História Digimon Revolution - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Digimon
Personagens Personagens Originais
Visualizações 76
Palavras 2.512
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Super Power, Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HEEEEEEEEEEEYYY!! Volteipara vocês meus leitores lindos!!!
SIm essa vai ser uma historia com personagens novos e novos digimons.
Se perceberam na capa os digimons vão ser os mesmo que os de Adventure e sim irei explorar o brasão também, mas isso não quer dizer que irei copiar tudo, tenho muitas ideias e pretendo usá-las!
Não deu para colocar todos os digimons porque se não ia ficar um capitulo gigantesco, mas garanto que no próximo cap todos os digiescolhidos vão aparecer com seus parceiros.
Espero que gostem!

Capítulo 1 - Ida Ao Mundo Digital


Fanfic / Fanfiction Digimon Revolution - Capítulo 1 - Ida Ao Mundo Digital

Londres – Residência dos Chase – 7:30 am.

Andrew estava em frente ao espelho e se olhava de forma animada no espelho. Andrew 17 anos, possui os cabelos pretos bem cortados, olhos azuis e um corpo um pouco definido, graças ao vôlei. Está no terceiro ano do ensino médio no Saint World Academy um colégio interno que fica em Ilford.

Estava usando o uniforme do Colégio um blazer preto, camisa social branca, colete preto gravata preta, calça social preta. Ele deu um último sorriso par seu reflexo e saiu do quarto. E foi na direção da sala de estar.

-Você está animado Andrew. – Disse uma voz suave.

Andrew olhou sorrindo para o garoto de quinze anos a sua frente, tinha os cabelos pretos e cortados como os seus, olhos castanhos, pele branca com sardas, estava usando o mesmo uniforme que o seu. Era seu irmão mais novo Tyler Grace.

-É claro que estou animado, meu irmãozinho já está no ensino médio e hoje é o seu primeiro dia de aula. – Disse Andrew animado abraçando o irmão de forma super protetora.

-Não é grande coisa. – Disse Tyler sorrindo e continuou. – E se não formos logo vamos chegar atrasados e eu ainda tenho que arrumas as minhas coisas quando chegarmos

-Eu sei, eu estava pensando que nossos pais iriam querer ver o filho antes dele ir para o colégio interno, mas pelo jeito me enganei. – Andrew disse irritado.

-Não é culpa deles, tenho certeza que se pudessem eles teriam vindo se despedir de nós. – Disse Tyler sorrindo.

-Claro, vou fingir acreditar nisso e não pensar que eles não vieram pelo motivo de aparecer um paciente para eles operarem. – Disse Andrew irritado.

-Deixa disso e vamos tomar o café da manhã. – Disse Tyler se sentando a mesa.

Eles tomaram o café, tiraram a mesa e deixaram tudo limpo e saíram do apartamento em direção estacionamento.

-Pegou tudo que vai precisar? – Perguntou Andrew no elevador e olhando a hora no celular ia dar oito horas da manhã.

-Sim, tem certeza que não vamos ter problemas chegando hoje? – Perguntou Tyler.

-Pode ficar tranquilo, a cerimonia para os calouros só vai começar as dez horas e logo depois, tem o discurso do presidente do conselho. – Disse Andrew sorrindo.

-Mas você não vai guias alguns já calouros já que é o capitão do time de vôlei e veterano? – Perguntou Tyler.

-Se não pegamos transito, vamos chegar com tempo de sobra de achar o seu quarto e de nós dois estarmos na cerimônia. – Disse Andrew dando de ombros.

-Não precisa achar meu quarto, Liam está no mesmo quarto que eu. – Disse Tyler sorrindo.

-Oh isso é ótimo! Esqueci que o Liam vai estudar lá também. – Disse Andrew sorrindo.

Eles entraram no carro do moreno um prisma branco.

-Rumo ao ensino médio! – Disse Andrew sorrindo e dando partida no carro.

 

Ilford – Saint World Academy – 8:00am

No refeitório Nathan Grace estava tomando café da manhã juntamente do melhor amigo Jason Frost e seu irmão mais novo Liam Rollins.

Nathan tem dezoito anos, está no terceiro ano, tem os cabelos loiros bem aguçados o que lhe dava um ar rebelde, pele branca e corpo definido é o capitão do time de futebol do colégio. Está usando o uniforme formal do colégio.

