História Diferentões- Quebrando as regras da sociedade - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Apollo, Austin Lake, Bianca di Angelo, Calypso, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Dionísio, Eros (Cupid), Frank Zhang, Hades, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Percy Jackson, Perséfone, Personagens Originais, Piper Mclean, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Thalia Grace, Travis Stoll, Will Solace
Tags Caleo, Frazel, Percabeth, Pjo\hdo, Solangelo, Thaluke, Wico, Wilco
Visualizações 147
Palavras 1.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oii anjinhoss

Capítulo 8 - Talking to the moon


Fanfic / Fanfiction Diferentões- Quebrando as regras da sociedade - Capítulo 8 - Talking to the moon

 Dia seguinte.

isabel narrando~~

 

estávamos na escola, pra ser mais exata no refeitório.

percy falava com os solace sobre entrar na equipe de natação; piper, annie, bianca e clarisse falavam sobre qualquer dia ter uma reuniãozinha na nossa casa; leo estava falando pro jason e pro nico sobre a menina nova, eu não gostei dela, veio toda amiguinha pra cima do MEU Austin. ta ele, não é meu AINDA, mas vai ser. ah e eu? eu tava fazendo a melhor coisa do mundo: comendo. 

- depois reclama que 'ta gorda- me virei e vi nico me dizendo isso.

- vai pegar um sol , o fantasminha camarada. deixa eu come.- nico fez cara de ofendido e disse alto suficiente pra toda a mesa ouvir:

- iiih olha a TPM. - toda a mesa olhou pra nós- ninguém fala com a isabel hoje.

bufei

-vai crescer seu nanico- e  levantei da mesa, pegando o lanche dele, é claro. 

- EITA- Disse Nico a hora que eu peguei o lanche- vai virar orca.

- vou mesmo, vou mesmo.- e sai dali indo pra sala de aula.

