História Different Summer - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Matthew Gray Gubler
Personagens Matthew Gray Gubler, Personagens Originais
Tags Amanda Seyfried, Dr Spencer Reid, Matthew Gray Gubler, Romance, Spencer Reid
Exibições 73
Palavras 882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Decision


Fanfic / Fanfiction Different Summer - Capítulo 20 - Decision

Spencer me olhava preocupado e nervoso, com uma certa duvida se aproximava ou não de mim. Fiz um sinal para que ele chegasse mais perto e ele então sentou na beirada da cama. As coisas com certeza voltariam a ficar estranhas para nós dois. Minha cabeça tinha voltado um pouco a dor, mas tentei apenas ignorar. 

- Sua mãe me contou que você ta sentindo dor, você não quer ir para o hospital? - ele falou baixo.

- Não, não, eu prefiro ficar deitada aqui mesmo - falei sorrindo tentando tranquiliza-lo. Odiava ve-lo tão preocupado.

- Se quiser posso te acompanhar - ele sorriu com o canto da boca. 

- Spencer.. ontem, você fez aquilo porque sentiu pena de mim? - perguntei ele me olhou sério.

- É claro que não, Sof. - ele falou. Quando ia abrir a boca para falar algo a mais, em um momento insano, o puxei e o beijei. Ele correspondeu, e nossas línguas dançavam dentro das nossas bocas. Me afastei rápidamente, ofegando e coloquei a mão na cabeça. O que eu tinha acabado de fazer? e se minha irmã entrasse no quarto? Eu tinha dito para mim mesma que ia esquece-lo e já estava o beijando de novo. Qual o seu problema, Sofia? 

- Me desculpa, eu não deveria ter feito isso, me desculpa - estava vermelha, então afundei minha cabeça no travesseiro.

P.O.V. Spencer

Ver Sofia daquele jeito me matava. Não havia conseguido nem fechar meus olhos durante essa madrugada, o sabor do seus lábios doces não saiam dos meus. A imagem de nós dois ali no corredor, juntos, parecia certo pra mim. Ela trazia o melhor de mim e desde o nosso beijo, eu queria mais e mais. 

- Você fica terrivelmente adorável quando está com vergonha - falei sorrindo. Ela levantou o rosto e sorriu para mim. Aquele sorriso que me deixava sem jeito, que fazia com que eu perdesse a noção de qualquer coisa em minha volta. 

- Não, não, não, Spence, olha, a gente fez algo errado, eu acabei de fazer algo errado, eu, eu - ela mudou então completamente. Seus olhos se encheram de água e ela passava a mão na cabeça nervosa. 

- Sof.. - ela então me interrompeu. 

- Spence, você ta namorando minha irmã, isso não é certo. E é dela que você gota, talvez você tenha sentido uma atração física comigo, mas somente. - ela falou rápido. 

- Você sente apenas uma atração física comigo? - falei com medo da resposta. E algo dentro de mim estava confuso sem saber o porquê do meu medo.

- Não acho que minha resposta vá facilitar.. - uma lágrima então caiu de seu rosto e eu entendi o que ela quis dizer. - Eu acho que é melhor a gente se afastar por um tempo- eu queria protestar, eu queria brigar com ela, eu queria poder beija-la ali mesmo e dizer que eu gosto dela, mas eu estava tão confuso naquele momento. Assenti com a cabeça e me afastei me levantando. Foi uma das coisas mais difíceis queeu tive que fazer em minha vida. 

Desci e vi o pessoal na varanda jogando um jogo e conversando. Derek viu que eu não estava bem, mas resolveu não perguntar nada. Luiza tinha saido com JJ para o shopping. Eu me sentia mal por ter feito isso com ela, mas por que dentro de mim parecia que havia sido certo também? 

8 horas da noite

Sofia não havia descido em nenhum momento, Gabi tinha passado um tempo com ela e disse que as dores dela aumentavam, mas que ela preferia ficar sozinha. Aquilo estava me matando por dentro, eu odiava ve-la daquele jeito e eu odiava saber que eu não iria mais poder estar ao lado dela. Eu não sou muito de beber, mas eu precisava de algo forte pra tirar ela da minha cabeça. 

- Gente, pelo amor de Deus, me ajudem aqui!!! - Gabi entrou na varanda ofegante e na mesma hora eu me levantei. Eu sabia sobre o que se tratava, ela tinha ido segundos atrás levar um pedaço de bolo que tinha sobrado do aniversário de Cat, para Sofia. 

Subi as escadas correndo e quando chego em cima, vejo Gabi com Sofia no chão, que parecia ter desmaiado. Corri até elas e segurei Sofia nos meus braços descendo as escadas com ela. Hotch foi com Derek buscar o carro e Luiza e Cat estavam nervosas na sala de estar. As duas foram no outro carro com Emily, JJ, Penelope e Rossi. 

Coloquei Sofia no carro e Gabi estava junto no banco de trás, muito nervosa. Chegando no hospital, fomos até a emergência e ela foi atendida na mesma hora. Tivemos que ficar do lado de fora, o que me deixou mais nervoso do que eu já estava. Eu só queria poder estar ao lado dela. 

22 horas da noite

- Senhora Oliveira? - uma enfermeira chegou à sala de espera e todos nós nos levantamos. Cat foi até ela e parecia confirmar algumas coisas com a cabeça. 

- Ela ta bem, pessoal, as dores causaram o desmaio - Aquelas palavras me destruiram por completo. Eu não deveria ter deixado ela sozinha, não deveria ter me afastado, eu deveria ter gritado e dito que não ia a lugar algum. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...