-Todos estão olhando para cá. – Disse Liam enquanto comia seu misto quente olhando ao redor.

Liam tem quinze anos, possui os mesmos cabelos loiros que o do irmão, mas está penteado, possui olhos castanhos e pele branca. Estava usando o uniforme formal do colégio.

-Claro que estão olhando tem três belos caras sentados nessa mesa, um é calouro e outros dois são capitães das equipes que mais trazem medalhas para o colégio. -  Disse Jason sorrindo.

Jason possui cabelos castanhos e olhos castanhos escuros, possui uma pele bronzeada e assim como os dois garotos estava usando o uniforme formal do colégio, possui um corpo bem definido e é o capitão do time de natação do colégio.

-Então o Andrew também deve ser bem popular.  -Disse Liam sorrindo.

-Porque você diz isso? – Perguntou Jason confuso.

-Porque ele também é capitão. – Disse Liam como se fosse óbvio.

-Ele é? – Perguntou Nathan com leve irritação na voz.

-Sim, ele é capitão do time de vôlei. – Disse Liam sorrindo.

-Grande coisa. – Disse Nathan dando de ombros.

-É o pessoal de vôlei não está com nada. – Disse Jason.

-Eu ainda não entendo isso. – Disse Liam confuso olhando para o irmão.

-Não entende o que? – Perguntou Nathan olhando o mais novo.

-Porque vocês dois se afastaram, vocês eram melhores amigos no ginásio. – Disse Liam.

-Você não tem que entender nada porque não é da sua conta. – Disse Nathan que saiu da mesa irritado.

-Você tocou em um assunto tabu. – Disse Jason rindo e tomando um gole de café de sua xicara.

-Você sabe o que aconteceu para eles brigarem? – Perguntou Liam.

-Porque eu saberia de algo? – Perguntou Jason

-Porque você é o melhor amigo dele. – Disse Liam normalmente.

-Eu sei, mas se seu irmão quisesse que você soubesse contaria a você e não vai ser eu que vou contar. -  disse Jason terminado o café da xicara e se levantando da mesa e saindo do refeitório.

 

Em uma sala comum se encontrava dois jovens um garoto e uma garota.

O garoto possuía os cabelos castanhos, olhos castanhos, de aparência latina, usada o uniforme do colégio. Era Scott Hale, tem dezessete anos está no terceiro ano é o presidente do conselho estudantil.

-Ele já está chegando? – Perguntou Scott que lia uma folha onde estava o discurso que leria mais tarde.

-Sim, ele disse que chega em vinte minutos. – Disse Emma.

Emma Mclean tem dezessete anos, possui os cabelos ruivos longos, olhos castanhos e pele branca, estava usando blazer preto, camisa social preto, gravata borboleta preta, saia preta pregada, meia três quartos branca e sapatilha preta o uniforme feminino formal do colégio.

-Ah menos mal, eles vão chegar a tempo. – Disse Scott sorrindo para Emma.

-Sim, mas Andrew cai ser chamado atenção pelo diretor.  -Disse Emma pensativa.

-Ele já está acostumado com isso. – Disse uma voz feminina na porta.

Emma e Scott olharam na porta e sorriram.

A recém-chegada era Helena Drake, capitã das líderes de torcida do colégio, tem dezessete anos, possui os cabelos loiros, olhos claros e pele branca. Usava o mesmo uniforme que Emma.

-Hey. – Disse Emma sorrindo para a loira.

Em todo o colégio é comentado a amizade de Emma e Helena, já que a loiro é líder de torcida e a ruiva a especialista em computadores era uma amizade vista como estranha por todos.

-Hey. Vim perguntar ao Scott se vou estar no grupo que vai apresentar o colégio aos calouros. – Disse Helena sorrindo.

-Sim, você juntamente com Nathan, Jason e Andrew vai guiar os calouros. Cada um ficará com vinte e cinco alunos. – disse Scott.

-E eles vão ser separados por turmas? – Perguntou Helena se sentando em uma das cadeiras de frente a Scott que sentiu o rosto esquentar e olhou para o lado envergonhado fazendo Emma rir.

-Os membros do conselho estão entregando aos calouros fitas coloridas. – Disse Emma.

-E para que serve isso?  -Perguntou a loira olhando para a amiga.

