História Different Love - Lutteo - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Amanda, Ámbar Benson, Ana, Cato, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Ramiro, Rey, Ricardo, Sharon, Simón, Tamara, Tino, Yam
Tags Blake South College, Gastina, Lutteo, Simbar, Sou Luna
Exibições 130
Palavras 1.217
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii meus amores💞💙 Tudo bem? Espero que sim 💜
Muito obrigada pelos comentários e pelos favoritos, estou muito feliz ❤️ Bem, estou de férias, irei ter mais tempo pra vocês 💞
Boa Leitura ❤️

Capítulo 8 - 8.Patricinha rival que eu adoro.


Fanfic / Fanfiction Different Love - Lutteo - Capítulo 8 - 8.Patricinha rival que eu adoro.

 


ANTERIORMENTE:
[...]
— Sei que não nos damos muito bem, mas formamos uma bela dupla em cima dos patins. — pronunciou Matteo.

—  Não posso deixar de concordar com você. — a morena sorriu.

Talvez fosse um novo passo para Luna e Matteo.

 
[...]

CONTINUA...


Autora(Mandy)

Já era sexta-feira, Gastón não tinha nem convidado a Nina ainda, então não era certeza de que Matteo e Luna iriam juntos para o baile da escola, então o mais óbvio queria que não iam juntos

O Italiano estava um pouco inconformado com a decisão do amigo, queria que ele convidasse "a nerd" pra ir ao baile acompanhado dele, mas Gastón não queria a sujar imagem de garoto popular que tinha na escola. 

Luna nem ligava muito se ia ou não com Matteo, grande parte dos garotos daquela escola tinha convidado a Mexicana para ir ao baile, muito diferente da sua amiga, que não tinha ninguém para ir.

— Nina! Você precisa ir comigo! — pediu Luna.

— Luna, você vai com o Matteo, eu não tenho ninguém para ir, você já tem a roupa perfeita, eu não tenho, você tem... — a Mexicana interrompeu Nina.

— Nina, para disso! Você tem uma coisa que eu certamente nunca tive, você tem lealdade. Não importa o meu par ou a roupa perfeita que eu tenho. Esses garotos de hoje não prestam. Se ninguém te convidar para ir ao baile, eu também não irei acompanhada por ninguém! Ok? — Luna disse surpreendendo Nina.


— Mas e... — Luna a interrompeu novamente.

— Nada de mais, Nina! Você vai e ponto final!

— Tudo bem... — Nina sorriu.

— Vamos no meu closet, quando eu fui comprar meu vestido não me segurei e trouxe outros, tenho certeza que um deles irá ficar lindo em você!

Nina ficou por horas experimentando vestidos e sapatos maravilhosos que Luna tinha, as morena estavam aproveitando o momento fashion.

 

Matteo acabara de confirmar com uma garota do Blake que iria com ela, era bem óbvio que não tinha condições de ir com Luna, o seu amigo não tinha cooperado com a proposta da Mexicana, o loiro tinha convidado uma garota de sua classe, Delfina, e com isso o Italiano tinha ficado sem escolhas a não ser ir com outras garota.


— Gastón, você é um ótimo amigo, sabia? — indagou Matteo de deboche.

— Eu sabia disso, Matteo. — o loiro se jogou na cama do amigo. — Vai pro Roller, hoje?

— Hoje não, só segunda-feira, estou cansado, o que acha de jogarmos uma partida no Fifa

— Apenas uma não, vamos jogar até se cansar. 

Matteo e Gastón ficaram jogando videogame no quarto do Italiano, pararam só pra comer e ir ao banheiro, o vicio que os dois tinham era grande.


SÁBADO 7:00h p.m

 

Luna vestia um vestido rosa bebê, um pouco acima do joelho, com a saia dele com várias camadas de um tecido fino e a parte de cima totalmente detalhada, seu cabelo estava solto e os cachos caíam perfeitamente, de calçado usava um saltinho da mesma cor do vestido.
Nina estava totalmente diferente do que costumavam vê-la. A morena usava um vestido um pouco parecido com o da Luna, mas manga era longa e na cintura ele bem justo, fazendo uma silhueta perfeita, seu cabelo também formavam cachos nas pontas e bem modelados.
Com certeza elas estavam lindas, mais belas impossível!

— Nina, tira esse óculos, agora! Você está muito linda pra usar esses óculos ridículos.

— Não, não! Eu não posso tirar os óculos.

