História Dimensions (Hiatus) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Sope, Taegi Abo Bts, Taeyoonseok, Vhope
Visualizações 60
Palavras 1.302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Genteeemmm... Uma nova Fic pra vcs, eu continuar a The dancer ok?

Só que ta complicado escrever os capítulos, pfv não desistam de mim ❤❤

Capítulo 1 - Vacation!?


Eu estava totalmente ocupado com as papeladas na mesa, eu não sabia em qual eu me concentrava primeiro. Ajeitei meus óculos e deixei meu corpo afundar na cadeira, largando os papéis sobre a mesa. Eu tinha apenas 21 anos e já trabalhava que nem um retardado, não tinha nenhum ômega para para mim e me sentia um bosta solitário.

- Qual é… - Eu resmunguei, afrouxando a gravata que apertava meu pescoço. Ouvi o telefone tocar e logo o atendi. Era a secretária.

- Com licença, o senhor Kim veio vê-lo - graças a Deus.

- Por favor, mande-o entrar.

 - Sim, senhor.

Logo ouvi a porta de meu escritório sendo aberta e pude presenciar um grande chefe de empresa e, também, meu melhor amigo. Kim Taeyung. Ele havia herdado a empresa dls pais, assim como eu, mas diferente de mim… Ele gostava.

- Olha só, Jeon Jungkook - ele se aproximou me dando um abraço. Eu retribui.

- Kim Taeyung! Que visita inesperada. É muito bom revê-lo... - eu e Tae começamos a gargalhar como crianças perante aquela formalidade.

- Ai meu Deus, é cada coisa… Eai cara, como 'cê 'tá ? - a verdade era que eu e Tae não eramos nada formais na frente um do outro, falávamos o que quiséssemos e quando quiséssemos. Era perfeito estar ao lado dele em um dia de merda como aquele.

- Eu me sinto um bosta, Tae! Assim que eu me sinto, a bosta que acabou de ser cagada e logo vai ser mandada pelo ralo - me joguei na cadeira que girava, vi sua expressão tentando segurar o riso, ele não aguentou.

- Mas, por que tudo isso Kookie ? - ele perguntou, depois de ter se recuperado

- Você sabe por que, Tae! Eu não tenho uma vida descente, olha pra mim! Sou um engravatado de merda, sendo que passei o ensino médio todo dizendo que eu nunca seria isso. Eu 'tô enlouquecendo - eu gesticulava nervosamente com as mãos enquanto pronunciava aquelas palavras.

- Aish, Jungkookie… - o alfa me olhou preocupado, ele sabia que eu odiava aquilo e que eu apenas queria ir para Seul, fazer faculdade de música e me especializar em canto e, quem sabe, em dança. - Eu conheço seus desejos, mas isso aqui é uma empresa enorme, você sabe disso. As empresas Jeon e Kim são as maiores da Coréia e trazer tudo a perder agora não faz sentido.

- Pois então que outra pessoa ficasse no meu lugar! Eu não aguento mais esse lugar, Tae - senti meus olhos marejarem e vi Tae me abraçado, eu retribui.

- Para um alfa você é bem sensível. Vamos fazer assim… - ele quebrou o abraço, mas não me soltou - Você irá tirar umas férias… Você vai para Seul, vai estudar música por um tempo e depois voltará - ele me encarou, olhava profundamente em meus olhos, ele abriu um sorriso quadrado como de costume.

- M-mas quem… Quem vai cuidar da empresa ? Das finanças ? Dos negócios ? Das reuniões ? E quanto tempo ?- eu disse rápido num tom desesperado.

- Eu mesmo! Pode deixar comigo, Kookie, que tal uns 3 meses ? Eu estarei lhe dando umas férias. Nossas empresas são unidas, não há o que temer. - ele dizia calmo e simplista.

- … Uff… Certeza disso Tae ?