-Os alunos que tiverem a fita vermelha vão ficar sobre a responsabilidade do Andrew, os de fita azul vão ser guiados por Nathan, os de fita amarela por você e os de fita verde por conta de Jason. – Disse Scott.

-Acho melhor irmos para o auditório para ver se está tudo organizado. – Disse Emma.

-Claro. - Disse Scott se levantando.

-Nos vemos mais tarde então. – Disse Helena sorrindo.

 

Andrew estava no palco olhando os diversos alunos novos, estava sentado ao lado de Helena gostava da loira, não era artificial como outras líderes de torcida e também era amiga de Emma o que facilitava as coisas. Ao lado da loira estava Nathan o capitão do time de futebol que conversava com Jason e ambos riam.

-Quando éramos calouros éramos tanto assim? – Perguntou para Helena.

-Acho que sim, não lembro eu estava muito nervosa, não prestei atenção em nada na cerimônia. – Disse Helena rindo.

-Eu estava mais que animado, eu disse para mim mesmo que o ensino médio seria incrível. – Disse Andrew.

-E foi? -Perguntou Helena.

-Bom tive altos e baixos, mas entrei no time de vôlei e conseguimos ir para a nacional e hoje eu sou capitão do mesmo. – Disse Andrew sorrindo.

-E não vai esquecer que vai conseguir o primeiro ouro depois de tantos anos. – Disse Helena.

-Pode deixar. – Disse Andrew sorrindo.

Helena olhava Scott discursar de forma maravilhada.

-E quem diria que o tímido Scott seria o presidente do conselho. – Disse Andrew sorrindo olhando o amigo.

-Eu sempre soube, quer dizer ele era tímido, mas tinha certa presença e é o único até hoje que consegue parar a briga entre você e Nathan. – Disse Helena sorrindo.

Andrew sorriu tinha que admitir que realmente o fato de ser o único que o moreno e o loiro ouviam foi um dos fatores crucias para ter se tornado presidente do conselho logo no segundo ano.

-Então a todos vocês, bem-vindo a Saint World School. -  Finalizou Scott sorrindo para todos.

Os calouros explodiram em aplauso assim como muitos veteranos.

-Agora de acordo com suas pulseiras, sigam cada veterana que irá apresentar a vocês o colégio. – Disse Scott.

 

Digital World – 15:30

Um Digimon corria apressadamente, o Digimon possuía uma aparência mística, possuía um chapéu pontudo, capa roxa que tampava sua boca, deixando apenas seus olhos claros a mostras esse Digimon era Wizardmon.

-Atrás dele! – Disse uma voz fermina fria.

Wizardmon correu até uma montanha onde viu uma grande pedra com diversos anéis sagrados presos.

Ele encostou a mão na pedra e viu oito feixes coloridos irem em direção ao céu.

-Não! O que foi que você fez! – Perguntou uma voz fria que o acertou com um chicote.

-Eu dei uma chance desse mundo ser salvo. – Disse Wizardmon.

-Esse mundo pode ser salvo, mas quem vai salvar você? – Perguntou a voz fria com uma risada cruel.

E logo um feixe de energia negra atingiu Wizardmon que se transformou em dados e logo desapareceu.

 

Ilford – Saint World Academy – 15:30

Andrew estava olhando a quadra vazia onde ocorre os treinos dos times de vôlei e basquete e que partir de semana que vem começaria os treinos para os campeonatos municipais e testes para novos membros.

Andrew andou até o meio da quadra e respirou fundo e sorriu ele sentia que esse ano seria especial por algum motivo algo em seu interior dizia isso.

Então um raio alaranjado veio do detalhado direto na quadra. Por impulso Andrew se jogou no chão. Ele olhou para o lugar onde o raio laranja atingiu e viu um pequeno aparelho laranja com detalhes brancos no chão, ele possuía uma pequena tela que fazia um barulho estranho parecia uma espécie de alarme.

Andrew encostou no estranho aparelho e logo tudo brilhou e o mesmo apagou.

 

Nathan estava beijando uma garota de longos cabelos pretos, ela usava o uniforme do formal feminino, tem dezessete anos e pele bronzeada era Aria O’Brien, Vice-Presidente do conselho.

-Eu tenho que ir, Scott marcou uma reunião para falarmos dos jogos treinos que vamos receber e como iremos organizar os eventos. – Disse Aria.

