História Dipcifica, um amor especial - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Dipcifica, Mabill, Romance
Exibições 274
Palavras 2.954
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Famí­lia, Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olááá! Voltei :3
Não tenho muito o que dizer, só, boa leitura, Bye gente, atér as notas finais ;3

(Eu to cismada mesmo com títulos em inglês, desculpa gente ;<;)

(Sem capa dessa vez, desculpinha)

Capítulo 32 - Hunt The Cat


DIPPER POV ON

 

4 de Agosto..

9 da manhã..

Acordei de manhã, sozinho no quarto, meio estranho, normalmente tenho a Pacífica comigo, mas claro, dessa vez, ela dormiu no quarto da Mabel com a Fe, e o Bill dormiu aqui, ele já levantou, deve estar na cozinha, junto com elas, eu, me levantei, preguiçosamente e me arrastei até o banheiro, escovei os dentes e tudo que se faz quando se acorda, troquei de roupa, coloquei uma camiseta vermelha e uma bermuda bege, dei uma ajeitada no meu cabelo e fui pra cozinha, e lá estavam eles, reunidos, conversando, menos a Pacífica, parecia cansada e ficava cutucando o cereal com a culher, me aproximei dela e me sentei ao seu lado.

-Bom dia Lorinha

-Oi Dipper..

-O que foi?

-Eu.. Não sei.. Só estou.. Triste..

-Vem cá –Ela colocou sua cabeça em meu ombro e eu a abracei, percebi que ela começou a chorar em silencio, apertei mais o abraço, não gosto de vê-la chorar,me dói o coração, e quero saber por que ela está assim. Me levantei, ainda a abraçando, ela ficou escondida em meu peito enquanto a levei para a sala, os outros ficaram em silencio, mas não falaram nada, acho que eles entenderam pelo meu rosto. Nos sentamos no sofá, com a porta fechada

-Está tudo bem, pode chorar o quanto quiser –Dito isso, ela veio a desabar, chorando em meu peito, um choro cansado, pesado, mas me senti bem em conforta-la.. Depois de um tempo chorando, quando ela se acalmou, eu a desencostei de mim, arrumei seu cabelo caindo em seu rosto, e a puxei para um abraço, um abraço calmo, agora, sem tristeza, somente conforto.

-Não tem mesmo nada te incomodando?

-Não.. Só me senti triste, desculpe.. Ando me sentindo meio emotiva esses dias..

-Não precisa se incomodar, nem se desculpar, está tudo bem em chorar, e se tiver qualquer coisa, absolutamente qualquer coisa, me conte, ok?

-O-ok –Enxuguei seu rosto com a mão, fui para a cozinha e ela foi para o banheiro lavar seu rosto, me sentei numa cadeira e os outros me olhavam com um olhar de quem queria uma explicação

Mabel –O que aconteceu com ela?

-Ela só estava triste, me disse que não tinha nenhum motivo, mas que agora está tudo bem

Bill –Eu nunca tinha visto ela chorar antes..

-Ela não costuma chorar assim, sem motivo, e já é meio difícil vê-la chorar.. Admito que me preocupa um pouco

Mabel –Oooou ela só pode estar se sentindo pra baixo, é bem normal

Fe –Verdade,de vez em quando eu tenho umas crises doidonas e fico com vontade de chorar sem motivo algum

Bill –É, concordo, mesmo nunca tendo passado por uma crise dessas

Mabel –Você não é humano a tempo suficiente pra isso, eu acho

Fefe –Maaas, eu tenho uma teoria, que faz mais sentido, que não é por que ela deve estar na Bad!

Eu, Bill e Mabel  -Qual?

Fefe –Ela só deve estar de TPM

Mabel –Me esqueci completamente dessa possibilidade *Gota na cabeça e sorriso de besta*

Fefe –Eu quase esqueci, mas lembrei (Autora: Ava! Fe: Kedrava! Autora: ... Depois dessa.. Eu me mato.. Fe: Heheeh Autora: Hoje ela ta invocada nas referencias! Fe: To mesmo)

Comecei a comer um pão com manteiga, Pacífica voltou e se sentou ao meu lado e voltou a comer seu cereal, os 3, suuuper sutis *ironia* lançaram um olhar pra ela, e ela, que não é cega, respondeu as 3 corujas humanas

Pacífica –Relaxa gente, eu to bem, foi só uma daquelas crises que da vontade de chorar sem motivo, sabe?