- Absoluta! - abri um sorriso largo e o abracei com tudo, logo o afastei depositando um selar em sua testa, peguei minhas coisas e sai de lá sem olhar para trás. Vai que ele muda de opinião…

~ x ~

Eu estou em direção ao meu apartamento, irei arrumar as malas e comprar as passagens. Eu estou tão ansioso, estudar música em Seul sempre foi minha paixão, Tae sempre disse que eu tinha muito talento, mas a empresa era algo muito importante. Até parecia que ele era meu chefe.

Cheguei no meu apartamento, adentrei o estacionamento e logo fui para o elevador, apertei o último andar: 13. Por eu morar no último andar, eu tinha o terraço abertamente para mim, onde havia a churrasqueira e uma pequena estufa de flores. Eu entrei em meu apartamento assim que o elevador parou. Joguei tudo que eu tinha em mãos em cima do sofá e fui para o meu quarto, coloquei minhas roupas na mala e abri o notebook.

Comprei uma passagem de 1° classe para o próximo vôo para Seul, que seria daqui à duas horas, aluguei um hotel para um tempo de 3 meses. Eu peguei minha mala e fui para meu carro. Estava tão ansioso que eu não fazia ideia que reação eu teria ao chegar em Seul.

Chegando no aeroporto de Busan (que por sinal era meio longinho da minha casa), eu estava tremendo e suando frio, era muita emoção envolvida, me senti num show naquele grupo coreano que tem um tal de Rap Monster, amo. Ouvi meu vôo ser chamado. Mas já se passaram duas horas ? Olhei meu relógio e, realmente, já havia passado mesmo. Corri para poder chegar a tempo.

Já no avião, eu estava comendo alguns doces. Eu amo doce, amo cheiro doce. Eu dei um suspiro ao lembrar que nunca namorei um ômega sequer, nem umA e nem uM ômega. Após comer, eu decidi dormir, já já estaria em Seul.

- Vá rápido, o tempo está se esgotando. Nós precisamos que você o encontre - quem era aquela pessoa ? Estava meio borrado. Ele se virou e começou a andar.

- Hey! Encontrar quem ? Do que você está falando ? Quem é você ? - eu gritei. De repente eu se virou e tudo ficou nítido.

- Eu sou você Jeon, por favor. Encontre-o. Rápido. - e sumiu como fumaça. Eu ? Como assim eu ?

Eu acordei com uma das aeromoças me chamando, eu a olhei assustado, ela disse que já haviamos chegado, eu agradeci e sai do avião o mais rápido que eu pude. O que foi aquilo ? Peguei minha mala e fui de encontro ao meu carro. Ele havia sido transportado em um avião especializado a isso. Bem, vou aproveitar o dinheiro que tenho. Quando achei meu carro, eu fui direto para o hotel, peguei as chaves e subi para o meu andar. O quarto era muito bonito, a sala tinha um sofá numa cor pérola encostado na parede, à sua frente havia uma estande com algumas decorações e uma TV enorme, o chão era amadeirado e o papel de parede era um tom claro com um pouco de prata.

Eu só queria tomar um banho e cair na cama, depois de me matricular na faculdade. Eu troquei de roupas e me direcionei até a faculdade, não era muito longe do hotel em que eu estava. No meio do caminho eu me peguei pensando naquele sonho que eu tive, aquilo foi muito estranho, será que foi algum tipo de sinal ?

Cheguei na faculdade e fui para a administração, me disseram que eu precisava fazer uma prova e, graças a um certo suborno, pude fazer ali mesmo.

- Muito bom, senhor Jeon. Conseguiu uma bolsa de 70% em música. Esses são os papéis para você ler e assinar. - ela me entregou uma pilha de papéis e eu fui assinando todos, não li nada. Quem lê os termos de uso, não é mesmo ? - Muito obrigada, te vejo na segunda. - ela estendeu a mão e eu beijei a mesma. A moça ali era uma ômega muito bonita, eu vi seu rosto ruborizar com meu ato, eu sorri ladino e voltei para o carro. Hoje ainda é quinta - feira, terei que esperar muito…

Voltei para casa, tomei meu tão esperado banho, me joguei na cama com alguns doces e comecei a ver TV. Nem percebi a hora que eu capotei, e aquele sonho apareceu novamente.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...