História Dirty Little Bitch - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jaden Smith, Justin Bieber, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Lana Del Rey, Lucas "Luba" Feuerschütte
Personagens Jaden Smith, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Lana Del Rey, Lucas "LubaTV"
Tags Daddy Kink, Justin Bieber, Sexo, Tumblr
Exibições 852
Palavras 1.301
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Muito obrigado por tudo, por toda a atenção que vcs deram, do tempo que perderam lendo e comentando, enfim, TUDO.

Eu amei conhecer alguns de vocês, obrigado pelo apoio. NÃO ME BATEM POR FAVOR, EU PRECISAVA TERMINAR A FIC ASSIM. BOA LEITURA.

Capítulo 41 - Finale chapter


"Há um milhão de motivos para eu te deixar"

Alana Campbell POV.

*Amor, estou indo para a sua casa com os meninos...*

*tudo bem*

Eu respondi a mensagem de justin e dei uma arrumada no meu cabelo, eu tirei um cochilo e acordei agora. 

Sai do meu quarto e fui para a cozinha, arrumar alguma coisa para mim comer. Ouvi a porta principal bater e algumas vozes se fez presente.

-Amor? Cadê você?  - Ouvi a voz de Justin e fui para a sala carregando uma tigela com cereal.

-Oi Babe, eu estou aqui- pousei a tigela em uma "mesa" que tem atrás do sofá e pulei em seu colo,  lascando um beijo nele.


-Uau.... aonde você encontrou ela, tem mais Justin? - ouvi uma voz desconhecida e desci do colo dele lembrando que seus amigos estavam aqui também. 

-tem não... essa é única - ele sorriu e me abraçou - Meninos essa é a minha namorada, Alana. Amor, esses sao os meninos- ele nos apresentou e eu ri.

- Eles não tem nome? - perguntei e me sentei em uma poltrona, mas não antes de pegar meu cereal.

-Eu sou o Ryan, esse é o Chaz e o Khalil - o tal de Ryan falou e apontou para cada um dos meninos.

- Prazer conhece-los, de onde vocês são?  - perguntei e voltei a comer meu cereal

-A gente é do Canadá, estamos de férias e resolvemos passar um tempo com esse panacão aqui.- Khalil falou e deu um pescotapa em justin, que estava em seu lado.

-Ah intendi... eu sou mt mal educada, gente vocês querem comer? - eu falei e me levantei indo para a cozinha.

- não obrigado - Ryan falou

- eu quero - chaz repondeu e eu abri o armário pegando uns salgadinhos e peguei umas latas de cerveja da geladeira e levei para a sala.

-Quando que você não está com fome Chaz? -Justin brincou e todo mundo riu.

- Podem comer gente, fiquem a vontade. 

Eu me levantei para voltar á cozinha e a porta principal foi arrombada. Eu olhei para ela com cara de desconfiada e vi uns polícias entraram com armas na mão. 

-Alana Campbell, a senhorita presa por homicídio- um cara veio por trás e me algemou.

-O que? Ela nunca faria isso, solta a minha namorada - Justin gritou.

-Para de gritar comigo, eu posso prende-lo também por desacato á autoridade- o delegado falou e me arrastaram para fora, olhei para Justin com os olhos marejados e com Flora em seus braços. 

Justin Bieber POV.

- Meu deus, eu não sei o que fazer- falei para os moleques e me sentei no chão, largando flora e apoiando minha cabeça em minhas mãos. 

- Tem que arrumar um advogado e avisar a família - Khalil falou e eu senti que o clima ali estava muito tenso.

- Não se ela seria capaz de matar alguem...- só foi eu falar isso que me lembrei da conversa de mais cedo.

*Alana: me desculpe se eu estava estressada ontem... é por que aconteceu umas coisas que eu não queria que você soubesse.

Alana: todo mundo tem algum segredo secreto

Alana: e esse seria o meu

Justin: isso é muito sério? 

Alana: você não faz idéia...*

  Será que esse era o segredo dela?

-... ou será que seria?- entortei minha cabeça e mordi meu lábio. 

- O que você está dizendo Bizzle? 

- esses dias ela estava muito estranha,  e hoje ela me falou sobre um segredo que ninguém poderia saber...

- Vish, será que ela fez isso mesmo?

Alana Campbell POV.

  Era uma humilhação, ficar em uma cela com aquelas pessoas sujas que matam e roubam. E eu sabia que eu sou uma delas.

