História Different but equal! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela
Personagens Fernando Mendiola, Letícia "Lety" Padilha Solís, Personagens Originais
Tags Ferlety
Exibições 56
Palavras 1.938
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa Leitura 😘

Capítulo 2 - Ela Voltou!


- Fernando qual é porque ta tão incomodado?

- Nem eu sei Carvajal acho que é por saber como ela me irrita e agora aquela Peste vai voltar.

- Ainda não entendi o porque de estar tão bravo não é mais fácil ignorar ela? Fingir que não existe ? Para de se estressar.

- Você ta certo mesmo eu preciso relaxar pelo menos até a hora da festa.

- Eu sempre estou certo, e olha pensa pelo lado bom ela deve ter mudado.

- Não me interessa saber nada dela Omar, Desde quando ela entrou naquele carro eu nunca mais falei com ela e nem me interesso em saber como esta.

- Marcia me disse que ela mudou bastante.

- A gente também mudou Omar na verdade todos nós mudamos afinal não podemos ficar parados no tempo - disse batendo o lápis na mesa.

- Sim mudamos muito veja onde estamos você agora é presidente e eu sou vice, Marcia é diretora de criação tudo se encaixou.

- Sim é verdade.

- Chegamos onde sempre quisemos estar Omar.

- Mais e ai sera que ela ainda usa óculos? E tem aparelho ?

- Não sei Omar - disse irritado.

- Bom veremos hoje a noite não é mesmo, estou animado vai ter varias gatinhas.

- Você só pensa nisso Omar.

- E você também não fica muito atrás não seja hipócrita.

- OK todo esse papo esta me entediando.

- Hoje vamos beber e muito Fernandinho pois as festas do seu Erasmo é ótima pra isso.

- Tenho que concordar o velho é muito bom nisso.

- Então se anime hoje é sexta feira e já estamos perto do fim do ano.

- E tudo o que quero é tirar umas férias não sabia que assumir a presidência era tão trabalhoso.

- E isso é porque fazem apenas 3 meses.

- Nem me lembra, tem ainda 9 meses pra frente para mostrar pro meu pai que devo ficar fixo na presidência, e tenho medo de cometer algum deslize sabe.

- Pois não tenha meu caro Presidente dará tudo certo você vai ver, bom agora vou indo para minha sala só queria ver como estaria com a noticia que Leticia Padilha voltará.

- Tchau Omarzinho vai embora - ele por fim saiu e aquele idiota me fez ficar pensando, tomara que Leticia tenha mudado nesses 10 anos porque agora ela vai assumir a empresa do Pai, vamos tecnicamente trabalhar juntos já que as empresas tem parceria, Seu Erasmo resolveu descansar juntamente com Dona Julieta depois de tanto trabalho, estava perdido nos meus pensamentos ate Marcia entrar feito um furacão na sala e toda eufórica.

- Olá senhor Presidente - disse com um sorriso de orelha a orelha.

- Oi Senhora diretora de Criação - Falei sem ânimo algum.

- Nossa que desanimo é esse ?

- E você porque está tão animada ?

- É sexta feira Fernando e a Letícia volta hoje - bati palmas.

- Isso só é bom pra você Marcia.

- Não acredito que tenha algo contra a Letícia ainda qual é não somos mais crianças Fernando acho que já passamos dessa fase.

- Não disse que tenho algo contra a Senhora Padilla, mais essa informação não me acrescenta em nada.

- Se não tem nada contra ela vem almoçar conosco ?

- Vou almoçar com o Omar.

- Venha vocês dois então somos todos amigos mesmo vai ser bom relembrar os velhos tempos.

- Não minha querida, vou deixar as duas irem almoçar sozinhas pois tenho certeza que tem muitas coisas para falarem não é ?

- Isso tudo é desculpa pois tem algo sim contra a Lety, como você é infantil Fernando - revirei os olhos.

- Hey não sou infantil só não quero atrapalhar as duas melhores amigas.

- Tabom sem ironias estou indo e não volto mais hoje nos encontramos a noite e vê se não atrasa papai odeia isso.

- OK Marcia obrigado pelas recomendações já acabou ?

- Ah e nem inventa de levar alguma amiga sua anorexa, agora tchau beijinhos - sai de sua sala.

- Tchau Marcinha - disse pra porta fechada, comecei a massagear a minha têmpora aguentar Marcia e Omar era uma tarefa dificil, meu celular começou a chamar olhei o nome já sabendo o que viria.

- Alô ? Oi Mamãe

- Olá filho como vai ?

- Estou bem e a senhora ?

- Estou bem, você irá na festa de boas vindas para a Leticia ne ?

- Sim mamãe - falei revirado os olhos impaciente.

- E já sabe não é Fernando ? Nada de levar uma dessas meninas que você arruma nem sei aonde, é uma festa de família e não se atrase tambem.

- Pode deixar mamãe não farei nada disso.

- Vai levar algo ?

- Levar o que pra quem ? - Perguntei confuso.

- Oras para Letícia compre ao menos uma flor, não seja Mal educado Fernando pois não te ensinamos isso.

- Tabom Mamãe vou ir almoçar e compro algo pra ela pode deixar.

- Tchau filho nos vemos mais tarde te amo.

- Te amo também mamãe - desliguei o telefone. Eu até entendia a preocupação de todos em me dar as recomendações pois estão acostumados a me ver com uma menina diferente a cada semana, mais respeito muito Seu Erasmo e Dona Julieta, me levantei indo em direção a sala do Omar na intenção de chamá-lo para almoçar, mais acabamos nos encontrando no corredor.

