História Digimon Kizuna - Capítulo 57


Escrita por: ~

Postado
Categorias Digimon
Exibições 5
Palavras 1.490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Magia, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 57 - Resposta


Fanfic / Fanfiction Digimon Kizuna - Capítulo 57 - Resposta

Akira: Você vai pagar por isso!

 

Soltando todas as suas emoções, Akira desvenda a chave para a mega evolução. VictoryGreymon contra ShadowSeraphimon. Para honrar a morte de Ryota, ele teria que superar todos os obstáculos e principalmente, não deixar que a raiva o consumisse.

 

Kenichi: Forma suprema...

Mizuki: Akira...

 

ShadowSeraphimon observava a ira do garoto, mas ainda fazia pouco da situação.

 

ShadowSeraphimon: Você deve estar mesmo louco pra vingar seu amiguinho, não é? Aquele idiota que se sacrificou por alguém que...

Akira: Cale a boca! (gritando)

 

O olhar de Akira refletia o mais puro ódio. A cena de Ryota morrendo para o salvar, continuava fixa na sua mente.

 

Akira: Eu vou matar você!

Hana: Yamada-kun!

 

A raiva de Akira reflete em Victorygreymon. O dragão parte para cima do anjo.

 

VictoryGreymon: DRAMON BREAKER!

 

Avançando contra ele, VictoryGreymon faz inúmeros movimentos com a espada para poder atingi-lo.

 

ShadowSerpahimon: É rápido!

 

Desviando de todos ataques, o anjo conseguia ficar longe da espada. Porém a velocidade de VictoryGreymon poderia alcançá-lo.

 

Akira: Mate-o, mate-o!

Hana: Esse não é o Yamada-kun que eu conheço.

 

Akira estava totalmente fora de controle. VictoryGreymon atacava ShadowSerapimon para matá-lo, esquecendo tudo o que dizia sobre trazê-lo de volta.

 

Kenichi: Na boa, acho que ele tem razão.

 

Hana olhou para Kenichi e surpreendeu-se com o que escutou.

 

Mizuki: Eu também.

Hana: Até você?

 

Kenichi e Mizuki estavam visivelmente tristes pela morte de Ryota. E eles aceitavam a postura de Akira.

 

ShadowSeraphimon: Isso não é bom. Desse jeito, ele vai me acabar me acertando. (pensando)

 

ShadowSeraphimon voa, mas VictoryGreymon o segue.

 

Akira: Não vai escapar!

ShadowSeraphimon: Eu diria que é você quem não tem saída.

 

ShadowSeraphimon para no ar e VictoryGreymon está logo abaixo.

 

Hackmon: Ele vai ser atingido.

Plotmon: Cuidado!

 

ShadowSeraphimon: SEVEN HELLS!

 

Com o adversário logo abaixo de si, ShadowSeraphimon executa mais uma vez a sua técnica mortal.

 

Akira: Não vou deixar!

VictoryGreymon: VICTORY CHARGE!

 

Colocando sua espada na frente do corpo, as esferas negras são detidas e a carga do ataque é absorvida.

 

ShadowSeraphimon: Não é possível!

Akira: Já era!

 

O ataque é refletido. As sete esferas retornam e acertam ShadowSeraphimon, explodindo-o.

 

Hana: Não!

 

ShadowSeraphimon cai, sem forças, no chão. E Akira caminha lentamente em sua direção.

 

Hana: Yamada-kun, pare!

 

Hana tenta impedi-lo, mas Kenichi e Mizuki a seguram.

 

Hana: Me soltem! Ele não pode fazer aquilo!

Kenichi: Já chega, Hana!

 

Kenichi e Mizuki estavam aos prantos. Hana parou de se debater.

 

ShadowSeraphimon: Maldito, escolhido...

 

Já fraco, e quase sem fôlego, ShadowSeraphimon estava vulnerável a qualquer ataque.

 

Akira: Você matou meu amigo.

 

No chão, ShadowSeraphimon via a expressão triste de Akira.

 

ShadowSeraphimon: Era a minha obrigação. Sou um dos 3 Kanzentais Elementares, protetor do castelo de Leviamon.

 

Fechando os punhos, Akira só conseguia pensar nas palavras de Ryota.

 

''Ryota: Pensei que fôssemos amigos''

 

VictoryGreymon aguardava as ordens de Akira. Os outros apenas observavam.