 

 ~~~~

Bateu o sinal pra eles voltarem pra aula, Nico passou por mim e sorriu. O que eu fiz? Mandei o dedo do meio pra ele. 

- que isso maninha, vem cá da um abraço vem- ele abriu os braços pra me abraçar e eu recusei. 

- sai daqui, seu magricelo ridículo -ele apenas riu e continuou tentando me abraçar- saiii, o amor acabou.- então ele saiu rindo. 

 ***

estava em casa de boa, até meu pai chegar e dizer que ia ter que ir a NY urgente e ficaríamos uma semana em casa sozinhos. 

o que resultou em vários sorrisos maliciosos. eu subi pro meu quarto e sentei na sacada pequena ( que eu sinceramente não sei pra que existe se da direto no quarto do austin. austin: vai dizer que cê não gosta?

eu: cala a boca. 

Austin: vem calar. 

todos: uuuh intimo) comecei a ler um livro qualquer, olhei para a lua e ela tava tão linda, me lembrei de uma musica mais linda ainda : talking to the moon- bruno mars.

 e simplesmente a letra começou a sair da minha boca.

 

I know you're somewhere out there

Somewhere far away

I want you back

I want you back

My neighbors think I'm crazy

But they don't understand

You're all I have

You're all I have

 

Eu sei que você está em algum lugar lá fora

Em algum lugar longe

Eu quero você de volta

Eu quero você de volta

Meus vizinhos pensam que eu sou louco

Mas eles não entendem

Você é tudo que eu tenho

Você é tudo que eu tenho

 

eu não precisava da musica, o ritmo dela vinha na vinha cabeça, eu a sentia e sentia que o que eu  estava cantando vinha do coração, bem do fundo dele como se estivesse cantando pra lua, e eu estava.

 

At night when the stars light up my room

I sit by myself

Talking to the moon

Trying to get to you

In hopes you're on the other side

Talking to me too

Oh, am I a fool who sits alone

Talking to the moon

 

À noite, quando as estrelas Iluminam o meu quarto

Me sento sozinho

Conversando com a lua

Tento chegar até você

Na esperança de que você esteja no outro lado

Conversando comigo também

Ou eu sou um tolo que fica sentado sozinho

Conversando com a lua

 

eu não pensava em nada, aquele momento era meu e dela. Aquele momento era de isabel di Ângelo com a lua. 

 

 I'm feeling like I'm famous

The talk of the town

They say I've gone mad

Yeah, I've gone mad

But they don't know what I know

Cause when the sun goes down

Someone's talking back

Yeah, they're talking back

Estou me sentindo como se eu fosse famoso

O assunto da cidade

Eles dizem que fiquei louco

É, eu fiquei louco

Mas eles não sabem o que eu sei

Porque quando o sol se põe

Alguém está falando de volta

É, eles estão falando de volta

 

 eu estava olhando fixamente pra lua, e esse transe nem as nuvens ousavam atrapalhar. 

 

At night when the stars light up my room

I sit by myself

Talking to the moon

Trying to get to you

And hopes you're on the other side

Talking to me too

Oh, am I a fool who sits alone

Talking to the moon

À noite, quando as estrelas Iluminam o meu quarto

Me sento sozinho

Conversando com a lua

Tento chegar até você

Na esperança de que você esteja no outro lado

Conversando comigo também

Ou eu sou um tolo que fica sentado sozinho

Conversando com a lua. 

 

eu sinceramente não sei o que estava pensando, mas sei que deixei uma lagrima involuntária  cair. Não quis tira-la, por que se caiu era pra ter caido. 

 

Do you ever hear me calling?

Cause every night

I'm talking to the moon

Still trying to get to you

And hopes you're on the other side

Talking to me too

Oh, am I a fool who sits alone

Talking to the moon

 I know you're somewhere out there

Somewhere far away

 

Você já me ouviu chamando?

Porque toda noite

Eu estou falando com a lua

Ainda tentando chegar até você

Na esperança de que você esteja no outro lado

Conversando comigo também

Ou eu sou um tolo que fica sentado sozinho

Conversando com a lua

Eu sei que você está em algum lugar lá fora

Em algum lugar longe

 

quando cantei essa ultima parte fiz um esforço a mais pra conseguir elevar minha voz, se eu estava gritando eu não ligava, se eu acordasse alguém eu não ligava, eu queria liberar de mim qualquer coisa que me estresse. 

 quando olhei pro lado, ali estavam Bianca,Nico, annie, percy, piper, jason e leo. na janela will e Austin

limpei a lagrima rapido, não se pode nem chorar mais em paz. 

- o que vocês estão fazendo aqui?

- estávamos falando no grupo sobre ir comer pizza e viemos te chamar, quando eu ouvi você cantando resolvi ficar pra ouvir e depois veio os outros- disse piper. 

-  podia ter batido. 

- não quis atrapalhar, só isso. 

-ok, ainda vamos comer pizza?

-sim...

-posso me trocar sem plateia?-todos saíram do quarto e eu ja estava quase tirando a blusa quando ouvi alguém limpando a garganta, me lembrei da pessoa que mora na janela vizinha. Austin estava olhando pro will com uma cara de poucos amigos.

- se não quisesse ver podia ter saído do quarto- eu ri disso, acho que foi meu primeiro sorriso hoje.

fechei as cortinas e consegui ouvir o Austin brigando com o will. 

fui até o closet e coloquei umas calças jeans preta, uns tênis pretos e uma blusa de mangas compridas azul escuro. resolvi não fazer maquiagem e só embolei meu cabelo num coque, que menina que gosta de se arrumar quando esta de TPM?

- vamos cambada, eu to com fome.- sai gritando. 

~~~~

  chris e clarisse estavam em carros separados por causa que chris, clarisse e travis eram os unicos que tinham 16  anos, e carteira provisória. 

no carro do travis estavam :connor, travis, leo, bianca e nico. No de clarisse entraram a piper, jason, percy e annabeth na frente. Então por ''coincidência" eu fiquei no carro de chris junto com o Austin e o will. eu ia sentar na frente, mas o wil sentou bem na hora. 

então fui obrigada a sentar ao lado de Austin. ah como eu sei diferenciar os gemeos? os cabelos do will são um pouco mais longos e ajeitados que o do austin.

O carro estava em movimento indo em direção a pizzaria. Eu acho. 

- eu devo ficar com medo por estar num carro com três meninos do dobro do meu tamanho?

- não- responderam os três em uníssono.isso fez eu me encolher no banco, e eu tenho certeza que eles perceberam, por que logo após isso chris falou:

- tenho uma namorada que não me deixa na mão, literalmente. 

- por mais que você seja gostosa não me atraí sexualmente. - disse will.

olhei pro Austin que era o unico que não tinha falado nada ainda. 

- o que? não tenho namorada, e você me atrai muito sexualmente ou não, mas qualquer coisa que eu quiser fazer com você não será contra sua vontade. 

o encarei por uns momentos e depois me interessei muito pela a paisagem de miami

 


Notas Finais


minha mãe tava incomodando pelo computador então espero que esteja bom.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...