História Dilemmas loves - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Kibahina, Narusaku, Nejiten, Saino, Sasuhina, Sasusaku, Shikatema (maygaa)
Exibições 62
Palavras 1.389
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpa... Eu sei que eu demorei demais pra postar mas... É por que eu estou tendo problemas... Mas prometo que o próximo vai sair mais cedo....

☆☆☆☆☆

Capítulo 8 - Capítulo VIII


Fanfic / Fanfiction Dilemmas loves - Capítulo 8 - Capítulo VIII

Dilemmas loves VIII

  *Mayure: Sentimentos confusos... Memórias de dor.

   Dois dias antes...

               Mayure On

   Acordo com o sol na minha cara... E algo macio e quente embaixo de mim. Respiro fundo e me aprofundo mais naquilo e posso sentir o ressoar baixo... E como um susto bem tomado eu acordo de supetão e me vejo nua assim como o Gaara.

    -Ai meu Kami o que eu fiz? -Digo baixo procurando uma roupa para vestir... É quando eu escuto o acordar do homem de cabelos de fogo.

     -Bom dia. -Travo na minha posição e posso sentir sua confusão em me ver meio atrapalhada.

     -Ahn... Bom dia. -Ouço ele se levantar e me abraçar por trás... Suspiro e me solto de seus braços.

     -O que foi? -Posso ver sua angústia.

     -Gaara eu não devia ter feito isso... Não com você. -Posso tocar a tensão que fica no ar.

      -Isso o quê? Fazer amor comigo? -Levanto os meus olhos e vejo a aflição em seus olhos.

      -Eu vou te magoar e fazer você se desfazer até não sobrar nada... Eu não sou alguém que possa amar... Não do jeito que você me ama. -Ele me encara e senta-se na minha cama.

      -Eu vou resolver o seu Dilema e a gente vai se casar... Por amor. -O dilema? Ohhhhh, droga.

      -Gaara entenda eu não nasci pra resolver esse dilema... -Ele interrompe.

       -Mas eu vou. -Suspiro e pego uma toalha limpa e estendo em sua direção.

       -Tome um banho e vê se limpa esses pensamentos. -Ele pega e vai em direção ao banheiro.

      -Me espere por esperar... Eu vou fazer você me amar. -Escuto ele falar baixo enquanto fechava a porta. Vou a cozinha e preparo panquecas e pego a calda... Um suco de laranja e torradas. Ouço ele sair do banheiro e entrar na cozinha.

     -Uau... -O interrompo.

     -Eu vou tomar um banho e depois eu te acompanho para a saída. -Ele me olha aturdido.

     -A comemoração já acabou agora você pode ir... Você não tem mais nada a fazer aqui. -Eu entro no banheiro... Eu sei que eu havia o magoado... Mas se ele continuar com isso, vai acabar muitoo mais magoado. Quando saio do banheiro só de toalha o vejo com suas roupas já vestido... E uma cara não muito amigável.

       -Nós precisamos conversar Mayure... -Ihh, ele falou com o tom de Kazekage. Suspiro e aponto para minha toalha. Ele assente... Mas posso ver a malícia em seu olhar. Me visto com uma calça moleton e uma camisa de manga longa e deixo meus cabelos úmidos e soltos. Volto pra sala e sento na poltrona e ele no sofá.

       -Pode falar. -Ele me olha com recentimento e eu me sinto culpada.

      -Nosso casamento vai ser daqui duas semanas em Suna, e você querendo ou não terá que se casar comigo ou haverá outra guerra. -Faço um coque frouxo, pelo jeito isso vai ser um problema.

      -Ok... Ahn então você desistiu? -Ele me olha e posso sentir a sua vontade de me questionar.

      -Não, eu nunca farei isso... Mas o nosso casamento é essencial. -Dou leves piscadas.

      -Gaa... Kazekage porque você, sei lá escolhe outra pessoa...-Ele me interrompe.

      -Fora de questão... Os conselheiros já aprovaram e está tudo certo... E -Eu o interrompo.

      -Isso será torturante para você... Eu não consigo amar... -Ele me interrompe.

       -CHEGA... Eu estou cansado de você sempre falar isso... Nós nos amamos ontem, eu te amo e não vou desistir NUNCA.

       -Certo... Eu vou tentar. -Ele me olha esperançoso. E simplesmente dou de ombros.... Mas me sentia mal por ele.

       -Anh eu vou ficar mais dois dias para o casamento do Naruto e eu... - Eu o interrompo.

       -Tá, tá pode ficar aqui... -E derrepente sinto algo muito, muito ruim... Eu me viro e olho para Gaara... E caio no chão.

       -Mayure? MAYURE? Meu Kami... -E sinto ele me pegar no colo... E desmaio de vez...

    Um tempinho depois...

