História Dificil de explicar - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Aventuras, Colegial, Comedia, Drama, Romance, Suspense
Visualizações 13
Palavras 1.996
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Geenntt , mt obrigada a todos os comentarios e favoritos do primeiro capitulo ! Fiquei tão emocionada q até cairam umas lagrimas no cantinho do olho.

Tá ai o segundo capítulo. E miisericórdia, mas acho que ficou bem grande..quer dizer , eu demorei um tempo fazendo isso haushaua

Capítulo 2 - Bilhetes para Samuel


 

 Eu a encontrei dormindo , encostada nas grades vermelhas da quadra. Bem.. já estavamos no recreio , então acho que não tinha problema. Mas eu não conseguia tirar minha atenção dela. Quero dizer ... de algum jeito me incomodava e me entretia ao mesmo tempo ver a Clara ali jogada no chão , agarrando um saco com uma coxinha mordida . O sinal de fim do recreio tocou e ela continuou ali , dormindo imersa em paz , sem preocupações.

 Eu caminhei até ela tentando não parecer estranho pros outros... de que importar ,afinal ninguém percebeu ela ali , e nem eu indo até ela. Eu sussurrei o nome dela algumas vezes , mas ela não dava sinais de vida. A cutuquei e a unica coisa que ela fez foi começar a babar  .. já irritado eu gritei o nome dela e puxei seu saco com a coxinha. 

- Solta ! -ela gritou acordando imediatamente. - é o meu salgado , não o toque com seus nojentos pés de porco! -continuou.

Eu a encarei com uma careta.

- Grossa.. -resmunguei baixinho. - O recreio acabou , se você quer saber. Você ia perder a aula de álgebra. 

Ela pareceu assustada quando eu disse isso , e se levantou rapidamente segurando com força seu saco com o lanche. Eu mesmo me assustei com a velocidade dela. 

- Você parecia tão sonolenta .. oque houve ? Ficou assustadinha só de pensar em perder aula né ? Garota medrosa -disse rindo debochado

- Eu , medrosa ?!  Ahahahahaha , tá zoando com a minha cara né ?! -ela disse entre risadas

- Hm , qual foi , vai me dizer que não tava com medinho de perder aula ? -Dei um sorriso de canto , debochando da cara dela. 

- Claro que não ! Eu tava com medo de não ter tempo de comer minha coxinha , seu idiota ! -ela gritou revoltada

- Sou um idiota , e você uma covarde. Oque acha ?

Ela me lançou um olhar tão mortífero , tão mortifero , que eu quase dei um grito de medo. Ok , eu sou corajoso mas.. os olhos pequenos dela pareciam os de um selvagem ou o de um psicótico.  

- Corra ! - ela gritou

- Oque ?

- Eu disse corra !

Vi ela fingindo que a mão dela era uma arma , e logo a posicionou na minha cabeça. Eu dei uma risada e corri pra sala , com ela a toda velocidade atras de mim.

- Bang ! -ela gritou já na frente da sala

Eu olhei pra baixo a encarando. 

- Oh hohoho , que peninha , sua arma está sem balas .-disse debochando dela , assim que abri a porta da sala.

Ela me empurrou com força , e passou na minha frente rindo. A aula de algebra já tinha começado , e eu , sinceramente , não estava nem um pouco interessado na aula. Tentei me distrair a qualquer custo na sala , mas como só tinha conversado com a Clara ainda , não tinha muita gente que eu conhecia pra trocar umas ideias. Senti um cheiro forte de melancia do meu lado , e quando me virei era a Clara fazendo uma bolha de chiclete enorme , que eu "sem querer" estourei com minha caneta , fazendo uma Clara ficar extremamente irritada.

- Olha só ! - ela sussurrou alto , enquanto pegava a caneta da minha mao. - Pega essa caneta aqui , e enfia na porra do seu cú ! - ela completou.

-  Que agressividade ! - sussurrei pra apenas ela ouvir.

- É ! 

- Agora devolve minha caneta , monstrinha agressiva! 