— A solução são lentes. — Luna abriu uma de suas gavetas e pegou caixinha onde guardava suas lentes. — São transparentes, então não vai tirar o brilho dos seus olhos. 

* * *


Assim que Luna e Nina chegaram na festa, todos olharam pra elas. Nina tinha as bochechas rosadas de tão tímida que estava, já Luna tinha postura e um mais largo e belo sorriso no rosto.

Quando os olhos do Italiano se encontraram com os olhos da Mexicana, eles se iluminaram involuntariamente.

— Ela está tão... Tão linda... — disse Matteo ao amigo que estava ao lado.

— Eu sinto muito por não ter convidado a Nerd para ir ao baile comigo... — disse Gastón.

— Eu vou falar com ela. — Matteo saiu de perto do loiro e foi até Luna. — Me empresta sua amiga, um instante? — sem esperar Nina responder ele puxou Luna para o meio do pessoal que já tinham saído do transe ao olhar as garotas. 

— Eu não te dei permissão, Mauricinho, lembra que seu amigo não convidou a minha amiga Nerd para ir ao baile? — disse Luna se soltando de Matteo. 

— Você está muito bonita também. — disse Matteo de deboche.

— Disso eu já sabia, né? Sou linda de qualquer jeito. 

— E o lado patricinha nunca morre, não é mesmo? Não veio acompanhada por ninguém? — Matteo segura a cintura de Luna e puxa uma dança com ela.

— Não mesmo, Nina não veio acompanhada por ninguém, não queria deixá-la na mão. — disse Luna seguindo os passos de Matteo.

— Não é o que parece, sua amiga nerd está dançando com um garoto. — disse Matteo ao ver Nina dançando, a Mexicana levou o olhar até onde o Italiano olhava.

— Nina e Xavi? Credo! 

— Meu amigo perdeu o que tinha de bom, a nerdzinha sem aquele uniforme é muito bonita. — disse Matteo e Luna o olhou séria. — Mas com certeza você é mil vezes mais.

— Melhor assim.

— Você morre de ciúmes de mim, né? 

— Não te reconheço, Matteo. Eu nunca vou sentir ciúmes de você, logo de você. — ela revirou os olhos e ele riu. 

— Bom, você não aceitou meu convite, então eu vou dançar com a 
tal de Pietra, vim acompanhando ela. — o Italiano disse e se desaproximou de Luna.

Luna ficou um pouco chateada. Matteo tinha deixado ela sozinha e viu Ámbar dançando com Simón, sua ex-melhor amiga estava feliz e parecia apaixonada, apaixonada pelo garoto que elas mais tratavam mal, a vida parecia meio injusta para Luna Valente.

Depois ela olhou para Nina. A sua amiga Nerd parecia feliz por estar dançando com Xavi, talvez fosse um erro o que ela tinha proposto pra Matteo.

Nina abandonou a dança com Xavi e foi ficar perto de Luna.

— Estamos linda... Mas o baile está uma droga. — disse Nina ao chegar perto de Luna.

— Não Nina, o baile está perfeito pra você, vá dançar, Xavi está te esperando, eu vou me sentar em uma das mesas. — Luna sorriu com sinceridade.

— Tudo bem, depois eu volto. — Nina saiu de perto da amiga e Luna foi se sentar.

A Mexicana baixou a cabeça na mesa entediada, ela tinha feito de tudo pra ver Nina feliz, enfim conseguiu, mas ela não estava feliz, poderia ser a mais bela da festa, mas já não continha o sorriso que esboçava no rosto quando tinha chegado no baile.

Era um pouco estranho ver Luna Valente com o alto-astral baixo.

Ela sentiu ser cutucada e ignorou totalmente.

— Nina, vai dançar, me deixa.

— Sou inteligente, mas não chego aos pés da sua amiga. — a voz do Italiano soou fazendo a respiração de Luna parar. — Não acredito que esteja sozinha, Luna Valente.

— É o primeiro baile que eu fico no tédio. — ela olhou nos olhos do Italiano.

— Não mais! — ele puxou Luna para o meio da pista de dança.

— Sabe... Me arrependo de não ter aceitado seu convite.

— Eu sei disso. — Matteo riu de deboche.

— Continua sendo o Mauricinho convencido.

— Sempre serei, patricinha rival que eu adoro. 

 

[...]


Notas Finais


O capítulo não ficou grande :c Mas pelo menos teve Capítulo 😍❤️
Comentem 💜 Os comentários de vocês me dão alegria e mais vontade de continuar 💞 Juro que dou pulinhos em casa 😂💙
Besitoos 😚💜💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...