      Eu abro meus olhos e vejo o teto branco e sinto um cheiro de álcool, sangue e doença... O hospital... Ouço a porta se abrir e dois olhos cor de jade me olharem em reprovação.

      -Que foi? -Ele se senta ao meu lado numa cadeira de metal forrada com um pano verde estranho.

       -Você desmaiou... Por cansaço, falta de alimentação e ingestão de álcool. -Dou um riso baixo e me lembro que a última vez que comi algo foi... Antes de perder a consciência à quatro dias atrás... E bem quando eu bebo a fome desaparece.

       -Você podia... Ahh, deixa... Vamos eu vou te levar para casa... E te encher de comida. -Eu rio e ele me pega no colo e eu como uma pessoa anormal... Começo a beijar sua bochecha... E rir.

      -Gaara-kun em vez de soro eu acho que colocaram vodka no meu sangue... -Ele balança a cabeça... Sei lá eu acho que ela estava gostando.

       -Você estava muito fraca... E tiveram que colocar uma dose a mais... Me avisaram que você ficaria afetada... Uma boa noite de sono e isso passa. -Alcanço sua boca e lasco um beijo voraz dele e eu podia ver sua sanidade se esvaindo.

       -May, pare de provocar. -Dou um grande riso e um piscar de olhos estávamos em casa. Ele me colocou na cama e foi para algum lugar... E bem eu capotei.

      -May? May? MAYY!!! -Acordo meio assustada e tonta... Nossa que susto.

       -Que foi? -Digo e vejo ele com uma camiseta e cueca... Ele estava bem apetitoso.

       -Eu tive que te acordar... Toma é uma sopa. -Pego a sopa e só o cheiro me deixa faminta.

       -Nossa isso está muito bom... Realmente uma maravilha. -Ele se deita ao meu lado e num passe de mágica ele me estende uma barra de chocolate.

      -Meio amargo... Meu preferido... Nossa amei. -Ele sorri de canto e liga a T.V... E coloca num filme... Huum aquele do cachorrinho fiel...

       -Temari veio aqui e fez um batalhão de comida... Então depois da sopa... Tem strogonoff... Lasanha... Nhoque a bolonhesa... Macarrão com almôndegas... Também tem bolinhos de primavera... Frango assado com batatas... Salada de maionese... Arroz com um molho que até hoje não sei o nome... -A essa hora eu estava salivando só de pensar nisso tudo em contato com meu paladar... Kami que fome eu fiquei.

      (Autora : E eu estão? Que fome!)

    -Assim sem falar nas sobremesas... Bolo de sorvete... Torta de morango... Bolinhos de chuva... Mousse de limão... Mousse de maracujá e chocolate... Fondue de chocolate... Biscoito de gengibre com gotas de chocolate... - Ahh... Me levantei e fui em direção a cozinha... Oh. My. God... Era o paraíso... Eu estava no céu.

       -Eu sei que é muita comida mais ela não me... -Eu o calei com um beijo faminto... Eu me afastei.

       -Isso está melhor que o paraíso... Kami estou amando sua irmã... Cruzes Gaara eu vou me casar com sua irmã. -Eu dizia enquanto me acabava nos bolinhos de chuva... E eles eram recheados de chocolate.

       -Meu Kami... É pelo jeito você vai começar a se alimentar bem daqui pra frente. -Olha nunca pensei que ficaria tão feliz em me casar com Gaara.

       -Gracinha... Epa pera aí quanto tempo fiquei apagada? -Ele me olha com suspense e eu torço os lábios em ansiedade... E insegurança.

       -São 21:08 você dormiu a manhã, tarde e parte da noite. -Suspiro ainda dá pra fazer algo.

       -Gaara eu preciso conversar com você e é sério... Muito sério. -Ele me olha e se joga no sofá.

       -Kami não aguento mais isso... Conversamos de manhã, á tarde e agora a noite... Fala sério parece novela mexicana com uma pitada de suspense. -Balanço a cabeça...

      -Não é sobre nós... Mas se você realmente quizer fazer isso tem que ter conciência do meu passado. -Ele se ajeita no sofá.

      -Certo... Revele seus segredos Srt. Mishimoto... Futura Srt. No Sabaku. -Reviro os olhos e relaxo os ombros e mergulho nas minhas lembranças de dor e segredos.

-------::::::::::---------:::::::::::::----------:::::

Música do capítulo:

Fake It - Bastille

Show me joy, flowers through desert rain
Let's destroy each mistake that we made
Then restore the color back to the grey
There's no pride in sharing scars to prove it

Tradução

Mostre-me alegria, flores através da chuva do deserto
Vamos destruir cada erro que fizemos
Em seguida restaurar a cor de volta ao cinza
Não há orgulho em compartilhar cicatrizes para provar isso


Notas Finais


Amores eu acho que o próximo sai terça-feira... Ou mais cedo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...