História Different love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Homossexualidade, Hot, Jikook, Jimin, Jungkook, Park Jimin, Romance, Suga, Taehyung, Yaoi, Yoongi
Exibições 44
Palavras 1.156
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Lemon, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee genteee
Então...
Essa é minha primeira fanfic hot então se ficar uma bosta não me julguem :,)
Aproveitem a historinha meus amores ❤❤

Capítulo 1 - Primeiro


Fanfic / Fanfiction Different love - Capítulo 1 - Primeiro

Lá estava eu sentado no sofá jogando vídeo game, daqui a pouco iria passar meu desenho preferido na TV , então enquanto eu aguardava ele começar eu jogava um pouco de PlayStation.

— Jimin! A mamãe vai sair , eu vou voltar amanhã de tarde

— Porque a senhora vai sair? - Disse meio tristonho , mas por dentro estava muito feliz, eba vou ficar sozinho!

  — Mamãe tem que resolver uns problemas no trabalho , vou chamar Lilian para cuidar de você

E a minha alegria acabou, Lilian era minha "babá", não é que eu não goste de Lilian, ela era legal, mas poxa eu já tinha 14 anos, já sou grande, não preciso mas de uma babá

— Mãe fala sério, não acha que eu já sou crescido o suficiente pra me cuidar sozinho? - Disse tentando convencer ela

— Jiminzinho.... Meu amor, não é questão de você já ser crescidinho, é que a mamãe se preocupa muito com você querido - Ela disse de modo carinhoso, amo minha mãe, mas ja ta na hora de mostrar que o " Jiminzinho" cresceu

— Mãe, por favor, deixa eu te mostrar que eu posso me cuidar sozinho - Disse fazendo bico, quem sabe se eu usar minha fofura eu a convenço?

— Aish... Não sei não... Promete que vai dormir no horário certo?

— Sim! Prometo mamãe!
 
— Não quero você acordado até muito tarde viu mocinho? E nada de ficar jogando vídeo game por muito tempo e tambe....

— Já entendi mãe, relaxa, eu vou fazer tudo direitinho

— Ótimo, ah...meu bebê já virou um mocinho!

— Aish mãe, eu não sou um bebê! - Ela riu com meu comentário, logo pegou sua bolsa me deu um beijo na bochecha e foi até seu carro, eu morava só com a minha mãe, meu pai e ela se divorciaram a muito tempo, desde então eu moro com ela.

Fiquei olhando o carro da minha mãe sumir aos poucos enquanto se distanciava de mim , quando percebi que já havia uma boa distância dela até em casa, fui em direção a cozinha e peguei vários pacotes de salgadinhos, refrigerante e alguns doces que minha mãe deixava em cima da geladeira, ela deve pensar que eu não alcanço lá, ela realmente me vê como uma criancinha...

Fui em direção ao sofá e fiquei jogando vídeo game, depois me lembrei que já iria começar a passar a maratona do meu desenho preferido na TV! Coloquei na TV e fiquei assistindo...

Assistir TV estava meio entediante, era por volta das 17:00 horas, vou convidar meu amigo pra vir aqui em casa!

Fui em direção ao telefone, já que não tinha celular, minha mãe não deixava eu ter um ainda, liguei para o Tae, meu melhor amigo! Convidei ele pra ficar aqui, a minha mãe ainda vai demorar mesmo.

⚪20 minutos depois⚪

Eu e Tae estávamos jogando vídeo game a um bom tempo, aquilo já estava chato

— Hey Jimin, tive uma ideia pra animar aqui ! - Disse Tae bem animado

— E qual é? - Falei curioso

  — Vamos passar trotes! Eu vi meu irmão fazendo isso, era muito divertido!

— Parece legal !

Peguei o telefone de casa e ligamos para números aleatórios, pizzarias e por último para a polícia, fizemos o famoso trote do sequestro, não vou mentir foi muito engraçado zuar eles eu e Tae estávamos morrendo de rir com os trotes.

Minha tarde de sexta feira foi basicamente , comer doces, jogar vídeo game ,assistir TV e passar trotes engraçados com Tae! É o melhor dia da minha vida!

Quando me dei conta era 20:00 horas, minha mãe só ia chegar provavelmente amanhã de tarde, e Tae já havia ido embora, ele não podia ficar até muito tarde. Fiquei no sofá deitado vendo as coisas chatas que passavam na TV, comi muitos doces, eu estava muito energético, não conseguia dormir.

Ficava lá, passando os canais a procura de algo interessante na TV, quando ouço a campainha

FODEU, minha mãe chegou mais cedo, Aish, quando ela entrar e ver que eu estou acordado até agora, e ver as embalagens de doces e chocolates jogadas pelo chão ela vai me matar!

Bom, de qualquer forma eu pelo menos aproveitei minha tarde, fui abrir a porta, ja esperando a futura bronca que eu iria levar, quando abri a porta me deparei com um policial, ele era alto, cabelos castanhos, aliás, porque tinha um policial na minha porta?

— N-No que posso ajudar ? - Disse meio receoso, aquele policial me dava medo

Notei que ele me olhava com um olhar estranho....

— Olá garoto, eu sou o policial Jeon Jungkook, recebi ligações vindo deste endereço.

No momento que ele disse isso fiquei estático, Aish, não foi uma boa ideia passar trote na polícia, Taehyung eu te mato!

— D-Desculpe - Falei baixinho - Não estava ocorrendo nada, eu só tinha passado uns trotes - Falei quase chorando , minha mãe tinha razão, o Tae não é boa campainha...

— Sei disso, deu claramente pra ouvir risadas na ligação - Ele disse num tom firme

— Desculpe, prometo que nunca mais ligo fazendo isso, prometo! - Ele me olhou de cima pra baixo, quando vi que se aproximava de mim e colocou a mão na minha boca

— Tem chocolate na sua boca garoto

— Ah, eu estava comendo alguns doces... - Disse fazendo bico

— E você está sozinho? - Disse ele olhando diretamente em meus olhos

— S-Sim moço - Falei olhando pra baixo, ele ainda estava com a mão em meu rosto

— Entao permita-me entrar....

Ele entrou na minha casa, espera eu não deixei, o que esse cara quer aqui? Ele estava sentado no sofá, que aliás, estava cheio de embalagens jogadas por ai

— Hey, o que está fazendo aqui? - Eu disse um pouco assustado

— Você é muito pequeno pra ficar sozinho sabia? Além do mas, terei que falar com seus pais depois sobre os trotes que você andou passando.

— O que? Não pode falar pra minha mãe que eu estava passando trotes! - Senti uma lágrima correr pelo meu rosto, e logo outra e outra....

— Isso vai servir de lição para você nunca mais voltar a fazer isso, olhe só o que da deixar crianças sozinhas em casa

— Eu não sou criança! Tenho 14 anos! Sou quase um adulto! - Falei secando minhas lagrimas e tentamos parecer adulto

— Passar trotes não é coisa de adulto garotinho

— Já disse que não vou nunca mais fazer isso! Por favor não conta pra minha mãe, ela nunca mais vai me deixar sozinho em casa - Vi que o olhar dele havia mudado, ele me olhava de uma maneira.... Estranha.

— Certo garoto, não vou contar nada para sua mãe - Disse ele abaixando o zíper da calça - Mas você terá que fazer um favor pra mim também...


Notas Finais


EITA JUNGKOOK
Comentem pra eu saber se vcs estão gostando ou Sla ·-·
Se tiver erros me desculpe amores ;-;
Bejaaaun e até o próximo capitulo :3❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...