Ela saiu da sua pose de durona e entregou calmamente a caneta pra mim , como uma pessoa normal faz. A aula passou demoradamente , e a única coisa que me entretia era alguns bilhetinhos que uma tal de Mariana me mandava. Quer dizer , eu nem vi a cara da sujeita ainda,  mas o pessoal atras de mim me mandou alguns bilhetes que ela fez pra mim. Se eu nãos me engano vieram uns 4 bilhetes de Mariana , e o último dizia pra eu a encontrar amanhã no recreio. Eu não entendi o porque de ,do nada , começarem a mandar isso pra mim , sendo que eu nem conheço a tal Mariana .. mas bem , talvez ela só queira fazer amizade ,então acho que vou procurar por ela no recreio de amanhã. Só que .. ela não me disse exatamente onde a encontrar então nem sei como vai ser.

Senti Clara puxando meu casaco com uma certa urgência que me assustou.

- Que foi ? - perguntei me virando pra ela

- Gabriel me mandou uma mensagem agora dizendo que depois das aulas vai ir com a Mariana pro Mc Donalds. Eu vou junto , cê quer ir também ?

Eu pensei um pouco .. aquela Mariana era a garota dos bilhetes também ?

- A Mariana da nossa turma ? -perguntei confuso

- É ! Aquela que dizem que gosta de você .

- A dos bilhetinhos ?

- Ela ti manda bilhetes ? - Clara perguntou tão confusa quanto eu

- Começou a mandar agora a pouco ..

Clara me olhou com uma carinha maliciosa.

- Ela não sabe que você vai.. quer dizer ,você vai né? 

- Por mim tudo bem. - respondi depois de pensar um pouco . 

- Ohh cara ! Ela vai ficar louca quando ti ver lá . 

- Eu entrei nesse colegio ante ontem e nem conheço ela , como ela pode gostar de mim ? -perguntei encarando Clara

Ela pareceu pensar um pouco no que dizer , acho que estava tentando imaginar o porque de alguem gostar de mim também .

- Bem , ela devia estar te observando , e talvez tenha gostado do seu jeito ou tenha te achado bonito . Você parece um filhotinho de cruz credo , então pode descartar a segunda opçao . - ela disse soltando uma risada no final.

Dei um beliscão nela depois disso , e quase levei um tiro dela. O resto da aula passou rapido , já que consegui me distrair trocando caretas com a Clara e um garoto que senta na nossa frente , que se não me engano se chama Miguel. Quando a aula terminou Clara ja foi me arrastando junto dela ate o portão do colégio  , onde ficamos esperando o Gabriel e a tal da Mariana . 

- Ooow , eae Clarinha ! - gritou o loiro animado ao nos ver

Os dois tiveram uma conversa rapido ali e então Gabriel me apresentou pra Mariana e vice-versa. Cara , ela era muito bonita ! Tinha olhos verdes e uma pele parecida de leite estragado , que faziam parecer seus olhos terem uma cor mais forte ainda. Fomos no carro do Gabriel , que já tinha carteira de motorista e tudo. Clara foi na frente com ele , deixando eu e Mariana sozinhos lá trás.

- O-oi !

Desviei meu olhar da estrada para Mariana , e ouvi ela falando algumas outras coisas baixinho , oque me deixou sem entender nada do que dizia.

- Que ? -perguntei franzindo o cenho

- Tudo bem ..? -ela repetiu 

- Tudo . - respondi e voltei a olhar a estrsda pela janels , sem me dar conta de que estava a ignorando completamente. 

- Samuel !  - gritou Clara 

- Que ?

- Mariana estava falando com você , não a ignore assim , mal educado ! 

Olhei com os olhos levemente arregalados para Clara.

- Desculpe .. eu nem me dei contaque isso era ignoraçao , Mariana . - disse encarando a mesma

- Tudo bem.. e-eu não sabia que você viria com a gente .. mas acho que agora vaiser mais legal com voce aqui.. -ela disse meio timida

- É ..pra mim seri divertido até se eu fosse ir sozinho. 

