História Dirty boy. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arctic Monkeys
Exibições 11
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capitulo 1


 

12 de julho, Calabassas, California. 

- Pai, muda de estação por favor. - A garota ao meu lado bufou. - Essa música é de gente velha. - Disse Emma, minha irmã. 

- Do que, que se ta falando? - perguntei indignada. - Essa música é incrivel, e Oasis tem letras maravilhosas- Eu disse me metendo.  Não conseguia entender como emma tinha um gosto tão metódico.

- Dããã? Com licença que estou falando com meu pai. - ela rolou os olhos, e eu dei uma risadinha. - Quer saber? É bem tipico de você gostar dessas bandas esquisitas. - disse se virando para mim. 

- Minhas "bandas esquisitas" trazem conteudo, ao contrario de um certo cantor que canta baby praticamente a musica toda. - Disse para provoca-la. 

- Quem você pensa que é pra falar assim do Justin? Ele é rico e não precisa de... - Ela foi interrompida por papai. 

- Hey, meninas, deem um tempo por favor. Qual é, eu tirei férias para podermos todos termos um momento divertido em familia, portanto não vou deixar que estragem nossa viagem com baboseiras. - Disse papai, pela sétima vez no dia, já que não era a primeira vez que brigavamos por motivos insignificantes. 

- Alias - ele continou - fico aliviado de saber que essa musica deles não faz apologia a sexo, drogas ou qualquer outra coisa ruim, não quero minha baby escutando esse tipo de coisa. 

- Você tem toda razão pai. - ouvi emma resmungar - porque você não coloca nossa banda favorita? - disse para anima-lo e provocar um pouco emma. 

- Caramba, havia me esquecido que havia trazido minha coleção dos Beatles, obrigada filha, essa é minha garotinha. - como estava sentada atrás do mesmo logo abracei seu pescoço de forma carinhosa enquanto o mesmo dirigia. 

- Você sempre defende ela, não é papai? Só porque ela é a menininha do papai - Disse emma debochando. 

- Não seja boba emma, sabe que seu pai ama as duas igualmente. - Disse mamãe, abrindo a boca pela primeira vez no dia que não fosse para passar batom. 

- Deixa mãe, estou acostumada a ser motivo de inveja, que é uma coisa muito feia por sinal, já que existem pessoas. que dariam tudo pra ter o que Emma tem... - Fui interrompida por uma Emma rabugenta. 

- A Aaliyah me poupe né, não começa com seu discursinho de boa garota agora. 

- Pare com isso Emma, vocês duas são minhas filhas e eu as amo da mesma forma, logo você estara em neverland tomando sol e bebendo sucos gelados nesse calor. 

- Voce tem toda razão pai. - emma disse se dando por vencida, ja que uma música de justin bieber acabara de começar em seu mp3 e ela não queria perder. 

Emma e eu sempre fomos muito diferentes, ela era mais velha e consequentemente, apesar de parecer ser responsavel para nossos pais, o que eu sabia que não era, tinha mais liberdade do que eu, o que eu nunca liguei muito, nunca desejei essa vida festeira e cheia de shows e amigos que emma tinha, pode parecer mentira ou solidão mas eu só tinha meus objetivos de ser alguém na vida e eu sabia que emma não tinha. 

Eu gostava de fazer minhas lições de casa, e estudar, não quer dizer que eu não saia com minhas amigas e me divertia, porque eu fazia mas eu tinha outras prioridades e papai sempre se orgulhou muito disso. 

Depois de 2 longas horas chegamos ao nosso destino, um hotel fazenda com luxo e varias atividades para pessoas de todas idades nos esperava, mas eu sabia que aquelas ferias seriam mais longas do que o esperado. 

 

 

 


Notas Finais


Ooooi meninas, me desculpem se o capitulo ficou chato, mas ainda tenho muito a desenvolver, logo tem mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...