Fe –Também conhecida como TPM?

Pacífica –Exatamente..

Mabel –Não fica com vergonha não querida, todas nós aqui damos chilique de emoção na TPM

Bill –A Mabel também come açúcar puro escondido..

Mabel –CALADO DORITELO! Minha TPM, meu açúcar!

Bill –Doritelo não *Chorandinho modo on*

Mabel –Doritelo sim! Agora shiu!

Pacífica –Isso ta meio que calmo de mais.. Cadê o gato de vocês?

Mabel –O..

Bill –Demon..?

Pacífica –É, o Demon, isso ta tão calminho..

Bill –Mabel..

Mabel –Sim..

Bill –Nós deixamos a janela do quarto aberta?

Mabel –E a porta..

Bill –Ele já comeu hoje?

Mabel –Não.. Eu ia buscar ele agora e pegar o leite..

Bill –Então..

Mabel –Ele..

Bill –Fugiu..?

Fe –AI MEU DEUS! PAREM VOCÊS DOIS! QUE AGONIA DE VER VOCÊS DOIS FALANDO PAUSADO ASSIM! SE ESTÃO PREOCUPADOS COM O GATO LEVANTA A BUNDA DAÍ E VAI ATRÁS DO BICHO! POR QUE EU NÃO SOU OBRIGADA A OUVIR VOCÊS FALANDO COMO SE FOSSE ÁUDIO DE WHATSAPP TRAVADO!

Os dois -... Estamos indo!

Fe –Caham, passado o meu estouro, desculpe por isso, as vezes eu tenho uns surtos assim do nada

–Normal, a Mabel também faz isso

Pacífica –Nunca vi os dois levantarem tão rápido pra fazerem alguma coisa antes!

-Nem eu

Pacífica –Então, que horas que você tem que ir ver a casa mesmo?

Fe –As 10:30, aliás, que horas são?

-9:30

Fe –Meu deus! Ainda estou de pijama! Vou me atrasar nesse ritmo! –Ela termina de comer bem rápido e corre pro quarto da Mabel (Onde estão suas coisas), passados 5 minutos ela desce as escadas vestindo um short verde-água escuro, uma blusa azul-marinho e branca listrada, e um casaco xadrez azul e branco meia manga, um tênis branco, um colar de triangulo e seus óculos (Autora: Imagem nas notas finais, mas lá ta sem o óculos), e carregava uma mochila branca meio bege

-Por que estava sem óculos até agora? Lentes falsas?

Fe –Ah não, é que eu sou míope, então eu não enxergo de longe, mas quando eu não preciso olhar pra longe, tipo agora de manhã, eu fico sem óculos (Autora: Baseado em fatos reais da minha pessoa)!

-Ata

Pacífica –Já esta saindo para ir ver a casa?

Fe –Uhum, fica a uns 3 quilômetros e meio, mas é uma linha reta, e não é tão demorado pra andar isso

Pacífica –Vai andando?!

Fe –Claro! Esta um dia lindo, e eu adoro o cheiro da floresta de pinheiros que tem aqui

Pacífica –Ok, ah, só uma coisa, tem bastante animais selvagens que ficam zanzando pela estrada, não vá se assustar se um cervo pular na sua frente

Fe –Valeu gente! To saindo!

Nós –Até depois!

Fe –Até!

A essa altura do campeonato eu já terminei de comer, e a Pacífica também, peguei as nossas xícaras e pratos (pequenos) e lavei.
Fomos pra sala, e eu, cai feito um saco de batatas no sofá, e a Pacífica se sentou do meu lado, feito uma pessoa normal, eu me ajeitei deitado no sofá coma cabeça no seu colo, e ela ficou fazendo cafuné no meu cabelo enquanto nós assistíamos o jornal da manhã

 

Eu sou Shandra Jimenez, apresentando o Breaking News dessa manhã.
Foi flagrado, ontem, a meia noite em ponto, adolescentes pichando as paredes da escola de ensino médio de Gravity Falls. Os pichadores foram pegos pela policia, que fazia uma Ronda quando o crime foi ocorrido.

E ontem, na prefeitura, o Prefeito Tyler fez um decreto sobre uma nova lei: Guaxinins estão proibidos de invadirem as casas dos moradores e comerem suas panquecas com melado.