 

Hana: Yamada-kun...

Akira: Você não é mesmo o HolyAngemon que eu conheço.

 

VictoryGreymon ergueu sua espada, para dar o golpe final.

 

ShadowSeraphimon: Akira!

VictoryGreymon: DRAMON BREAKER!

 

O garoto enxerga HolyAngemon nele.

 

Akira: Pare!

 

Faltando poucos centímetros, o ataque é anulado.

 

Kudamon: O que ele tá fazendo?

ShadowSeraphimon: AHHHHHHHH!

 

Akira vai se aproximando aos poucos.

 

Kenichi: Akira-san, não!

Akira: Está tudo bem.

 

ShadowSeraphimon parecia lutar contra si mesmo. Sua boa consciência ainda resistia.

 

VictoryGreymon: Tome cuidado!

ShadowSeraphimon: AHHH, Aki-ra...

 

Akira chegou mais perto e finalmente...

 

ShadowSeraphimon: Idiotas!

 

Capturando o garoto, ShadowSeraphimon envolve Akira com os braços e toma distância.

 

Hana: Yamada-kun!

VictoryGreymon: Akira!

 

A alguns metros de distância, ShadowSeraphimon tomava Akira como refém. Todos estavam assustados.

 

ShadowSeraphimon: Abaixe sua espada. Se não... Eu o mato!

Mizuki: O quê?!

 

A ameaça os deixou assustados. Agora era a vida de Akira que corria perigo.

 

VictoryGreymon: O que eu faço, amigão? (pensando)

 

Akira e seu parceiro ainda podiam manter contato visual. Ao olhar em seus olhos, a resposta ficou clara.

 

ShadowSeraphimon: Eu vou matá-lo!

Plotmon: Não!

 

VictoryGreymon larga sua espada. ShadowSeraphimon ainda estava muito ofegante.

 

ShadowSeraphimon: I-Idiota! E-Eu ainda vou...

 

ShadowSeraphimon olha para Akira. Os olhos do garoto penetram diretamente na sua alma.

 

ShadowSeraphimon: AAAAAAHHHHH!

 

No descontrole, ShadowSeraphimon solta Akira. O menino corre para perto do parceiro.

 

Kenichi: Ele escapou!

Hackmon: O que eles estão tramando?

 

Ao lado de VictoryGreymon, Akira observava o anjo. HolyAngemon ainda vivia naquele corpo.

 

ShadowSeraphimon: Eu vou destrui-los! Todos vocês!

 

Ao vê-lo daquela forma, Akira mal conseguia pensar num plano. Só o que vinha em sua mente era os últimos momentos do amigo.

 

Hana: O que você vai fazer, Yamada-kun?

 

Akira ergueu a cabeça e encontrou sua resposta.

 

Akira: Eu vou salvá-lo!

 

VictoryGreymon partiu. Avançando contra o anjo, ele levava sua espada. A lâmina que carregava todos os sentimentos de Akira.

 

ShadowSeraphimon: Não! Não venha!

Akira: AAAAAAAHHHHHHH!

 

Essa era a resposta do líder. O garoto não deixou o ódio o consumir e lembrou-se do que realmente deveria fazer. Era pelo amigo que ele dedicava aquele ataque.

 

VictoryGreymon: DRAMON BREAKER!

 

A espada o atinge, e o corta. ShadowSeraphimon cai de joelhos.

 

ShadowSeraphimon: Você...

Akira: Volte para nós.

 

ShadowSeraphimon é destruído. Porém, nasce uma nova luz.

 

Mizuki: O que é aquilo?

Kenichi: Não pode ser... Aquele é...

Hana: É ele. Yamada-kun o salvou.

 

A casca das sombras é rachada e nasce a luz clara e brilhante. O anjo da bondade, Seraphimon.

 

Akira: Olá de novo.

 

Seraphimon fica frente a frente com o garoto. Akira sorri feliz.

 

Seraphimon: Muito obrigado. Você é mesmo um digiescolhido.

Akira: Depois de tudo o que eu passei, seria irônico se eu não fosse, né? (chorando feliz)

 

Akira tentava bancar o forte, mas ainda estava abalado por dentro. Todos também estavam assim. Porém foi sua determinação que o fez chegar naquele nível.

