História Difícil Explicar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Exibições 16
Palavras 306
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


a a a a amém chanbaek

Capítulo 1 - Único


 

 

– Chanyeol..

– Oi?

– Por que você gosta de mim?

   Sorri com a pergunta.
  Acho que é quase que impossível não gostar de Byun Baekhyun. É um pouco difícil explicar, mas é como se houvesse algo nele te prendendo, te fazendo se apaixonar sempre que o vê sorrir envergonhado ou sempre que ele morde o lábio inferior. E nossa, quando o vê corado esse sentimento duplica, triplica, às vezes fica tão forte que é quase inevitável não o abraçar apertado falando o quanto o ama.


   Eu não sei muito bem quando ou porquê comecei a gostar do Byun. Assim que o vi pela primeira vez algo dentro de mim despertou, um sentimento novo. Ainda não era paixão mas era tão forte quanto. Eu me sentia bem em está ao seu lado. Nós estávamos no primeiro ano do ensino médio quando o conheci. Durante o intervalo acabei por o encontrar sentado sozinho na arquibancada da quadra, sem pedir sentei ao seu lado com meu lanche e comecei a mostrar alguns vídeos que tinha baixado na noite passada. Ele pode não ter gostado muito de mim no princípio mas foi essa aproximação repentina que acabou nos tornando inseparáveis.

   E em uma noite eu me peguei pensando nas reações que ele me causava. Aquilo era normal? Eu nunca havia gostado de alguém tão intensamente. E eu me senti muito assustado, tipo muito mesmo. Afinal, nós éramos dois homens e eu nunca havia pensado na possibilidade de ser gay.

   Mas sempre que o via sorrir ou mexer no cabelo inquieto ou até mesmo balançar a perna nervoso. Eu amava tudo isso, ainda amo. Cada pedacinho do Byun é tão único e prefeito. Tanto que eu acordo todo dia sabendo que vou me apaixonar mais ainda pelo menino de cabelos mel e olhinhos caídos.

 – Me responde, Chany!

 – Eu não sei, Baekkie. Só gosto.


Notas Finais


e foi isso, desculpa qualquer erro rs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...