E agora, vamos falar com o nosso repórter Toby Determinado que está nesse momento, na praça central da cidade, esperando algo aconetecer. Você encontrou algo interessante Toby?

Toby –Surpreendentemente, sim! Não é nenhum crime, mas eu acho que é importante. Uma dupla de adolescentes esta procurando pela cidade inteira atrás de um gato, eles falaram comigo e pediram para divulgar o desaparecimento do animal no jornal.

Shandra –Tudo bem, então deixe-os falar!

Toby –Aqui garota, fale aqui

Garota –Bom dia cidadãos de Gravity Falls, eu sou Mabel Pines e lhes peço a sua atenção por um momento, nós estamos procurando por um gato amarelo e preto, com uma cicatriz no olho direito, que atende pelo nome de Demon. Se você encontra-lo, por favor, leve-o na Cabana Do Mistério, eu agradeço muito, vou continuar procurando pela cidade, junto com ele, mas pode ir lá qualquer momento.

Toby –Quem é seu parceiro para te ajudar na missão de encontrar seu gato?

Mabel –O nome dele é Bill. Obrigada pela atenção gente, vamos continuar procurando, qualquer coisa, vá a Cabana do Mistério. E nós vamos oferecer uma pequena recompensa caso alguém leve o Demon para nós, não é grande coisa, apenas 100 Dólares.

Toby –Vocês ouviram, procurem atentamente um gatinho amarelo e preto! É com você Shandra.

Shandra –Obrigada. Bem, agora vamos seguir com as próximas notícias depois dos comerciais.. -*Dipper Desliga a TV*

-A coisa do Demon ta mesmo séria, não achei que eles iam chegar tão longe procurando, achei que no máximo o Demon tinha ido ficar deitado no sol ali no quintal.. Não que fosse fugir pra cidade!

Pací –Eu sei! Pensei a mesma coisa.. Nunca vi um gato tão empesteado!

-Acho que a gente devia ir ajudar eles a procurar

-Também acho..

-Eu vou pegar o meu boné e o meu celular, ai nós vamos

-Vou pegar um casaco, acho que isso pode demorar e chegar anoitecer

-Ainda é de manhã

-Não sabemos quando tempo isso vai levar, e está meio frio hoje de qualquer maneira

-Vou pegar um também

Eu coloquei uma calça jeans e peguei um moletom vermelho, e um tênis preto, ela esta usando uma regata branca e short jeans com tênis branco (De novo), e o casaco dela é amarelo com bolinhas brancas. Peguei meu celular em cima da mesa (e ela pegou o dela) e estamos caminhando em direção ao centro da cidade, no caminho liguei pra Mabel, que atendeu ansiosa, achando que alguém tinha levado Demon para casa, ficou triste quando eu disse que não era isso, mas agradeceu pela nossa ajuda, combinamos de  nos encontrarmos na praça (pra onde estamos indo agora), quando chegamos no fim da floresta, onde pode-se ver a cidade, encontramos a Fe, que estava voltando pra cabana depois de ir até uma doceria que havia ali por perto, explicamos o que estava acontecendo e ela veio com a gente, ah, sim,  comemos os doces no caminho até a praça

Break Time: 9:25 A.M., praça central da cidade

Chegamos na praça e logo em seguida Mabel chegou seguida por Bill, ela correu até nós e nos deu oi

-Alguma novidade da busca?

Mabel –Nenhuma, pelo menos por enquanto

Pacífica –Procuraram por quais partes da cidade?

-Norte e nordeste, ainda faltam as outras regiões

Bill –Estávamos indo para o Oeste agora, mas vocês ligaram e nós viemos pra Ca

Fe –Vamos procurar juntos ou nos separar?

-Acho que se nos separarmos podemos deixar algo passar batido

Pací –Concordo, vamos juntos que vai mais rápido

Mabel –Ok, então vamos para onde? Oeste?

-Oeste

Bill –Então vamos logo

Mabel –Vamos logo!