- Tava indo te chamar para almoçar Maninho.

- Pois eu também, então vamos - fomos para o elevador chamando o mesmo e logo chegando ao térreo, fomos no meu carro para o restaurante que estávamos acostumados a almoçar, fizemos nossos pedidos e ficamos aguardando.

- Márcia me chamou pra almoçar com ela hoje, mais ai como você não ia não queria ficar no meio dela e da Leticia com certeza ficaria perdido.

- Ah claro que recusei não estou preparado para ver ela logo assim de cara, deixa chegar na hora da festa, na qual eu daria tudo para não ir.

- Ah qual é não vai ser tão ruim Fernando.

- Eu espero. E ainda tenho que comprar algo pra ela acredita ?

- Porque ?

- Minha mãe praticamente me obrigou a comprar e se eu chegar de mão abanando eu vou ouvir um mês inteiro.

- Passe em qualquer floricultura e encomende um buquê de flores ou peça para a sua secretária fazer isso ela saberá escolher.

- Sim farei isso quando voltar a empresa, agora vamos mudar de assunto por favor.

*********************************

MÁRCIA

- Sentei no restaurante a espera da Letícia que havia me ligado dizendo que ja estava chegando olhei ao redor e vi ela se aproximar me levantei com um sorriso enorme no rosto e assim que chegou perto de mim me abraçou apertado e eu lógico correspondi.

- Meu Deus como senti sua falta.

- Letícia Padilha quando me disse que havia mudado um pouco não imaginei que fosse tanto - disse analisando ela que estava com os cabelos na altura do ombro da cor marrom dourado com umas luzes loiras mais não aquele forte um que combinava perfeitamente com ela.

- Gostou ? - sorri pra ela.

- Adorei. Mais vamos sentar e pedir estou com fome - nos sentamos e fizemos logo o nosso pedido.

- E como estão as coisas aqui ?

- Esta tudo caminhando bem.

- Então Fernando Mendiola é presidente e Omar Carvajal vice ? As coisas realmente estão caminhando bem ? - sorri.

- Por incrível que pareça sim, Se Fernando quer ficar com a presidência ele tem que fazer por onde.

- Entendi, mais e os seus rolos Márcia me conte não esconda absolutamente nada.

- Não tenho nenhum rolo - falei suspirando.

- O que aconteceu com os homens dessa cidade ? Deixando minha amiga gata dos olhos verdes assim, precisa ir pra balada mais vezes.

- Oi ? Leticia Padilha Solís é você mesmo ? Se não for por favor devolve minha amiga.

- Gargalhei - Muitas coisas mudaram Márcia muitas mesmo, nos últimos três anos percebi que estava perdendo tudo de bom que a vida poderia me oferecer, então me abri para as novas mudanças e acredite eu adorei isso.

- E como seus pais reagiram a essa nova Leticia ?

- Eles só conhecem a minha aparência por enquanto, nem falei pra eles que não vou morar naquela casa e sim sozinha em um apartamento.

- Seu pai vai surtar - falei sorrindo.

- Sim, porém me acostumei com a liberdade que eu tinha, e não pretendo mudar nada há não ser claro ter total responsabilidade com empresa da família.

- Ta certo amiga, mais estou feliz que tenha voltado senti tanta sua falta.

- Espero que não tenha me substituído senhorita Vilarroel.

- Isso jamais você sabe, e te digo o mesmo.

- Não mudamos em nada e pra comemorar realmente minha volta hoje vamos para a balada e vou te mostrar a nova Letícia.

- Mais tem a sua festa hoje a noite.

- A noite hoje é uma criança Márcia - sorrimos e nossos pedidos chegaram.

- O garçom encheu nossos copos de champanhe e Ergui - Vamos brindar a sua volta.

- A minha volta - sorri e bati minha taça na dela bebendo logo em seguida, e seguimos o almoço conversando contando sobre esses anos afastadas.

- E já escolheu seu look para hoje a noite Lety ?

- Sim mais preciso de um sapato, quer vir comigo ?

- Eu ia te chamar pra irmos as compras preciso de algo para hoje.

- Então chamou a pessoa certa, não vou escolher nada parecido com isso que esta usando.

- O que tem de errado com meu look ?

- Ai Márcia é muito sério deveria usar algo mais jovial, que ressalte mais a idade que realmente você tem.

- Mamãe já me disse isso.

- Então deveria ter ouvido ela - sorri comendo minha comida.

- OK, já que você agora não é mais uma simples economista irá me ajudar com meus novos looks.

- Aprendi muita com a Carolina minha prima, ela é estilista o vestido que usarei hoje é um modelo dela.

- Nossa que chique não senhorita Padilha.

- RI do comentário dela - Fazer o que né se eu posso.

- Engraçadinha - RI junto com ela.

- Senti falta dos nossos momentos assim falar por telefone e email não eram a mesma coisa.

- Com certeza não, agora vamos você tem uma missão a fazer ainda hoje.

- Tudo bem deixa eu chamar o garçom - chamei e pagamos a conta.

- Podemos ir ? - Me levantei.

- Sim vamos - sorri, me levantei e entrelaçei meu braço no dela saindo do restaurante, indo as compras.


Notas Finais


E ai ? Tão gostando?

Obrigado por ler

- Danih Thelles


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...