Ela me encarou meio confusa.

- Por que ? 

- Porque eu iria comer mesmo - disse com um pequeno sorriso de canto

- É , hehe ! -ela deu uma risada baixa.

Tive que aguentar a voz também rouca da Clara cantando "The Strokes" o resto do caminho inteiro ,eu até gosto da banda , e mesmo a voz dela me irritando profundamente ela conseguiu arrancar alguns sorrisos meus quando me emprestava seu microfone imaginario pra eu terminar de cantar alguma estrofe da música. Eu a conheci anti ontem , mas até eu mesmo sinto que parecemos bem proximos e intimos .. e isso é estranho. Não demorou muito e já estavamos estacionados no Mc Donalds. Gabriel e Mariana já tinham entrado , e eu fiquei lá esperando a Clara terminar de cantar "Someday" dentro do carro. Quer dizer , eu nao precisava esperar lá , mas eu tava com vergonha de ficar sozinho com o Gabriel e a Mariana .. eu mal conheço eles. 

-  Clara.. vamos logo .. - chamei ela batendo no vidro do carro.

Ela me olhou feio , mas desligou a musica quando conseguiu entender o que eu dizia. Ela saiu do carro me dando um soco no ombro.

- Qual foi , não porque você não entrou com eles ?

Coçei minha nuca um pouco envergonhado.

- Bem.. é que eu nem conheço eles direito , não sabia oque eu tinha que falar com os dois.

Ela deu um sorriso meio desajeitado , entendendo a minha vergonha. 

- Vamos lá ! - Ela disse ainda sorrindo , me puxando pelo casaco.

Quando entramos lá o Gabriel e a Mariana já estavam até comendo. Eles se entre olharam , e logo depois Gabriel fez uma cara de malicia pra nos dois.

- Hmm , demoraram no carro hein .. 

Quando Gabriel disse aquilo juro que a tal Mariana virou um pimentão e chegou a tremer de vergonha pelo aue o loiro disse.

- Não precisamos pensar besteiras , n-ne Gabriel ...-ela defendeu eu e Clara .

Clara logo riu da vergonha desnecessária de Mariana e cruzou os braços .

- Eu tava terminando de ouvir uma musica e Samuel me esperou terminar . -ela se pronunciou.

Eu concordei com a cabeça , fazendo Mariana de pouco em pouco voltar ao normal , parecendo aliviada. Fui fazer o meu pedido e o de Clara depois , deixando o resto do pessoal ficar lá conversando sobre não sei oque. Me sentei com eles depois , e tentei ao maximo não parecer grosso pra Mariana , até porque sempre que eu dizia alguma besteira Gabriel me olhava feio e Clara me ameaçava de algo. Ah cara , estar lá com eles tava bem legal , as vezes era até engraçado a timidez de Mariana . Mas bem , ela não me parece ser interessante.. mas eu acabei de conhece-la , também não vou ficar julgando logo de cara. 

Saimos do Mc Donalds umas 5h da tarde , e o Gabriel  deixou eu e Clara em frente da escola denovo as 6h , já que tinhamos parado pra comprar doces antes. Ele voltou pra casa com a Mariana , já que os dois moravam na mesma rua. 

Clara sentou-se na calçada assum que Gabriel foi embora e eu fiquei ali , em pé , a olhando.

- Oque achou da Mariana ? -ela me perguntou com um pequeno sorriso

- Bem.. sinceramente .. -disse me sentando ao lado dela - Não achei ela uma pessoa interessante. 

Clara me encarou um pouco chateada.

- Ah.. ela só é um pouco timida , mas ela é legal , vai ! -disse me empurrando com o cotovelo

- Um pouco. 

Ela se levantou depois de alguns minutos ali parada , se despediu de mim com um sorriso e foi pra casa . Eu teria chegado em casa mais cedo.. se não tivezse ficado ali vendo ela ir embora. Ela podia ter ficado um pouco mais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Tchau ae galera


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...