DIPPER POV OFF

NARRADORA POV ON

E assim, os 5 correram para a região Oeste de Gravity Falls, procuraram por todos os cantos, nada. Depois foram para a região Sudeste, nada. Sul, nada. Foram para o Sudeste, e nada. Depois, cansados, foram para o Noroeste, onde descansaram durante uma hora e almoçaram.
Mabel já estava ficando desconsolada, mas os outros não a deixavam desistir. Depois de terem procurado em todas as outras regiões, durante o caminho para o Leste, Mabel estava mais atrás de todos do grupo, somente junto com Fernanda, os outros estavam na frente, procurando, enquanto as duas descansavam indo mais devagar –As duas meninas haviam se arriscado e corrido mais que os outros, se penduraram em árvores, cipós, caíram de telhados (E foram pegas na queda), e tod tipo de loucura, Fernanda ainda não tinha nenhuma vontade de desistir, mas Mabel, não estava assim, quando o grupo estava alguns metros na frente, a mesma se sentou no chão, sem mais nem menos, e ficou ali, parada, com uma cara triste, Fefe (Como também era chamada), notou que a amiga parou, e se abaixou ao seu lado

Fe –Mabel, o que foi? Se machucou?

Mabel –Não.. Só acho que devíamos voltar..

Fe –Não me diga que perdeu as esperanças na busca

Mabel –Já procuramos pela cidade, agora só falta a parte leste da floresta, depois disso, não tem onde procurar, vamos voltar, chega..

Fe –Não! Estamos nessa por você! E acho que pelo Bill também, e o Demon, não entendi bem essa parte.. Mas não vamos desistir! Não mesmo! E sabe por que?

Mabel –Vocês tão querendo morrer de cansaço?

Fe –Não! É por que nós temos Determinação! Vamos! Só falta um lugar! Saber que só falta u lugar para procurar nos enche de Determinação! Não fique pra trás! Vem!

Fefe estende a mão para a amiga, que a pega e levanta, as duas correm até o grupo, e riem.
Passadas duas horas procurando na Ala Leste da floresta, eles ouviram um miado, que Mabel alega ser de Demon, o grupo corre para a direção do miado, e de novo, e de novo, e de novo, e quando viram, finalmente, encontraram-no

NARRADORA POV OFF

MABEL POV ON

Estávamos correndo na direção do miado, quando finalmente

-DEMON! –Todos olharam para mim quando eu gritei, e lá estava ele, mas.. Na cachoeira da clareira –Sim, chegamos longe suficiente para achar uma clareira

Bill –Ali! Na clareira!

-Como vamos chegar lá?

Pacífica –Eu vou! Pode deixar, vou nadando, não vou me afogar, eu consigo!

-Obrigada! –Ela tirou seu casaco e pulou na água, que começou a brilhar meio esverdeada, sendo que era um azul-cristal ate agora

Fe –A água esta com um brilho verde! Dipper!

Dipper –Será que..

Fe –Um feitiço de proteção na careira!

Dipper –É claro! A parte leste tem fama de que encantamentos e feitiços protegem esse lugar!

Fe –Ah não.. Então.. A água..

Dipper –Tem um feitiço! PACÍFICA! RÁPIDO! VOLTA LOGO! NÃO VAI PELA ÁGUA!

Pacífica –NÃO TEM OUTRO CAMINHO! TEM QUE SER PELA ÁGUA!

Dipper –NÃO!

Assim que ela pegou o Demon e pulou na água (Sem encostar ele na água), o brilho ficou mais forte, e quando ela chegou na margem Demon pulou de sua cabeça e subiu em mim, ela se apoiou nas pedras da margem e começou a tossir, como se tivesse engolido água

MABEL POV OFF

FERNANDA POV ON

Dipper –Você engoliu água? –Ele a puxou da água, deixando-a deitada no chão, a mesma se sentou um pouco e continuou tossindo

Pacífica –N-não! Na verdade.. Sim, um pouco.. Me sinto.. Fraca.. Acho que tinha algo na água daqui..

-Tinha um feitiço de proteção na clareira! Isso é para que humanos fiquem longe daqui, tem muitos desses por aqui, e você caiu em um

Pacífica –O que isso vai fazer comigo?

–Não sei, não tem nenhuma runa sobre o feitiço aqui..

Bill –Achei uma!

–Que?

Bill –Aqui, bem aqui! –Estava ao nosso lado, com algumas vinhas em cima da runa, a escondendo

Dipper –Deixa eu ver! –Corri até a runa, junto com ele, tiramos as plantas que cresciam em cima da runa

Dipper –Droga! Ta codificada!