-Tenta por favor colocar o jogo treino do futebol em um dia solo, não quero dividir público com ninguém. – Disse Nathan.

-Se depender de mim, só você e seu time serão estrelas. – Disse Aria e deu um último selinho no loiro e se afastou para a entrada do colégio.

Nathan acompanhou a morena com os olhos e sorriu, era muito sortudo por ter a morena como namorada, logo um raio azul atingiu usas mãos e um aparelho azul e branco apareceu no lugar.

-Mas que por... – Nathan não termina ou de falar pois uma luz azul o envolveu.

 

Scott estava arrumando a sala do conselho e separando as folhas que tirou cópia para entregar aos outros membros do mesmo, sabia que essa primeira reunião do ano seria complicada já que todos os membros do conselho têm alguma relação com alguém dos times que faria jogos treinos.

Assim que terminou de separar as cópias um raio vermelho invadiu a sala, Scott se abaixou por instinto, ele esperou alguns instantes e se levantou olhou ao redor e não viu nada estranho, e olhou para sua mesa e viu um pequeno aparelho vermelho estranho, assim que ele tocou no estranho foi envolvido por uma forte luz vermelha.

 

Emma estava na sala de informática analisando um dos computadores. Ela mexia de forma frenética do mesmo, um professor disse que apareceu uma espécie de vírus e parou de mexer.

Logo a tela mudou e uma espécie de figura apareceu na tela, era preta e lembrava vagamente uma porta e mostrava uma bela paisagem, seria esse o vírus? Ela nunca soube de um vírus assim.

Então um brilho roxo tomou o lugar.

 

Helena estava andando no corredor conversando com Jason.

-Eu acho que eles tinham que parar com essa palhaçada e conversar. – Disse Helena.

-Eu já disse isso, mas só em ouvir o nome do Andrew que o Nathan fica com raiva. – Disse Jason dando de ombros.

-Tem que ter algo que posamos fazer. – Disse Helena irritada.

Jason ia responder quando um raio verde e outro raio cinzento atingiu as suas mãos e nas de Helena.

Não tiveram nem tempo de pensarem o que estava acontecendo, pois logo foram envoltos por uma luz brilhante.

 

Liam e Tyler estavam sentados na grama do jardim.

- Como foi seu passeio? – Perguntou Liam.

-Nada demais eu já conhecia a maioria dos lugares aqui do colégio. – Disse Tyler sorrindo.

-Sim, sempre que pode nos víamos aqui por causa dos nossos irmãos. – Disse Liam sorrindo.

-Sim, e eles ainda estão sem se falar. – Disse Tyler normalmente.

-Acho que só um milagre vai fazer eles se falarem. – Disse Liam sorrindo.

Tyler riu e se levantou.

-Vamos entrar, j=eu ainda tenho que arrumar minhas coisas. – Disse Tyler.

-Isso que dá chegar em cima da hora. – Disse Liam se levantando.

Um raio amarelo e um raio rosa atingiu o chão na frente deles.

Os dois se olharam de forma confusa e tocaram no estranho aparelho a sua frente e logo foram engolidos por uma luz brilhante.

Digital World – 16:15

Andrew levantou um pouco sonso e olhou ao redor, mas não reconhecia onde estava. Lembrava do raio laranja e do estranho aparelho que apareceu em seguida. Ele estava em uma caverna, via o lado de fora que dava para uma paisagem bem diferente de seu colégio.

-Onde eu estou? – Perguntou Andrew confuso.

-Andrew, você está no mundo digital. – Disse uma voz infantil.

Andrew se sentou e olhou na direção da voz e se assustou ao ver uma espécie de réptil amarelo, com olhos verdes, braços e pernas com garras afiadas.

-O que é você? – Perguntou Andrew se levantando.

-Eu sou Agumon! Um monstro digital!

-Isso só pode ser um sonho. – Disse Andrew olhando ao redor.

-Não é um sonho Andrew. – Disse Agumon sorrindo.

-E como você sabe meu nome? – Perguntou Andrew.

-Eu estava esperando você. – Disse Agumon sorrindo.

-Me esperando? – Andrew olha para Agumon.


Notas Finais


Então o que acharam?
Espero que tenham gostado! Fiz tudo com muito amor e carinho!
Beijinho de Luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...