para dormir — Tae proferiu olhando nos olhos do amigo e o mesmo apenas concordou com a cabeça. 

Infelizmente não foi o que aconteceu. O mais velho chegou em casa desesperado em busca de uma lâmina afiada e de seu "diário" de cartas suicidas. 

— E mais uma vez somos só nós dois lâmina — o garoto disse inserindo a mesma em seu pulso.

 Prosseguiu com os cortes até o sangue cobrir seu pulso e manchar a folha branca e vazia de seu "diário", a mistura de sangue e lágrimas era interminável. O garoto podia jurar que iria morrer sangrando enquanto lágrimas escorrem interminavelmente por seu rosto. Mas não foi o que aconteceu. 

— Jimin, me deixe entrar — a voz masculina se fez presente do outro lado da porta e rapidamente Jimin limpou seus pulsos e guardou o "diário". 

— O que você quer ? — falou ríspido 

— Eu só vim avisar que Jin hyung está lá em baixo a sua espera — o mais novo disse envergonhado.

— Obrigada por me avisar Jihyun — deu uma leve bagunçada no cabelo do mais novo e desceu em direção a sala. 

— Jimin, você está bem ? — Jin perguntou abraçando o mais novo.

— Não hyung, eu não aguento mais essa vida. Está tudo tão confuso — soltou tudo o que estava preso em sua garganta e novamente a vontade de chorar se fez presente.

— Respira, tenha calma. Ok ? — Jin  pronunciou com a voz falha.

— Uhum 

— Eu tenho uma noticia boa, você poderá ficar lá em casa hoje — sorriu e limpo as lágrimas que existiam em cair sobre a bochecha de Jimin. 

— Por que ? 

— Seus "pais" não irão estar aqui, então não quero te deixar sozinho, apesar de ser a mesma coisa praticamente — murmurou 

— Ok — subiu correndo para avisar seu irmão e arrumar suas coisas. 

[...]

E novamente o garoto estava em sua antiga casa, onde se encontrava seu belo quarto peculiar e a deliciosa comida de sua tia. 

— Jimin, meu filho — gritou a mulher ao ver seu sobrinho.

— Tia Soo — o menino pronunciou abraçando a mais velha. 

— É bom te ver novamente — sorriu docemente.

— Digo o mesmo — retribuiu o sorriso.

— Vá guardar suas coisas e depois desça para comer — ordenou e o rapaz apenas assentiu e subiu a longa escada. 

Ao chegar em seu antigo quarto respiro fundo e colocou suas coisas sobre a escrivaninha, jogou-se na cama e relaxou sobre a mesma. Ele realmente não conseguia fazer isso na sua "casa nova". Olhou por alguns segundos o teto branco e sem vida, e logo fechou os olhos para pensar em tudo o que vem acontecendo em sua vida.

Só merda. 
 
Jimin estava imerso em seus pensamentos quando duas batidas  foram ouvidas pelo mesmo, se levantou ajeitou suas roupas e abriu a porta provavelmente era Jin chamando-o para comer. 

Ele estava errado, era Jungkook em carne e osso. Mais pálido que o normal e com os olhos extremamente vermelhos. Seus  braços estão machucados ? Ele se cortou ? 

— Jungkook por que está aqui ? Já não me fez sofrer demais ? Sai daqui, por favor — ordenou mas não obteve nenhuma resposta, apenas um abraço vindo do mais novo. Jimin se assustou, mas  ao ver que o garoto estava chorando não demorou para corresponder.

— Desculpa hyung. Eu sei que sou um idiota, besta do caralho que merece morrer queimado, mas por favor me faz parar de sentir essa dor e me perdoa ? — sua voz estava um fio e seus soluços haviam aumentado.

— Jeongukk, olha eu vou te perdoar sempre pois você é meu melhor amigo e amigos são para isso, mas por favor quando for beijar meninas, beije elas fora da escola. Ver isso me dá nojo — fez uma cara de desaprovação e se afastou de Jungkook dando um pequeno sorriso. 

— Hyung, nós podemos ser mais que amigos — Jungkook disse se aproximando de Jimin colando suas testas — Eu te amo tanto, que não dá mais para esconder. 

— Você tem razão, não dá mais pra esconder — deu um longo suspiro e se afastou de Jungkook — Mas se ficarmos juntos, você não será feliz, e não terá uma família com filhos seus. Jungkook eu sou um problema pra todos a minha volta, todos que me amam acabam machucados. 

— Foda-se, se não podemos ter uma família com filhos nossos, podemos adotar, sabia ? Se eu estiver com você, tudo à minha volta fica mais colorido e feliz — sorriu mais uma vez e tomou os lábios do mais velho. Os lábios carnudos que sonhou por noites estar beijando. Colou seus corpos quebrando qualquer espaço que os separava. 

E foi assim que a vida beijou a morte, o rato beijou o gato. Jungkook mostrou para Jimin que é possível duas coisas totalmente diferentes, se tornarem uma só, com um simples ato de amor, provando que todas as teorias que apontam que os opostos se atraem estão corretas. Afinal um suicida se apaixonou por um louco, que ainda não havia se descoberto. Mas que só se tornou o que é  hoje, pela paixão que o suicida ascendeu em si. Eles formam um  Yin-Yang  perfeito. 

— Você se cortou ? — Jimin perguntou ofegante e com os lábios inchados. Por ter acabado de receber o melhor beijo de sua vida. 

— Sim — Jeon respondeu confiante, sem nenhum resquício de arrependimento em sua voz. 

— Porque fez isso ? — Jimin pergunto incrédulo.

— Por você — sorriu de canto e tomou mais uma vez os lábios do mais velhos para si.

E foi nos lábios de Jimin, que Jungkook encontrou seu novo vicio. Sua nova droga. Seu porto seguro. 


Notas Finais


Tam tam... CAI DA MOTOQUINHA, ESCREVER ESSE CAPÍTULO MEXEU COMIGO. *suspiro*
Espero ter agradado todos com essa ultima parte.
Aí meu otp finalmente está dando seus primeiros passinhos, como um bebê de 1 aninho.
Deem muito amor à essa fic, pois ela é muito especial para mim ❤️.
Não estou num tempo bom, então por isso os capítulos tiveram essa recaída. Desculpa.
Comentem
Amo vocês
Kamsamnida ❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...