-Deixa eu ver, acho que consigo traduzir, depende de qual alfabeto está, ainda não conheço todos

Dipper -Entende alguma coisa?

-Sim! O feitiço faz qualquer humano que entrar na clareira vire um animal silvestre, mas a consciência humana continua, só o corpo se transforma

Dipper –Tem alguma maneira de reverter?

-Tem, “Para reverter este feitiço você precisará encontrar uma fada, não qualquer fada, você precisará encontrar Scarlet, uma das guardiãs da floresta, e se ela quiser, reverterá o feitiço.” É isso, temos que encontrar uma fada, essa Scarlet

Dipper –Não diz onde procurar ela?

-“Nas profundezas da floresta do Leste, se conseguir desvendar as pistas e puzzles, e pelo guardião passar, a uma colônia de fadas chegará.” Acho que é só seguirmos ao leste

Dipper –Tudo bem então.. Queria saber que animal ela vai virar..

-Como disse animal silvestre, então acho que não tem chance de ser um cachorro..

Dipper –Pacífica, como você est-

Pacífica –Dipper... Eu acho que.. Argh! Isso dói.. O que é isso?

Dipper –O feitiço, vai ficar tudo bem, vamos achar o contra-feitiço

-É bom que consigamos logo, temos um prazo!

Dipper -Qual prazo?

-Depois do segundo nascer do sol

Dipper –Então temos até o nascer do sol de amanhã?

-Basicamente sim

Dipper –Droga! Vamos conseguir Pacífica, eu prometo

Pacífica –T-ta.. Dipper.. Me sinto fraca..

Dipper –Vai ficar tudo bem, eu prometo –Ai meu coração! Que fofinhos! Ele abraçou ela, e a segurou no seu colo, enquanto ela sofre por causa dos efeitos do feitiço (Mesmo ela sofrendo, por que a transformação dói, não deixa de ser fofo), ele não a solta, e fica cuidando dela, meu deus, vou ter um ataque de fofura, acho que to babando arco-íris!

Mabel –Fe.. Cê ta babando..

-Hu? Ah desculpe, acontece quando vejo coisas muito fofas

Mabel –Ta falando do que?

-Dos dois ali

Mabel –Ah, realmente, acho que fica meio fofo sim

Bill –Eu também consigo ser fofo.. *Faz biquinho e cora um pouquinho*

Mabel –Own, ta se sentindo sozinho é?

Bill –To.. *Olhar de cachorrinho que caiu do caminhão de mudança*

Mabel –Haha, vem cá, senhor carente

-Vem cá Demon, não me deixa sozinha agora, já não basta esse clima de romance e eu ser a única solteirona aqui? Fica comigo Demon *Quase chorandinho*

Dipper –Então ta, temos até amanhã de manhã, temos que correr! -(Ainda não soltou ela)

Pacífica –Dipper..! Dói!

Dipper –Você está se transformando.. Isso são..

-Orelhas de coelho?!

Pacífica –Eu to virando um coelho?

Dipper –Está, e o tempo está correndo, vamos logo atrás do contra-feitiço!

-Então, vamos nessa! –E assim, começamos a nossa jornada em busca do contra-feitiço a tempo de salvar a Pacífica (Coelinha, gente, vocês não fazem ideia do quanto é fofo ela com orelhas de coelho e um rabinho! Sério!)!

(Imagem da Pacífica meio coelha nas notas finais~)


Notas Finais


Pacífica coelinha: file:///C:/Users/julio/Desktop/Amanda/Fernanda/Fanfic%20Dipcifica/Pac%C3%ADfica%20Coelhinha.jpg

E o que que vocês estão achando? Huum? Lembrando que está quase no fim gente, quase lá, acho que vai aabar no 40 mesmo, ou antes até, não sei, depende (Bipolaaaaaaaaar~)

O que acharam da Pacífica emotiva?

E eu queria pedir uma coisa: COMENTEM! comentem muito! Me anima muito pra escrever, e as vezes, até me da ideias para futuros capítulos! Eu admito que fico triste sabendo que são quase 400 favoritos e normalmente não chegamos nem a 20 comentários por capítulo.. Você, leitor fantasminha, que só lê e vai embora, por favor, só comenta alguma coisa! Nem que seja um "Ficou legal" ou qualquer coisa! Sério! É muito importante!

De qualquer jeito, até o próximo capítulo, Bye~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...