Eu me arrependo, eu só espero que Justin me perdoe.

    *uma semana depois*

  Hoje é o dia do julgamento,fiquei presa durante essa semana, eu estou muito nervosa, eu sei que errei, mas eu não quero ir para a cadeia.

O policial me levou para o tribunal. Não dava para entrar pela frente por que estava cheio de jornalistas e fotógrafos. O carro da Polícia deu a volta por trás e entramos pelos fundos.

Eles me deixaram em uma sala para esperar a minha vez de ser julgada, enquanto assistia TV.

A porta se abriu e por lá passou Henrique,  ele vai ser meu advogado.

-Sabe... seus pais não se orgulhariam de te ver nesse lugar- ele falou e se sentou do meu lado

-Eu sei... eu me arrependo por isso- falei e abaixei minha cabeça,  meus pulsos estavam roxos por sempre estar usando algemas.

-Então tudo isso é verdade? Você realmente mandou matar aquelas pessoas? 

-Sim - senti minhas lágrimas vindo a tona.

-Você sabe que não tem chances de sair livre né?  Eles tem todas as provas, as ligações, as mensagens, as filmagens de você com o assassino. Tudo.

Eu assenti e abriram a porta e me puxando para fora. Fomos até o salão do julgamento. 

Assim que passei pela porta, vi meus amigos, os amigos de Justin, minha vó e seu marido, os pais de beatrice e outras pessoas estranhas.

Nunca senti tanta vergonha na minha vida, todos me olhavam decepcionado. Fui guiada para uma mesa e me sentei e Henrique se sentou ao meu lado.

- Estamos aqui para o julgamento de Alana Campbell, acusada de ser mandante do triplo homicídio de Beatrice e Alicia Collins e Kazzio Lemes. A acusada pode dar seu depoimento.

Me levantei e fui para um banco dos réus (?)

-Pode começar a falar senhorita - o Juiz deu a ordem e eu suspirei.

-Fazia um tempo que eu estava sendo ameaçada por eles, eles me mandavam mensagens falando para terminar com  Justin se não iria acontecer alguma coisa ruim comigo, eles mandaram algumas fotos íntimas minha para toda a escola, e assim que souberam que eram eles, iriam procurar provas e depois de um tempo que iriam prende-los. Eu sabia que iria demorar, então eu contratei aquele homem para matar eles.

-Então você confessa o crime? 

-Sim - abaixei a cabeça

-Pode voltar para o seu banco, vamos ver as provas e vamos decidir o que irá acontecer. 

Voltei para o meu banco e trouxeram uma televisao, e lá começou a mostrar imagens minha fazendo o pagamento para o homem. 

-Aqui temos a gravação da câmera de um estabelecimento que fica perto de onde foi feito o pagamento do serviço. E essa é a gravação do telefone da acusada.

E um áudio começou, mostrando minha conversa.

- Você quer se defender? - o juiz perguntou e eu olhei em volta,  procurei Justin e não vi em lugar nenhum,  ele não deve ter vindo.

-Não senhor.

-Então, Alana Campbell é considerada Culpada, irá receber dez anos na prisão e se a senhorita conseguir se comportar, sua pena irá diminuir. - ele bateu o martelo e encerrou a sessão. 

A polícia veio a minha direção e me pegou pela mão. 

-Quer se despedir da sua família?  - ele perguntou.

  - Eu não quero que eles me vejam indo para a prisão,  vamos embora por favor.

Ele me guiou para a saida, passamos pelos jornalistas e entramos no carro, seguindo para a prisão. 

Toda ação tem a sua reação. 

- A senhorita será levada para uma prisão feminina isolada. Só poderá receber visita depois de três meses.

-Eu posso escolher se posso receber visita ou não?  - perguntei e olhei pela janela e só vi mato.

-Acho que sim, veremos isso quando chegarmos.

Eu assenti e fiquei olhando para o teto do carro, alguns minutos se passaram e vi o carro entrar na prisão. 

É, vou passar os próximos dez anos da minha vida aqui. Só espero que todos me perdoem, incluído Justin. 


"Este é um conto de fadas moderno, Sem finais felizes,"


Notas Finais


Quando eu postar a proxima temporada eu vou por um recadinho aqui, quem quiser entrar no grupo da fanfic comentem o numero de vocês assim: 12.1.2.3.4.5.6.7.8.9

Realmente muito obrigado, eu nunca pensei se DLB iria ter Varios fans e isso me deixou muito feliz, eu amo vocês ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...