 

Seraphimon: Vocês são incríveis. Eu não tenho palavras para descrever o quão bons e gentis vocês são.

Akira: Por favor...

 

Akira caminha até o corpo de Ryota. Dorumon ainda chorava.

 

Akira: Você me permite?

Dorumon; É claro (choroso)

 

Akira pega o corpo de Ryota e o coloca nos braços.

 

Akira: O único herói aqui é ele.

 

Todos presenciam a cena, e não seguram suas lágrimas. Akira vai caminhando até Seraphimon.

 

Seraphimon: Obrigado.

Akira: É esse cara que merece o nosso respeito.

 

Akira entrega o corpo de Seraphimon a Ryota.

 

Mizuki: O que ele está fazendo?

 

Mais adiante do templo, Akira avistava a região escura. Onde localizava-se o Castelo de Leviamon.

 

Akira: Infelizmente, nós não temos tempo a perder.

Kenichi: Akira-san!

 

Akira deu mais alguns passos e ficou a beira da margem do templo. Visou o castelo e alguém que estava dentro dele.

 

Akira: Yuji...

Hana: O quê?!

 

Akira voltou para perto de seus amigos. Todos viam uma expressão séria em seu rosto.

 

Akira: Vamos para o castelo.

Hana: Mas, Yamada-kun...

 

O olhar de Akira estava indiferente. Parecia seco, sem vida. Mesmo daquele jeito, ninguém quis questioná-lo.

 

???: Parece que alguém perdeu a motivação, não é?

 

Akira ouviu uma voz familiar e era de...

 

Akira: Jijimon!

 

Lá estavam os três mestres dos escolhidos. Jijimon, Babamon e Piklemon.

 

Kenichi: Piklemon...

Mizuki: São os anciões...

 

Jijimon olhava para Akira e não sentia vontade de dar uma bengalada em sua cabeça.

 

Jijimon: Você foi esplêndido.

 

Akira surpreendeu-se com o velho. Ele sorria e via a tristeza estampada no rosto do menino.

 

Jijimon: Levante o seu rosto. Não era assim que seu amigo iria querer vê-lo agora, não é?

 

''Ryota: Você não é do tipo que fica parado chorando feito uma garotinha!''

 

Akira lembrou-se daquelas palavras e deu um sorriso. Ao vê-lo, os outros sorriram também.

 

Akira: Obrigado, mestre.

Jijimon: Bem... O que vocês vão fazer agora?

 

Olhando para o horizonte, Akira tirou um certo objeto de seu bolso.

 

Akira: É bem óbvio, não acha?

 

Em sua cabeça, estavam os famosos óculos de aviador. Os mesmos que Taichi usara naquela idade.

 

Kenichi: Ele não aguenta ficar sem se mostrar.

Hana: É a cara dele.

Mizuki: Até que combina...

 

Akira chegou perto dos amigos. Todos se olharam e pensavam na mesma coisa.

 

Akira: Vamos?

 

Akira estendeu a mão. Os outros colocaram suas mãos por cima.

 

Todos: Vamos!

 

A batalha contra os Kanzentais Elementares terminava. Muitas vitórias, conquistas e perdas... Porém, eles acreditavam no futuro e por isso, eles seguiam lutando. A próxima etapa é o castelo de Leviamon. Os mais difíceis desafios os aguardavam. E isso apenas os chamava cada vez mais para luta. Em nome de coisas importantes, eles não poderiam perder. Jamais.

 

Akira: Yuji... Me aguarde.

 

 

 

 

Enquanto isso no castelo...

 

Leviamon: Todos os meus guardiões fora derrotados e em breve eles estarão aqui. O que você tem a dizer sobre isso?

 

Um garoto nas sombras dava um sorriso macabro.

 

Yuji: É um pena. Eles bem que tentaram.

 

E numa trovoada, corpos de vários digimons foram identificados. Seres supremos que estavam entre os mais poderosos do Mundo Digital.

 

Yuji: O que eles poderão fazer contra... os Dark Royal Knights?

 

Ressuscitados! Os Royal Knights da lenda retornam como servos das trevas! Como Akira e os outros poderão enfrentá-los? O destino do Mundo Digital será decidido em breve.


Notas Finais


Obrigado aos que acompanham! Aqui eu termino segundo arco. Aguardem o próximo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...